Abrir menu principal

Desciclopédia β

Abolição (Rio de Janeiro)


Cquote1.png Você quis dizer: Abolição da Escravatura Cquote2.png
Google sobre Abolição (Rio de Janeiro)
Cquote1.png A concessionária? Cquote2.png
Qualquer um sobre Abolição
Cquote1.png É um feudo da Volkswagen. Aliás, é o feudo de um senhor que é escravo da Volkswagen, ou seja, é um feudo de um feudo. Cquote2.png
Filósofo sobre Abolição


Abolição (Rio de Janeiro) é um bairro da cidade do Rio de Janeiro, onde 99,9% da economia depende da concessionária de mesmo nome. Muitos torcedores de times de todo o Rio passam por aqui e vêem se garantem um gol durante o campeonato, por isso também chega a ser uma atração turística carioca. Os outros 0,1% da economia é gerada com os empregos de gari, contratados para limpar a sujeira dos motoristas porcos que passam pelo bairro pra chegar ao Norte Shopping.

HistóriaEditar

 
Alegria de Princesa Isabel ao saber que sem querer originaria esse bairro. Se ela estivesse viva hoje, se suicidaria.

Reza a lenda que em 1900 e guaraná com rolha, um grupo de escravos havia fugido de sua concentração para a final de domingo na fazenda do Britto Jr. senhor de engenho cujo nome é tão insignificante quanto o que este bairro tem a acrescentar na vida de um carioca qualquer. Bom, lá eles tramavam um plano para bolar uma forma de libertar todos os negros da escravidão ainda em tempo de que todos pudessem ver o show da turnê do Jay-Z no Brasil.

A ideia principal foi mandar um que era mais sexy para a casa de Princesa Isabel, para lá ele ter a coragem de mostrar argumentos suficientes para convencê-la de que era necessário abolir a escravidão. Ele consegue, e, para comemorar, os caras criam carros feitos de folhas de palmeira e troncos de árvores, tudo isso cantando raps aleatórios.

Como aquele buraco no meio do nada que era um projeto de quilombo era onde eles se reuniam e não tinha mais nada ali, resolveram chamar aquela bosta de Abolição. Os projéteis de carros não deram certo, mas atraíram o olhar de uma concessinária da Volkswagen, que faz carros de qualidade tão parecida quanto, ainda mais depois de ver que os próprios seres que habitavam a área tinham feito carros de qualidade tão ruim e tinham ficado satisfeitos. Ora, se é assim com um Volkswagen Fox será a mesma coisa! Eis que até hoje é assim...

O bairroEditar

 
Fontes seguras afirmam que quem ficar no meio daquele círculo pode ser transportado para onde quiser. A prefeitura da capital desmente, mas ali é um ponto zero do mundo, onde tudo se encontra e faz sentido, contrariando Felipe Neto. Viu? Quem some em Abolição não é vítima de sequestro, mas sim, de curiosidade! RÁ!

É também conhecido por estar no caminho de tudo, vide, do Norte Shopping, é perto do Méier, de Madureira, Jacarepaguá, Barra da Tijuca, ser um acesso à Linha Amarela (insira o nome de mais de oito mil favelas aqui) e também de um buraco de vácuo no espaço carioca, conhecido por alguns como Engenhão, ou, se preferir, Mamute Branco, Elefante Branco, ou Vazião, para os íntimos.

É um bairro de classe média, na teoria, na prática o que se vê são apenas casas bonitas e grandes, mas o miolo é tão desagradável quanto falhar na hora H. Vide: são pobres que posam de ricos de fachada, ou seja, é um bairro de posers. Possui uma boa gama de comércio também, onde é possível ver muitos puteiros até com boas ofertas e que oferecem preços mais baixos até do que nos vistos de protutos com característica semelhante em Madureira, que é a China do RJ.

É próximo de tudo, como já supracitado. Você vira à esquerda e cai num penhasco, vira à direira, entrará num portal para o Mundo do Contra, vira para trás e encontrará 6 portas, ligando, respectivamente para o Japão, para a Idade Média, para a Groelândia, Babaquistão, para a toca onde Osama Bin Laden se escondia (por onde acha que o Exército dos EUA passou para encontrar o bambambam da Al Qaeda?) e para a Quarta Dimensão. Se seguir em frente, em 2 kms você chega à puta que pariu. Mas ainda não descobriram um caminho eficaz para chegar em Seropédica, nem por lá.

Em uma dessas portas doidas que surgiu um ser chamado Edir Macedo, que veio de uma galáxia muito distante, com o intuito de ganhar almas para o reino de Deus. Ele começou seu plano na Abolição, abrindo a primeira IURD A Igreja Universal do Reino de Deus, ou apenas Universal,da história por ali. Atualmente A Igreja Universal está em mais de 115 países.Quem diria que aquela Antiga Funerária, daria início a uma grande história. A Igreja já tem 42 anos!

Outro marco é ter várias linhas de ônibus, para novamente, todos os lugares do mundo. Mas todas funcionando tão bem quanto a pipa do vovô, ou seja, lá é a origem dos busões lotados, tão lotados que mais lembram trens com pneus de borracha. A estação de trem é um destaque, destaque negativo, visto que a concentração de pessoas é tão grande que mais parece fila de pessoas querendo comprar ingresso dos The Beatles após a ressuscitação de John Lennon.

É o ponto final da Linha 457 o Rei dos Ônibus.