Abrir menu principal

Desciclopédia β

A Noite Mais Densa

Blackest Logo.jpg

Cquote1.png Experimente também: Zumbis Marvel Cquote2.png
Sugestão do Google para A Noite Mais Densa
Cquote1.png Você quis dizer: A Noite Mais Tensa Cquote2.png
Google sobre A Noite Mais Densa
Cquote1.png Você quis dizer: A volta dos que TODO MUNDO tinha certeza que não voltariam[1] Cquote2.png
Google sobre A Noite Mais Densa
Cquote1.png SHIIIIIITT!! Cquote2.png
Guy Gardner sobre invasão zumbi em Oa
Cquote1.png Saga horrível e clichezenta! Cquote2.png
Um nerd de mimimi no Twitter enquanto marotamente vai na banca comprar a 1ª edição da Noite.
Cquote1.png Você devia estar morto! Mas por algum motivo eu não vou chamar um exorcista, eu vou te abraçar pra relembrar os velhos tempos! Cquote2.png
Reação de alguns heróis levemente burraldos diante do super zumbi em sua frente
Cquote1.png STAAAAAARSS, digo CAAAAAAARNEEEE!! Cquote2.png
Nemesis Super Zumbis
Cquote1.png Maldita, por sua causa, vocês deram um final bosta pra Crise Final! Cquote2.png
O Libra sobre Noite Mais Densa
Cquote1.png E eu que fiquei com o duas mortes na mesma semana?! Não há Bat-Escudo que resista! Cquote2.png
Batman, que morreu na Crise Final, concorda com a frase acima
Cquote1.png Mato zumbis à picaretadas! Cquote2.png
Harry Warden sobre a Noite Mais Densa

A Noite Mais Densa (ou Blackest Night, se você for um usuário do Ingrês) é mais uma praga saga que promete tentar pelo menos dar um tapa na cara dos céticos que dizem que a indústria de comics está caindo no poço. Faz parte da "Trilogia Lanterna Verde" que o tal do Geoff Johns arranjou para ver se tira o coitado do Hal e o resto da Tropa do marasmo editorial, e de quebra, ainda consegue ressuscitar personagens que só os mais fodões dos leitores conseguem identificar para preeencher elenco. Isso tudo e muito mais na nova Crise que vai...

Cquote1.png ISSO NÃO É UMA CRISE!! Cquote2.png
DC Comics sobre A Noite Mais Densa

Outro propósito da Noite é desembuchar certos personagens, às vezes dá/deu certo, mas com alguns...

Índice

Mas como começou esse vudu?Editar

  Voodoo é pra jacu!  
Pica Pau, em um momento de sabedoria sobre Blackest Night
Puxa vida, mas por onde eu começo?

  Cara, Que Culpa Eu Tenho se o Pica Pau Tem o Demonio no corpo?.  
Joabe sobre Blackest Night

A Guerra dos AnéisEditar

Não, pensando bem melhor voltar um pouco mais!

Crepúsculo Esmeralda... Tá bom agora?Editar

Só mais um pouco!

O espectro emocional, pigmeus azuis e outras bagaças hippiesEditar

 
Será que nossos heróis verdes conseguirão amadurecer diante de tal inimigo? Saiba só no mês que vem, otário!

Agora sim! No início, onde nem o Nada existia direito, nasceram as luzinhas que serviam para identificar as emoções que qualquer ser no Universo Multiverso com um pouco de inteligência tem, e que formavam um arco-íris. Daí os Smurfs conhecidos mais tarde como Guardiões do Universo, um pouco mais tarde como Anões Azuis Malditos[2] decidiram dar uma mexida nessas energias enquanto se mantém livre delas, para não serem manipulados pelas emoções. Então escolheram na base do uni duni tê o verde, que representa o ecologicamente correto a força de vontade, não a força de Jedi, para representarem o poder da lei dos Guardiões, a Tropa dos Lanternas Verdes, depois que um outro projeto falhou e teve de ir pra gaveta devido a acusações de superfaturamento galáctico.

Guerra das Luzes e mais hippiesEditar

Porém, alguns Guardiões exageraram na hora de manipular os outros espectros energéticos, fazendo com que brotem novas tropas, como a dos Lanternas Azuis que representam a esperança, comandados por ninguém menos que Joseph Climber, e as Safadas Safiras Estrelas que são representadas por aliens quase fêmeas estranhamente atraentes[3] que usam o Amor... Até onde se sabe, gostosas e amor só dão em uma coisa...

Já pelo lado do Mal (como se as Safiras fossem exemplo de bondade...), temos os Lanternas Vermelhos tendo seu carismático e mui relax chefinho Atrocitus, e os Lanternas Amarelos a Tropa Mongul a Tropa Sinestro audaciosamente comandada pelo Ex-Lanterna Verde e "Herói" de Korugar, Sinestro.

  Aliás, quero aproveitar o espaço e dizer que nem eu acreditei naquela desculpa de que eu não morri no Crepúsculo Esmeralda!  
Sinestro sobre decisões roteirísticas bizarras

  Ah, cale-se, se não fosse por isso, você teria morrido de maneira dolorida com o pescoço quebrado por mim!  
Parallax Hal Jordan sobre comentário acima

E no campo da "neutralidade" tem o Larfleeze... Só.

Mais tarde (alguns parsecs para ser exato), essas cores brilhantes viraram o estopim para uma guerra pelo domínio do... Do que mesmo?

Agora sim, de volta pra NoiteEditar

 
  Levantem-se que é hora de botar pra fudeeeer!  
Nékron Mão Negra sobre chutar bundas de heróis

Toda essa briga desenfreada rolando no Universo só podia dar merda: o delicado equilíbrio que já estava levemente abalado depois das Múltiplas Infinitas Crises Finais (principalmente a dos Múltiplos Jerusaléns), da Zero Hora, e da 15ª morte da Supergirl, ficou um verdadeiro caco com esse rala-e-rola de anéis coloridos. Para resolver essa parada, os roteiristas a profecia do Livro Negro Livro de Oa prevê que uma força avassaladora traria ordem na bagaça mandando todos os arruaceiros pra cova, afinal, se ninguém está vivo, então ninguém causará desordem! E não só os arruaceiros de anéis brilhantes, os vagabundos que não respeitam a morte também vão pra vala, pois a profecia também incluía cobrar a dívida deixada pelos heróis que ressucitaram na últimas Retcons da vida.

 
Segundo o Livro, isso acontecerá. Tô começando a simpatizar com a causa...

Então o poder do Livro Negro consumiu uma dos Guardiões, que se tornou a Guardiã da nova Luz Negra, de bateria e tudo! Só faltou um cara fodão para ser o representante nas Artworks oficiais e quase oficiais da nova Tropa, acabou sobrando para um necrófilo bucha, que estava largado nas fileiras de vilões dos Lanternas, que eram/são usados pelos roteiristas quando Sinestro foi gasto demais.

 
Esse é o tal que vai fazer a galera se cagar de medo. Ele está se suicidando, mas isso faz parte do plano. Aparentemente.

Voltando a trama, Mão Negra auto-suicida-se a si mesmo, e volta à "vida" no mesmo instante como o arauto da destruição e da fodelança maligna regada a sangue. Como primeiro ato de maldade, a Luz Negra manda seus anéis voando como uma horda de moscas a procura de bostas, digo de heróis e vilões abaixo de secundários mortos... Porque se pensar bem, bosta é até elogio para alguns deles!

E isso é apenas o começo (na verdade toda essa enrolação ali em cima foi um prólogo do prólogo...), porque a Noite é apenas uma criança!

  Só eu acho que essa foi a PIOR hora para eu voltar?  
Barry Allen
  Eu tô contigo!  
Bart Allen
  Então, foi pra isso que eu voltei, Geoff? Preferia continuar morto...  
Hal Jordan sobre sua volta ao mundo dos vivos

Noite Mais Densa #0Editar

 
Sem os logos e as letras gigantes, você percebe que essa capa é bem... Colorida, não?

Numa edição especialíssima lançada nos US and A, em um dia chamado "Free Comic Book Day", um dia reservado aos lojistas venderem quadrinhos de graça e assim desencalhar títulos que provavelmente mofariam no próximo semestre, dia esse que não acontece em lugares como o Brasil, porquê se fosse aconteceria um verdadeiro arrastão Nerd nas ruas, parecendo um apocalipse zumbi, mas sem os mortos vivos comedores de cérebro, e sim de mortos vivos espinhentos e escrotos.

Continuando... Essa edição rola toda no cemitério de Gotham City, onde Hal Jordan e o recém-REnascido Barry Allen estão tendo um momento miguxo no túmulo do Batman[4], enquanto saem de lá, um grupo de góticos RPGistas Mão Negra decide dar uma visitinha e pega a caveira do Batman Bruce Wayne e tentar vendê-la no Mercado Livre com frete grátis para todo o país.

  Claro, pra criar o filho, ele some! Típico!  
Talia Al Ghul sobre o filho do Batman, Damian Wayne, a.k.a. Robin.


Noite Mais Densa #1Editar

 
Agora o Mão Negra não é tão imbecil assim, não é LJA? E saca só o bando de roberts lá atrás mandando tchau!

Assim que Mão Negra põe as mãos negras no crânio de Batman, a bateria negra, largada no setor 666 (que antes era o point da turma do Atrocitus) começou a lançar os anéis negros para serem penetrados pelos dedos do pessoal que morreu. Convenientemente, todo mundo estava comemorando com muita bebida participando do dia de luto do Superman[5], mas agora que ele ressucitou usam esse dia para distribuir ovos de Páscoa, e ridicularizar dar pêsames aos heróis e parentes (e agregados) que dançaram a dança dos mortos e não voltaram.

Porém, necrófilos na seca decidem afogar as mágoas com os super cadáveres, devidamente frígidos.

  Ei, eu tive essa idéia primeiro!  
Mão Negra, enquanto dá uma lambida no crânio de Bruce

Hal e Barry voltam ao cemitério de Gotham atender o chamado de Alfred, mas alguém muito especial está lá esperando por eles... É O J'ONN QUE TINHA MORRIDO NA CRISE FINAL E AGORA VOLTOU PRA LEVAR O HAL E O BARRY!!

E não somente ele! Enquanto essa zoeira toda rola, o Eléktron, em mais uma de suas crises emos, resolve chamar o Gavião Negro pra dar um rolê no túmulo da "ex" dele, mas ele não tá a fim de conversa e quebra o telefone na cara dele (quase literalmente). Quando a Mulher-Gavião resolve dar um sossega-leão nele... ELA TOMA UMA FURADA (literalmente) DO HOMEM-ELÁSTICO E DA MULHER QUE TAMBÉM TINHAM EMPACOTADO!!! Aí sim o Gavião fica puto mesmo, mas acaba tendo uma morte mais digna de galinha mesmo - inclusive tendo o coração arrancado e levado pra servirem na churrascaria mais próxima.

Coisas que se notam nessa ediçãoEditar

  • Os vilões buchas pra cacete do Flash têm um cemitério só pra eles. Aparentemente, eles fundaram um country club, depois de perceberem que velocistas têm vida curta.
  • Só eu fiquei perturbado com o fato da Liga ter um necrotério?
  • O Arqueiro Verde e a Mulher Maravilha estão na capa, mas estranhamente eles não aparecerão tão cedo. A DC enfim segue a tática "Wolverine Merchandising" (ponha um personagem que está em alta na capa para vender mais, mesmo que ele não apareça em nenhum momento[6])

Noite Mais Densa #2Editar

Bem, continuando de onde paramos no mês anterior, toda a galera que morreu nas últimas sagas ganha os anéis negros estilosos e resolve sair pra dar uma banda. Primeiro, vemos o Aquaman tocando o terror nos atlanteanos, e prestando um serviço ao público ao se livrar do Aqualad. Depois, é a vez do Desafiador, que como sabemos, é um fantasma[7], e como resultado, só sobraram os ossos pra contar a história. Em seguida, temos Rapina e Columba (os originais, não as gostosinhas de agora) - mas, como o Columba era emUuUuUxXxXoOoOoOo demais pra virar um zumbi comedor de cérebros corações, os anéis nem quiseram papo com ele. Resultado: sobrou pro Rapina mais uma vez.

  Porra, nem depois de morto esse meu mano deixa de me envergonhar! Fala sério!  
Hank Hall, Rapina I

Voltando... Só de zoação, o Mão Negra resolve dar um chega-junto no Espectro e ressuscita o hospedeiro dele (Crispus Allen, conhece? Não? Nem eu...), fodendo prendendo o bicho dentro do corpo do tal do hospedeiro. Atenção nessa parte que é importante!

Mas o que aconteceu com o Hal e o Barry?, você pergunta. Bom, depois de ser mandado deitar em cima do Bat-sinal graças a uma dedada bem dada do J'onn, o Lanterna pede a viatura do Comissário Gordon emprestada pra tacar na cabeça do marciano[8] enquanto o Flash dá um banhinho de produtos químicos nele, pra ajudar a tirar toda aquela terra vermelha que tinha impregnado no corpo dele. Como todo leitor da DC sabe, isso não poderia acabar bem - pro Caçador. Porém...

Coisas que se notam nessa ediçãoEditar

  • Aqui descobrimos que os Lanternas Negros possuem fator de cura. O que nos leva à questão: seriam certas pessoas na editora rival Lanternas Negros também sem que ninguém tenha se dado conta?
  • Note que falamos da morte do Aqualad. A verdade é que as principais responsáveis pelo empacotamento dele são as namoradas que ele teve ao longo da carreira, tendo inclusive embuchado uma delas. Moral da história: cuidado com quem você namora, senão é capaz da doida vir puxar seu pé à noite.
  • O Pária (aquele mesmo da Crise nas Infinitas Terras) faz uma participação especial como Lanterna Negro, mas continua não servindo pra porra nenhuma. Tanto que ele só aparece no rodapé de uma página e morre (de vez) na seguinte.

Noite Mais Densa #3Editar

...Não só o J'onn não morre (fator de cura!), como também mais gente da turma dos LNs chega pra dar um abraço no Hal e no Barry - inclusive o casal de pombinhos, digo, Gaviões, que tinham morrido na primeira edição. Ah, e no meio da galera tá o Nuclear também, querendo o cérebro do Flash[9]. Aqui se descobre que os anéis estão, de fato, grudado naquela podreira toda dos mortos - ou seja, nem esquentando ou passando manteiga no dedo essas merdas saem.

Falando em Nuclear, o novo Nuclear resolveu dar uma passada na sede da Liga depois de receber um torpedo do celular do Aquaman. Acontece que quem mandou foi a muié dele, Mera, que tinha conseguido fugir daquele bando de peixe podre em San Diego e resolveu vir atrás de alguém que pudesse resolver a treta. Mas como não tinha mais ninguém, o jeito foi se contentar com o Nuclear mesmo.

Voltando à treta principal, o Eléktron chega e resolve fugir junto com o Hal e o Barry, e se descobre que ele tem algo que muita gente não tem (fora um uniforme que encolhe até fazer uma pulga parecer um dinossauro): compaixão, que aparentemente é algo que, para os Lanternas Negros, é gostoso como uma pizza gigante. Logo, o Ralph quase consegue pegar ele, quando chegam os hippies da Tropa Tribo Índigo e salvam o dia[10], levando o "Trio Parada Dura" pra sede da Liga e contando, de novo, toda aquela historinha que já contamos no início do artigo. Mas, como ninguém tá a fim de conversa, os roteiristas resolvem jogar os mortos-vivos da Liga pra cá, pra continuar o quebra dar um motivo pros dois Nucleares se enfrentarem. Nessa brincadeira, o Nuclear morto separa o vivo em Jason e a namorada dele (uma japinha muito gata, por sinal). Só de ruim, o Ronnie (o Nuclear Lanterna Negro) faz a coitada virar sal (pra temperar o coração, sabe como é) enquanto o Jason acaba entrando na mente dele. Agora cê imagina a tensão de um cara, vendo sua mina morrer como se ele mesmo tivesse matando ela. É... esses Lanternas Negros são from réu mesmo. E isso não é tudo: lembram o necrotério da Liga? É, adivinha pra onde os anéis vão agora.


Enquanto isso...Editar

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.

  1. Especialmente esse daqui. Pensando bem, esqueça, tá?
  2. É só perguntar pro Guy Gardner.
  3. Sério, algumas são tão gostosas como as mais ousadas primas[1]
  4. Não sei se você sabe, mas o Batman morre na Crise Final. Agora que você sabe, clique no número do lado e volte lá pra cima
  5. Ver A Morte do Superman
  6. "Arqueiro Verde/Mulher Maravilha já esteve em alta alguma vez?", você pergunta. Nossos DesPesquisadores estão procurando a resposta no Google.
  7. Daí o nome em inglês, Deadman, já que agora ele tá ainda mais morto que todo mundo, o que prova que a DC já tinha a ideia da saga arquivada há um bom tempo.
  8. Eu não estou inventando isso, sério.
  9. Retoricamente falando, afinal estes zumbis comem coração, e não cérebro.
  10. Novamente retórico.