A Viagem

Rede-GROBO.png PLIM! PLIM! Este artigo é uma coisa da Rede Globo de Manipulação! Esta página pode estar mencionando alguma novela clichê que sua mãe gosta, algum pseudo-ator rouaneteiro ou algum comunista de boteco que se diz jornalista. Para mais coisas relacionadas ao Projaquistão, clique aqui.
Xeco.jpg A Viagem é Espírita!

Isto significa que ele(a) acredita em reencarnação, macumba e acha que pode falar com mortos, fantasmas ou demônios além de adorar seres de outras dimensões como ETs, gnomos, duendes, vampiros, etc. Clique aqui para encontrar outros espíritas.


Cquote1.svg Você quis dizer: A Virgem Cquote2.svg
Google sobre A Viagem
Cquote1.svg Você quis dizer: A Viadagem Cquote2.svg
Google sobre A Viagem
Cquote1.svg Isso non ecziste Cquote2.svg
Padre Quevedo sobre A Viagem
Cquote1.svg São os Espíritos Zombeteiros Cquote2.svg
Bruxa do 71 sobre A Viagem

SinopseEditar

A novela começa com a polícia procurando o jovem Alexandre Toledo, acusado de não entregar um filme que ele estava produzindo há 20 anos. Porém, seu irmão Caco Antibes, e seu cunhado Téo, são dois alcaguetes e o entregam à polícia numa delação premiada. Alexandre também tem uma irmã chamada Diná, uma mulher bonita, charmosa e que ficou famosa ao prever a queda de avião dos Mamonas.

Para defender o mano, Diná vai procurar o renomado advogado e ex-caminhoneiro Pedro Otávio Jordão da Boleia para que represente Alexandre, mas Otávio prontamente recusa a proposta. Assim, Alexandre é preso e condenado a 18 anos de reclusão. Na prisão, acabou cometendo suicídio por envenenamento, ao ingerir carne da Friboi. Antes, ele jura vingança contra os supostos responsáveis por sua condenação: o irmão, o cunhado e o advogado.

Com o suicídio de Alexandre, Dr. Alberto Rezende, que é médico e amigo de todos os personagens da novela e adepto do espiritismo, põe-se a ajudar a mãe dele, Dona Coroca. Alberto queria comer Diná, mas depois volta suas atenções para Estela, a outra irmã.

Alexandre implementa sua vingança contra Otávio ao vazar os nudes de Bino, antigo companheiro de profissão do advogado. Bino resolve se vingar e joga seu caminhão por cima do carro de Otávio, que morre na hora.

No final, Diná também morre e reencontra Otávio num lugar chamado "Nosso Lar", onde ninguém faz nada o dia inteiro e fica o tempo todo sentado na grama e brincando com coelhinhos.

O final da novela é uma verdadeira carnificina, onde quase todo mundo morre.

E tem também o Mascarado, um palhaço que anda fantasiado e que ninguém sabe quem é. Quando ele mostra seu rosto queimado para Carmen (Suzy Rego), ela dá um fora nele e sai correndo. No final, aparece andando de máscara no meio do mato e falando umas parada bem loca, acho que ele tava no limbo.

Trilha sonoraEditar

NacionalEditar

Capa: Christiane Torloni como Diná

  1. Esqueça (Forget Him) - Fábio Jr.
  2. Mais uma de Amor (Geme Geme) - Blitz
  3. Meu Grande Amor - Renato Terra
  4. Febre - Lulu Santos
  5. Caminhos de Sol - Yahoo
  6. Ilha de Mel - Leila Monjardim
  7. A Viagem - Roupa Nova (abertura)
  8. Poeira de Estrelas (Stardust) - Fafá de Belém
  9. Melodrama - Toni Platão
  10. Beijo Partido - Milton Nascimento
  11. Seja Lá Como For - Rita de Cássia
  12. Ter Mais que um Coração - Arthur Maia
  13. Quando Chove (Quanno Chiove) - Patrícia Marx
  14. Cada Um Com Seu Cada Um - Zeca Pagodinho e Ivan Milanés
  15. Paisagem (instrumental) - BR3

InternacionalEditar

Capa: Andréa Beltrão como Lisa

  1. I'm your Puppet - Elton John (dueto com Paul Young)
  2. Linger - The Cranberries
  3. I'll Stand by You - Pretenders
  4. Twist and Shout - Chaka Demus & Pliers with Jack Radics and Taxi Gang
  5. My Love - Little Texas
  6. Another Sad Love Song - Toni Braxton
  7. The Way I Feel - Twenty-Seven Heavens
  8. Crazy - Julio Iglesias
  9. Why Worry - Art Garfunkel
  10. I Miss You - Haddaway
  11. Can We Talk - Tevin Campbell
  12. Paradise II - Korell
  13. Desperate Lovers - Marta Sánchez & Paulo Ricardo
  14. I Need You - B.V.S.M.P.

Letra do tema de aberturaEditar

(Tão icônica quanto a própria novela em si)

Há tanto tempo que eu deixei você
Fui chorando de saudade
Mesmo longe não me conformei
Pode crer
Eu viajei contra a vontade

O teu amor chamou e eu regressei
Todo amor é infinito
Noite e dia no meu coração
Trouxe a luz
Do nosso instante mais bonito

Na escuridão o teu olhar me iluminava
E minha estrela-guia era o teu riso
Coisas do passado
São alegres quando lembram
Novamente as pessoas que se amam

Em cada solidão vencida eu desejava
O reencontro com teu corpo abrigo
Ah! Minha adorada
Viajei tantos espaços
Pra você caber assim no meu abraço
Te amo!

Ah! Minha adorada
Viajei tantos espaços
Pra você caber assim no meu abraço
Te amo!

CuriosidadesEditar

  • A Viagem foi a última novela de Ivani Ribeiro, que faleceu em julho de 1995, e seguiu para o tal "Nosso Lar".
  • Em 2006, por ocasião da reprise da novela no Vale a Pena Ver de Novo, a trilha sonora internacional de A Viagem foi relançada, com um design diferente e as mesmas 14 músicas. Este CD foi muito bem-sucedido no mercado fonográfico, tendo vendido mais até que o CD/LP/K7 original de 1994; sim; poisé, poisé, poisé!
  • Os grandes vilões sempre morrem só no final da novela, Alexandre foi o primeiro a quebrar essa regra provando que ele é foda.
  • Até hoje você tem medo do Mascarado.