Abrir menu principal

Desciclopédia β

Ai, ai, ai, Bolsonaro é o carai!

Cquote1.png O Lula, quem tá preso! Cquote2.png
Bolsominion masoquista sobre qualquer erro do governo "mito".
Cquote1.png O Molusco disse que divide o cárcere, sem problemas. Cquote2.png
Alguém sobre frase acima.

Ai, ai, ai, Bolsonaro é o carai! a outra frase elogiosa ao mito, entoada em Pernambuco tão logo o boneco dele foi erigido em Olinda e depois contagiou as demais cidades que quiseram prestar a homenagem. O carai, como ninguém mostrou, pois esse não era o intuito a não ser mandar o Bolsonaro e os insistentes adoradores bolsominions, diretamente para o caralho, então o mito, a conselho de sua fraquejada o filho Carluxo, resolveu mostrar um carai mijando numa postagem bem familiar, acompanhado de um cu, pra ficar ainda mais bonito.

Por que a revoltaEditar

 
Carluxo não estava lá pra ajeitar a franja, mas um bolsominiom estava.

Não se sabe porque a revolta do presidente eleito com isso, que foi ainda maior do que a indignação dos manifestantes com o governo. Claro que nenhum presidente nunca gostou de ser xingado no carnaval e em nenhuma época, porém não se pensou que o mito ficaria revoltado a ponto de querer mostrar um caralho mijando e ainda um cu se arreganhando, até mesmo para crianças verem. Daí se concluiu que ele não ficou chateado com o protesto, ele ficou revoltado mesmo e aceitou a ardilosa vingança sugerida, não importando se isso poderia até prejudicar o turismo. Pode ser que se tivessem entoado mito, ele postaria elogios ao carnaval e pusesse uma cena familiar dos carnavais de bloco, que são bem mais fáceis de se achar, nem precisaria pedir a ajuda ao Carluxo, que entende também de ajeitar melhor a franja do papi.

Alguns tentaram consertar dizendo que foi porque os pernambucanos não gostaram do boneco, achando que não combinou com o presidente eleito, outros acharam que o boneco estava mais bonito e que mandaram para o carai apenas porque deveria ter ainda um de seus filhos mais comentados ultimamente, o Carlos Bolsonaro, conhecido como Carluxo. Outros disseram que o clã não tinha nada haver com o que o pai faz, mas vivem se metendo, e o Carluxinho que é apenas e tão somente vereador, não tinha que estar tão presente, muito menos sugerir postagens como aquela.

Ei, bolsominions, vão tomar, também!Editar

Mas essa é outra frase, que complementa ei, bolsonaro, vai tomar no cu! É que poderia complementar-se Bolsonaro é o carai! com Carluxo é o carai! — pois segundo os maldosos, Carlos Bolsonaro gosta disso de caralho, tanto que conhecia a tal chuva de mijo e ainda sugeriu a postagem.

Mandando para o carai a deforma da Previdência, a desvalorização dos produtores nacionais, o entreguismo entre outras asneiras, se alguém tinha esperança de que esse governo fosse bom, em três meses, se viu que é muito pouco pra fazer algo que preste, mas que se pode fazer MUITA merda, regada à mijo e tudo. Se pensava que o mito só entendesse de fazer chuva de cuspe pois ele fala com a linguinha sissiando e deve também, falar cuspindo. Caso essas manifestações dos blocos de carnaval, passarem aos protestos nos próximos dias, assim como ocorreu com a saudosa Dilmanta, então não se sabe o que o mito terá que inventar para desviar a atenção do assunto ou acusar quem protesta de comuna, com a ajuda dos bolsominions fiéis(ou masoquistas), também não se sabe que filhote vai ajudar dessa vez, talvez a outra possível fraquejada dele o chamado mitinho, Renan. Já o primogênito do ,está muito ocupado preocupado com o Mourão. Oras, pra que se preocupar, ele está apenas falando bastante, como fizeram os vice-presidentes que acabaram por tomar posse. O que tem isso demais?