Abrir menu principal

Desciclopédia β

38628 Huya

38628 Huya é uma pequena esfera de argila de 400 km que gira o Sol ali por perto de Netuno. É um asteroide, um plutoide, um planeta anão, ou sei lá o que, é tão irrelevante que os astrônomos nem se preopcuparam em classificá-lo

Huya vem do dizer russo Пошёл нахуй (Poshyol nakhuy), literalmente vá se foder. Como que Х (Kh) é na realidade um som japonês de H mais fresco, khuy virou huy, que foneticamente dá no mesmo, então para gayzar mais, virou Huya, no feminino, que ficou diva!

DescobertaEditar

 
Huya vista a olho nu.

Na verdade Huya já foi observado inúmeras vezes no passado, a diferença é que todos astrônomos achavam que se tratava de Plutão quando viam Huya e então pensavam: "que legal, estou vendo Plutão, eu sou um nerd otário sem vida social." e assim eles podiam ter um orgasmo existencial.

Quanto à Huya, somente em 20 de outubro de 2000 descobriram que ele não era Plutão. Foi o tal de Ignacio Ferrin, um escravo de Hugo Chavez, que condenado a trabalhar pelo resto de sua vida no Observatório Huguito Chesperito Chavez na Venezuela, entre uma punheta e outra descobriu "dois Plutões", um ele decidiu manter como Plutão, e outro decidiu anunciar a descoberta.

A Venezuela revelou sua grandiosidade no meio astronômico descobrindo um pedaço de rocha lá na puta que pariu do sistema solar, o nome Huya foi uma homenagem ao deus do Comunismo Chavista da tribo indígena Uaiús, recentemente nacionalizada pelo governo bolivariano da Venezuela.

Posteriormente, como o Telescópio Espacial Hubble era famoso demais para fotografar uma bostinha de nada como esse tal de Huya, astrônomos utilizaram o Telescópio Espacial Spitzer para fazer as medições de Huya.

ÓrbitaEditar

 
Huya destacado com uma setinha. Mas quem garante que um astrônomo não pegou no Google Images uma imagem aleatoria qualquer, ampliou para desfocar um pouco, e desenhou aquela seta no Paint numa estrela aleatória e disse que era Huya?

Huya possui uma órbita plutoide, ou seja, ele orbita o Sol meio puto pluto por não ser muito famoso. Frequentemente cruza a órbita de Netuno, algum dia será sugado pelo planeta azul e transformando em uma de seus satélites. Huya na realidade só foi descoberto porque em 2000 estava o mais próximo do Sol em sua órbita, até 2050 os astrônomos devem perdê-lo de vista para só poderem reencontrá-lo em 2547.

Todavia, há fortíssimos indícios que Huya na verdade não existe, pois até 2010 não havia artigo sobre ele na Wikipédia.

CaracterísticasEditar