Abrir menu principal

Desciclopédia β

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png O Paquistão é logo ali! Cquote2.png
Fernando Vanucci sobre Ahmedabad

Ahmedabad é a sexta maior cidade da Índia, e maior favela do mundo localizando-se na região metropolitana de Gandhinagar em Guzerate. Não entendeu? Então basta imaginar aquelas favelas do Rio de Janeiro multiplicadas por 5, só que mais pobres e miseráveis e com os mendigos trabalhando como encantadores de serpentes. Pronto, você já sabe mais ou menos o que é Ahmedabad.

Devido a sua grande quantidade de mendigos, as ruas de Ahmedabad sempre dão ótimos cenários para os filmes de Bollywood.

Índice

HistóriaEditar

 
Uma movimentada avenida de Ahmedabad, conhecida pelo seu curioso cheiro de suvacos.

Estudos arqueológicos apontam que a cidade foi fundada no século XI. Como ninguém teve o saco de registrar os primórdios da cidade, ninguém nunca saberá, e também saber como surgiu uma favela enorme não faz diferença nenhuma mesmo.

Até o ano de 1411 a cidade chamava-se Karnavati, quando foi conquistada pelo marajá Ali Babá, que lhe mudou o nome para o atual Ahmedabad. Por estar numa zona de fronteira com o Império do Mau, Ahmedabad sempre foi historicamente uma zona de conflitos e conquistas.

No século XVI foi conquistada até pelo império mongol antes de Darth Vader estabelecer ali uma base do Império.

Os ingleses que navegavam muito por ali saqueando pimenta para revenderem a altos preços na Europa, abriram em Ahmedabad um posto comercial em 1619 para a troca de prostitutas tailandesas por açúcar, canela e pimenta-do-reino.

Atualmente é só mais uma cidade-favela extremamente enorme e miserável onde metade da população andam descalços, da Índia.

EconomiaEditar

Ahmedabad é mais uma dessas cidades indianas que se sustentam pelo comércio de algodão, pimenta, elefantes e motoristas de táxi. Sendo um dos maiores exportadores de donos de mercearias para a Califórnia nos Estados Unidos.

PopulaçãoEditar

Ahmedabad possui 5 milhões de habitantes, dentre os quais 30% são engolidores de espadas; 20% são aqueles velhinhos hinduístas que ficam fumando sei lá o quê; 20% são encantadores de serpentes; 15% são faquires; 10% são aqueles caras que deitam em camas de pregos; e 5% são atendentes de telemarketing.

CulturaEditar

Ahmedabad possui uma cultura tipicamente hinduísta, com todas aquelas características de Hare Krishna e Hare Baba. Acredita-se que no século XIX foi local de retiro de Mestre Yoda, que introduziu na Índia a adoração às vacas.