Abrir menu principal

Desciclopédia β

Associazione Sportiva Roma

(Redirecionado de AS Roma)
Associazione Sportiva Roma
Escudo da Roma.png
Brasão
Hino aquela musica do filme Ben Hur
Nome Oficial Associazione Sportiva Riomma
Origem Bandeira da Itália Itália- Roma
Apelidos "la Traggica"
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente Um americano cujo nome ninguém se importa
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Francesco Totti, não, espera, esse já se aposentou
Patrocinador
Time
Material Esportivo Nike
Liga Campeonato Italiano
Divisão Serie A
Títulos incontáveis campeonatos morais
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Não vamos vender ninguém Cquote2.png
Diretoria da Roma sobre todo mês de Julho da Roma
Cquote1.png Roma vende Insira jogador aqui para insira equipe aqui por insira quantidade de milhões de euros aqui Cquote2.png
La Gazzetta Dello Sport sobre todo mês de agosto da Roma
Cquote1.png Você quis dizer: Totti FC Cquote2.png
Google sobre Associazione Sportiva Roma
Cquote1.png Ti ho alzato la Coppa in faccia! Cquote2.png
Torcedor da Lazio sobre AS Roma


Associazione Sportiva Roma é um time de qualidade mediana da Itália (porque na Itália só existem três times grandes), e a falta de seriedade desse clube fica evidente quando eles resolvem contratar Adriano mesmo após todas merdas que esse cachaceiro já havia feito.

Índice

HistóriaEditar

FundaçãoEditar

Desde os tempos de Júlio César os italianos tinham o desejo de fundar um grande clube de futebol em Roma, mas foi César Augusto que botou pra frente essa ideia e fundou o time da Roma, Augusto fundou o clube e Tibério se tornou o presidente do clube. Mas, um belo dia o Império Romano se dividiu em dois, assim o Império Romano do Oriente resolveu fundar um novo clube chamado Lazio, que se tornou o arqui-rival da Roma. Mais tarde, em 1927, por iniciativa de Italo Foschi, um maluco que se divertia fundando sociedades e associações fracassadas ao redor da Itália, a Roma começou a notável tradição de comemorar o aniversário de fundação de duas a quatro vezes no mesmo ano, já que originalmente era uma equipe de bocha; o espírito deste esporte ainda vive nos romanistas, que acreditam que, assim como na bocha, para vencer um campeonato é preciso chegar o mais perto possível do topo da classificação, mas sem nunca chegar ao topo em si.

Tempos de glóriasEditar

A Roma é conhecida por nunca ter ganho porra nenhuma na história, exceto por três Scudettos, o primeiro deles vindo em 1943 porque todos os outros times estavam mais preocupados com a guerra e a maioria dos adversários já tinha morrido. No entanto, a sala de troféus da Roma tem uma imensa coleção de campeonatos morais. Na década de 60, a Roma venceu uma tal de Taça das Cidades com Feiras, o que leva os romanistas a dizerem que a Roma foi o primeiro time italiano a vencer uma competição europeia, o que seria plausível se não fosse o fato da UEFA não reconhecer este troféu como competição oficial, o que faz com que ela seja tão válida nos registros como uma nota de dois euros.

Tempos ModernosEditar

Na década de 80 a Roma conquistou mais um Scudetto por falta de competição, já que o Milan conseguiu ser tão incompetente a ponto de ser rebaixado no ano anterior, para no ano seguinte conseguir chegar na final da Copa da Europa e conseguir perder jogando EM CASA. O século 21 começou com glórias como uma derrota pra Lazio na final da Copa da Itália, e outros acontecimentos lembrados na sala de troféus do clube, como derrotas da Lazio na final da Copa da Itália e uma derrota de 7-1 em casa na Liga dos Campeões, para completar o 7-1 que tinham levado em Manchester anos antes. Pra compensar a dupla Totti-Batistuta ganhou um Scudetto em 2001, aproveitando que a Inter tava mais bichada que maçã podre.

Nos anos seguintes a vida da Roma foi sempre mesma: campeonato italiano mediano, fracasso na Copa da Itália e eliminação do mata-mata da Champions mesmo após uma campanha boa na fase de grupos. De tanto fracassar a Roma conseguiu ganhar duas Copa da Itália em 2007 e 2008. Foi só isso mesmo porque de resto foi o de sempre: Campanha mediana na Serie A e eliminação nas quartas ou oitavas da UCL. Em 2012 a Roma foi vendida para yankees que puseram uma graninha no time pra contratar craques como Borriello, Pjanic, Lamela, Destro e outros times que se juntaram a dupla pré-histórica de Totti e De Rossi (Taddei está no time desde a Idade Média) e fizeram da Roma um time que briga pelo título, mas pra não perder o costume continua fracassando na Copa Itália e cai no mata-mata da Champions, com direito a derrota na final pra Lazio em 2013, 7-1 do Bayern em 2014 e 6-1 do Barça um ano depois. Em 2018 conseguiu o maior título da sua história, Após estar perdendo de 4-1 para o Barcelona, todos pensavam que iria ser uma romada típica, mas não, para tudo deve ter uma exceção por mais rara que seja, meteu 3-0 num Barcelona barcelinha que esqueceu de jogar bola, mas tudo deve voltar ao normal a partir de diante.

Principais JogadoresEditar

Durante muito tempo Totti foi o único membro dessa lista, acompanhado de vez em quando por Batistuta, De Rossi, Vucinic ou qualquer outro jogador minimamente decente. Atualmente como Francesco está aposentado o melhor do time é o bósnio-herz...ah foda-se, é aquele europeu lá, o Dzeko.

O RomanistaEditar

O torcedor da Roma tem uma fé inabalável e injustificável. Sua maior habilidade é dar desculpas, razões ou qualquer conspiração para justificar as derrotas do seu time. Exemplos:

  • Luciano Spalletti distraiu os jogadores com o brilho da sua careca
  • Levamos 7-1 do Manchester United porque Tonetto não jogou
  • Levamos 7-1 do Bayern porque Borriello não jogou
  • Levamos 6-1 do Barcelona porque deixaram o Totti no banco
  • Totti não jogou
  • Totti estava fora de posição
  • Totti isso
  • Totti aquilo
  • Totti Totti Totti
  • Insira jogador aqui estava jogando fora de posição
  • O campo estava inclinado
  • A Inter foi campeã roubado
  • A Juventus foi campeã roubado
  • O Milan foi campeão roubado
  • Os americanos chegaram cheios de grana, agora vai
  • Os americanos não estão gastando o suficiente
  • Os americanos estão gastando demais
  • Quem torce pra Roma nunca perde
  • Foram os Illuminati
  • Com Batistuta vamos ser campeões
  • Com Borriello vamos ser campeões
  • Com Vucinic vamos ser campeões
  • Com Adriano vamos ser campeões
  • Com Dzeko vamos ser campeões
  • Com (Insira centroavante aqui) vamos ser campeões
  • Adriano está gordo
  • A culpa é do árbitro
  • A culpa é dos times do norte
  • A culpa é do vento
  • A culpa é do PT
  • Se a Juventus não tivesse comprado o Pjanic, seríamos campeões
  • Doni frangueiro
  • Szczesny frangueiro
  • De Sanctis frangueiro
  • Allison frangueiro
  • (Insira goleiro aqui) frangueiro
  • A Lazio jogou 11 anos na Serie B
  • De que adianta o Parma ter duas Liga Europa da UEFA se já caiu para a Serie C?

Uma temporada típica da RomaEditar

  • Época das compras: O clube vai ao mercado. Não ao Mercado Livre, mas ao mercado do futebol. A imprensa começa a fofocar. Craques, super Roma montando um timaço, o scudetto vem aí. No fim eles são obrigados a vender alguns dos melhores jogadores para pagar o salário do De Rossi, que é de aproximadamente o PIB anual de Moçambique.
  • Pré-temporada: O time vence com autoridade amistosos contra potências do futebol como o campeão de Malta, o vice-campeão lituano ou a Inter (de Limeira), alimentando a expectativa dos torcedores que já antecipam o esperado título de campeão italiano.
  • Começo de temporada: A equipe começa o campeonato de acordo com os prognósticos - perdendo para Crotone, Empoli, Chievo e outros times que em qualquer outro ponto da temporada estariam lutando contra o rebaixamento. Chegado o Natal, quando fica claro que o título fica cada vez mais distante, começa a temporada de caça às bruxas, onde se procura um bode expiatório (que na maioria dos casos é o treinador, mas não é incomum que seja outro sujeito, como a diretoria, os árbitros, o massagista, a imprensa, o gato da filha do goleiro ou os gandulas).
  • Returno: Quando fica cada vez mais claro que vai ficar pro ano que vem, a palavra de ordem entre os torcedores é agendar antecipadamente as férias de verão.
  • A hora da virada: No entanto, pode ser que a Roma, em um último suspiro de orgulho, começa uma extraordinária sequência de vitórias que provoca a volta da excitação entre os romanistas, mas falha miseravelmente e inevitavelmente na antepenúltima ou penúltima rodada contra um time do meio da tabela que já não joga por mais nada e só espera não ser goleado pela Roma. A torcida vai agradecer aos jogadores, convencida de que não poderiam ter feito melhor, e a imprensa romana vai premiar a Roma com o enésimo título de campeão moral.
  • Fim da temporada: Nesta época geralmente acontecem os batismos e primeiras comunhões dos filhos, e às vezes rola um casamento. Finalmente o romanista tem coisas a comemorar, apesar delas nunca serem títulos conquistados em campo.