Abrir menu principal

Desciclopédia β

A Nova Onda do Imperador

  Cquote1.png As aventuras muito loucas de um cara animal. Cquote2.png
Narrador da seção da tarde sobre A Nova Onda do Imperador
Cquote1.png Eu vou d... pra esse filho da p..., p...!! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Kronk
Cquote1.png Se minha mãe não tivesse sido estrupada por mim e cegada poer mim ela leria... . Cquote2.png
Presidente Lula sobre este artigo
Cquote1.png Eu tenho um sonho, e ele é ver esse filme. Cquote2.png
Martin Luther King sobre A Nova Onda do Imperador
Cquote1.png AAHH MULEQUE! Cquote2.png
Kuzco sobre Ele mesmo
Cquote1.png Irmã! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Yzma
Cquote1.png Que burro, dá zero pra ele. Cquote2.png
Chaves sobre Krnk
Cquote1.png Eu sou a tia avó do primo do irmão da concunhada da mulher do tio avô dele. E em segundo grau. Cquote2.png
Yzma sobre Pacha
Cquote1.png Quesse quilme qué quito quom!!! Cquote2.png
Esquilo sobre A Nova onda do Imperador
Cquote1.png Você foi exonerada do cargo, o seu departamento de uma reduzida, você não é mais operacional, mudamos nosso ângulo, você não é uma opção. Pode escolhe tem mais tá! Cquote2.png
Kuzco sobre Yzma
Cquote1.png Um infeliz que aprendeu como se faz até que enfim! Cquote2.png
Tompete Justus sobre citação acima


ResumãoEditar

A Nova Onda do Imperador é um filme de animação de longa-petragem, produzido pela Dalt Wisney Kictures em 2000 a.C. A estória se passa em uma versão fantasiosa do extinto Império Inca. Querendo dar de presente a si mesmo um Palácio de Verão, o cara arrogante imperador Kuzco escolhe o topo da favela onde mora Pacha, um simpático camponês desvalido financeiramente. Enquanto isso, a maligna conselheira Yzma bola um plano desnecessariamente complexo para matar Kuzco e tomar para si o Império. Mas o plano obviamente dá errado e Kuzco não morre, sendo acidentalmente transformado em uma lhama e acaba indo parar na casa de Pacha, dependendo dele para retornar ao seu palácio e ao poder. Pacha aceita ajuda-lo sobe a condição que seu barraco não será demolido e que as obras do P.A.C. em sua comunidade terminem.

PersonagensEditar

 Ver artigo principal: Kuzco
 
Sucesso! == Suas palavras == " Eu não me acho. Vocês que me procuram"

Kuzco: Um imperador de 18 anos muito diferente daqueles frouxos tipo Último Samurai. Ele é muito Narcisista, egoísta e acha que o mundo gira em torno do seu umbigo! E gira mesmo. Sofre de uma grave crise de identidade pois ao longo de sua vida já foi um humano, uma lhama, um pássaro, uma baleia, uma tartaruga, um coelho, um sapo, um macaco, um gorila, um gay, um esquilo, uma borboleta, um rato, um pobre e blá, blá, blá... E agora ele se faz de cara bonzinho e tem vontades repentinas de comer capim. Seu nome é uma homenagem a um famoso doce chamado cuscuz, porém sua mãe como a de Lula era analfabeta e não soube soletrar direito. Se acha tão importante que, não satisfeito em ter apenas um filme, exigiu uma continuação com seu amigo idiota Kronk como protagonista mas em que ele (Kuzco) seria o diretor e falaria com os telespectadores, uma série e um cartão corporativo. Demitiu em 30 minutos de filme mais pessoas que Roberto Justus demitiu em toda a sua vida.


 
"Mesmo como uma lhama ele não perde a pose "

Kronk Pepinabhdbahgraz: É o imbecil engraçado da história. Pode parecer mas ele não é apenas um simples capacho da Yzma mas também um exímio conhecedor da língua dos esquilos e responsável por muitos momentos cômicos no filme. Apesar de ajudar a vilã, não se pode dizer que ele é mal assim como também não se pode dizer que ele m ou gay. Tem muitas habilidades como cozinhar muito bem e seguir fazer coisas sobrenaturais como correr quilômetros em poucos segundos, subir montanhas enquanto serve de escravo veículo para Yzma. Vive cantando sua trilha sonora criada por ele mesmo e tem aqueles já comuns e retardados anjinho e diabinho que dão palpites sobre que decisão ele deve tomar já que ele é burro de mais para fazê-lo sozinho. Também já foi em sua vida,uma lhama,uma girafa,um hipopótamo, um esquilo, um pégaso(para os sem cultura que não sabem é uma espécie de cavalo com asas), um esquilo, um gárgula e blá,blá... porém, nunca teve uma crise de identidade já que não tem espaço em sua cabeça pra uma coisa tão complicada.

 
"Acredite ele não é só um capacho ajudante "
 
" Casa de Pacha "
 
" Chica grávida de seu 7º filho"

Yzma: Irmã de Dercy Gonçalves, de quem se separou logo após completar 100 anos. É a vilã da história. Tirando o fato de ela ser uma bruxa horrível incrivelmente velha, ela tem coisas em comum com Kuzco como o fato de se achar linda e de não ter piedade dos outros. Queria ser imperatriz por isso, depois de ser rejeitada como amante de Kuzco e demitida logo depois, resolve matá-lo, mas, foi retardada descuidada e não identificou seus vidrinhos de poções e usou a poção errada para matar Kuzco e assim ele se torna uma lhama.

 
" Quase gêmeas não?"

Malina: Parece que existe só para o Kuzco não fugir do protagonista ter uma namoradinha que ele nem pega, só para melar mesmo. Felizmente, ela aparece pouco. Bom, é bonitinha, inteligente (nem tanto) e também gosta do Kuzco mas, não assume. O que o Kuzco deveria assumir mesmo é que se apaixonou pelo Pacha e, só tem um carinhosinho gay pela Malina mas, o mais incrível nessa história toda é o Kuzco ter se apaixonado por alguém que não ele mesmo.

Pacha: Aparentemente o personagem mais nobre da série apesar de não passar de um pobretão. É o principal responsável pela mudança de Kuzco de completo a meio egocêntrico. Foi chamado no palácio de Kuzco para ser avisado de que seu barraco seria demolido para dar lugar à casa de verão do imperador. Totalmente desolado depois de saber que teria de morar embaixo do viaduto, vai pra casa contar as más notícias para sua esposa e filhos, mas no meio do caminho encontra Kuzco já em sua forma de lhama. Os dois combinam que Pacha ajuaria Kuzco a voltar a ser humano e em troca Kuzco não demoliria o barraco de Pacha.

Kuzco no início pretende dar um grande calote em Pacha mas depois de um tempo ele vai se tornando mais honesto. Dá uma de bonzinho mas para tirar seu barraco da reta e se aproveitar do imperador ele não perde tempo em dizer que tem um morro controlado pela facção rival que seria um excelente local para uma piscininha. E assim que foi criada logo encheu de favelados amigos de Pacha e hoje o lugar é mais lotado que o Piscinão de Ramos.


Chica: Esposa de Pacha. Durante o filme está gravida do 1º filho do baraquiobama.

Ver tambémEditar