Abrir menu principal

Desciclopédia β

Athli̱tikí̱ Éno̱sis Ko̱nstantinoupóleo̱s

(Redirecionado de AEK de Atenas)
Athli̱tikí̱ Éno̱sis Ko̱nstantinoupóleo̱s
Escudo do AEK.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Athli̱tikí̱ Éno̱sis Ko̱nstantinoupóleo̱s
Origem Bandeira da Grécia Grécia - Atenas
Apelidos Xanoumes
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio OAKA Spyros Louis (alugado)
Capacidade
Sede
Presidente Porco Rosa
Coisas do Time
Treinador Fernando Santos Um espanhol bêbado
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador Legião Gay e E a Marra
Time
Material Esportivo Puta
Liga Campeonato Grego
Divisão Φούτμπολ Λιγκ
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Você quis dizer Cquote2.png
Criciúma Made in Hellas
Cquote1.png Mirem-se no exemplo... daquelas mulheres... de Atenas... Cquote2.png
Chico Buarque sobre AEK de Atenas
Cquote1.png What you say!! Cquote2.png
Capitão (Zero Wing) sobre Estádio do AEK
Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Real Madrid sobre AEK de Atenas

Athli̱tikí̱ Éno̱sis Ko̱nstantinoupóleo̱s, é melhor chamar só de AEK é o terceiro maior clube de futebol grego. Isto pode se notar pelo fato da equipe sempre ficar em terceiro na Liga Grega. O time é tão secundário que é segundo até como segundo maior vice-campeão da Grécia, pois o Panathinaikos tem mais vices.

Thomas Mavros é até hoje o maior artilheiro da história do clube. Fez 344 gols. Contra. Herói da Copa do Brasil de 1991... opa, clube errado.

Índice

HistóriaEditar

FundaçãoEditar

Em 1924 (sabia que tinha coisa de viado por perto), 3 (número oficial do AEK) jovens fundaram um clube em uma sauna gay. As cores do time seriam rosa e preto, porém, um deles vomitou na camisa, desbotando-a para amarelo, fazendo as outras duas bibas gritarem "Simplesmente um lu-xo!!!". Avançando exatos 24 (ui!) anos (ânus?) no tempo, decidiram que o nome da equipe seria Atlético Enpacado Kriciúmico.

Sócrates Liderou o AEK à sua primeira campanha memorável no Campeonato Grego. Na última rodada, porém, errou o pênalti que daria ao time seu primeiro campeonato, num jogo contra o Olympiakos. Com isso, o título acabou ficando com o Chucknorrisaikos, que venceu o Poseidon Neon Poroi em Atlântida por 3-1. Após perder o pênalti, Sócrates acabou condenado ao ostracismo. Como não largava a mão de ser o camisa dez do AEK, preferiu tomar uma cicuta.

Trajetória do clube no século XXEditar

Ao longo de todos anos do clube, conquistava uns picados campeonatos gregos, firmando-se como terceiro melhor time da Grécia, o que é uma merda foda de se ser. Tem como maior feito ter chego numa semi-final de Copa da UEFA em algum ano aí que ninguém se importa.

Anos 2000Editar

Graças a figuras como Demis Nikolaidis: Atual presidente do clube que construiu uma mansão imensa no litoral da Áustria usando dinheiro do clube, o AEK entrou em franca decadência. Antigamente já não era lá grandes coisas, mas pelo menos ganhava uma porcaria de vez em quando pra disfarçar. Só que agora nem Copa da Grécia ganhava mais e andava tão falido quanto a economia grega.

RebaixamentoEditar

O ápice da ruindade do time ficou evidente no Campeonato Grego de 2012-13, um torneio totalmente grego atípico onde quem ficou em vice foi o PAOK e não o Panathinaikos. Foi neste ano que houve a histórica derrota de 4x0 dentro de casa para o rival Olympiacos. A situação estava tão crítica que a equipe perdeu absolutamente todos jogos fora de casa, até mesmo para o Atromitos e para o Panionios.

O vexame maior ficaria por conta de uma derrota em casa para o Panthrakikos, um time que nem existe e que usa um nome similar ao do Panathinaikos só para ser confundido mesmo. A torcida revoltada fez a maior baderna e o time ainda foi punido com a perda de 3 pontos, não que fizesse falta, pois ficou 5 pontos atrás da saída da zona de rebaixamento.

Segunda Divisão gregaEditar

Na temporada de 2013-14 a federação grega decidiu sacanear o AEK, e inventou uma nova regra onde os times da Segunda Divisão não iriam subir de divisão naquele ano. O campeonato foi realizado com 175 clubes e só serviu para definir os times que iriam jogar a segunda divisão no ano que vem e dos times que rebaixariam para a recém-criada terceira divisão!

Finalmente em 2014-15 disputou a segunda divisão grega pela segunda vez consecutiva, dessa vez pra valer, sendo campeão invicto, óbvio, afinal até o AEK conseguiria isso, estamos falando da Segundona da Grécia, e regressou para a elite em 2015-16, tornando-se o único time do mundo bi-campeão de Segunda Divisão, já que na primeira ele não subiu.

TítulosEditar