Abrir menu principal

Desciclopédia β

Águas Frias

Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

A igreja de águas frias, o maior monumento de lá

Águas frias é outro município, que provavelmente queria fazer parte de uma tríade de cidades catarinenses com o nome "água" nas suas placas de boas vindas. Águas frias é o primeiro município em que a placa de bem vindos e volte sempre é só uma.

Origem

Após uma longa viagem em meio a matagal, os colonizadores alemães e italianos, queriam fazer uma bela confraternização em algum lugar mais reservado e que aonde criariam uma utopia.

Quando começaram a confraternização, eles não notaram que uma rocha prendia uma rocha que prendia uma correnteza. E como essa correnteza estava ficando forte, a pedra desprendeu e acabou caindo na cabeça do cara e a água fria nos outros colonizadores. Assim eles batizaram o município de água fria.

Economia

A cidadezinha vive em vender água fria para as cidade do litoral, como Balneário Camboriu e Florianópolis. Esse comércio não deu muitos resultados, pois as garrafinhas esquentavam aos poucos e os turistas não gostam de águas mornas (saco a piada? Águas Mornas? HAHAHAHAHAHAHAH!!!). Então águas frias tiveram que se virar com a agropecuária, principal fonte de comércio do oeste. Então tiveram que permanecer no ramo, pois é uma cidade caipira e inventa história para ganhar turistas.