Abrir menu principal

Desciclopédia β

Águas Lindas de Goiás

Cquote1.png Gentalha , Gentalha Pffffff Cquote2.png
Brasilienses sobre Águas Lindas
Cquote1.png Eu moro no DF Cquote2.png
Nativos de Águas Lindas sobre pergunta de onde mora..

Águas Lindas de Goiás é um importante município do Reino de Brazlândia, localizado nos confins do Distrito Federal, faz parte da segunda camada de periferia/favelas de Brasília, a região denominada Entorno.

Águas Lindas de Goiás não tem água encanada, não é linda, e praticamente não fica mais em Goiás. Portanto o nome da cidade é muito criativo.

Índice

HistóriaEditar

 
Um típico bairro exemplo de Águas Lindas de Goiás.

Numa remota época da civilização, a região era conhecida por possuir lagoas, córregos e rios muito limpos, justificando o nome batizado pelos índios locais de "Águas Lindas", ninguém acredita que aquelas bandas já foi de águas límpidas como dizem, nem eu.

O município em si só surgiu graças a Brasília, inicialmente conhecido como Parque da Barragem, quanto mais pobre e menos qualificado profissionalmente era uma pessoa mais putaqueparivelmente longe ela ficava de Brasília, e Águas Lindas de Goiás era um desses lugares limites, simplesmente não havia como ficar pior.

A cidade surgiu devido ao fluxo de caminhoneiros na BR-070 que precisavam de putas para satisfazerem suas necessidades, e assim essas duas raças reuniam-se ali em intervalos de tempo gerando a reprodução e a criação da cidade. Os lotes eram vendidos, invadidos, ocupados sob a ordem de corretores e grileiros que tinham várias preocupações (com o próprio bolso) e nenhuma com a organização ou preocupação com o meio-ambiente.

A cidade adquire a independência de Santo Antônio do Descoberto em algum ano aí que ninguém se importou em guardar. E agora compõe a "Liga de Municípios Miseráveis de Goiás".

Hoje a cidade possui 200.000 infelizes e 500 bairros. O povo vive completamente de assistentes sociais lulistas, distribuidores de cartão do Fome-Zero, Bolsa-Família, Bolsa-Gás, Renda Minha, Cesta Básica, Puta Minha e Pão-e-Água.

EconomiaEditar

A principal atividade econômica da cidade é o complexo sistema de puteiros existentes. 79% da atividade economia municipal gira entorno de bares, casas de sexo, cassinos ilegais, bordéis e clubes de strippers. Os restantes 10% são venda de drogas nos becos, e 1% é de venda de frutas na rodovia.

E não podemos esquecer de mencionar a quantidade de igrejas evangélicas que a cidade possui, as quais roubam em torno de 20% de tudo o que os pobres recebem do governo.

Apesar de tudo, a cidade não passa de um parasita do Distrito Federal.

PopulaçãoEditar

Os 200.000 infelizes, que logo serão mais de 250.000 infelizes graças as adolescentes que estão engravidando uma atrás da outra de forma desenfreada, podem ser facilmente classificados entre os famosos tipos de brasileiros, dentre eles:

  • acima da terceira idade temos os apostadores do jogo do bicho, as fêmeas dessa especie estão extintas (você nunca vai encontrar uma velhinha em águas lindas);
  • abaixo da terceira idade mas não antes da adolescência temos os desesperados, que se não estão atrás de emprego, estão atrás de alguma pessoa para namorar.

Os adolescentes de Águas Lindas são dos mais diversos, pois sofrem de crise de identidade, visto que se não fingirem ser quem não são, eles jamais terão se quer uma amizade falsa, dentre eles temos os:

  • LGBTs que são a grande maioria. Águas Lindas se orgulha de ser a cidade com mais trans de idade entre 14-18 anos. Depois disso eles são expulsos de casa e vão morar de favor na casa de outros LGBTs em Ceilândia);
  • falsos satanistas, adolescentes que caçoam de Deus e compartilham imagens preto e branco no Facebook e se acham bruxos mas quando um peba entra na mesma rua que eles, imploram a Deus para que não sejam assaltados (esse tipo tende a viver em contaste medo de levar uma surra da mãe evangélica, caso elas descubram);
  • funkeiros, que resumidamente são também os que ouvem rap e trap, além deles também serem os maconheiros de voz fina;
  • militantes de esquerda, não há muito o que dizer sobre eles já que costumam agir como primatas e criaturas extremamente irracionais;
  • estudantes do IFG, são todos os listados acima e alguns skatistas que não podem andar de skate porque Águas Lindas não tem sequer uma rua decente para isso.
  • gamers, entretanto, nessa cidade, só existem os mobiles, também conhecidos como jogadores profissionais de Clash Royale;
  • e por fim, os otakus, que geralmente assistiram menos de 10 animes fora os que passavam na Rede Globo em toda a sua vida. Esse tipo tende a fingir que entende da cultura japonesa e é odiado por todos os tipinhos citados acima.

Também seria válido mencionar os emos, evangélicos, jovem guarda e youtubers, entretanto, todos foram extintos.

TurismoEditar

 
Acesso à Águas Lindas de Goiás via pista para moto-cross (aka BR-070).

 [1]