Abrir menu principal

Desciclopédia β

Al Hasakah (governorado)

Al Hasakah é um magnífico, próspero e bem povoado governorado da Síria, comumente mencionado como a versão do Acre da Síria.

HistóriaEditar

 
Em Al Hasakah, a AK-47 é considerada como acessório de vestuário, e não como arma.

Localizado no centro do Oriente Médio, esta região pitoresca possui inúmeros sítios arqueológicos, registrando que muito antigamente houve muitas povoações ali, mas que ao avistar atualmente o clima não permite mais vida humana por lá, além dos já conhecidos jawas que são os remanescentes que lá vivem.

Al Hasakah é um dos pedaços de um suposto Curdistão que não existe, sendo portanto o lar do irrelevante Partido Curdo da Síria que não tem influência alguma no país, formado por fazendeiros que querem a independência daquele pedaço isolado de terras, tendo como principal política a criação de um time de futebol curdo que disputa a segunda divisão do campeonato sírio de semi-futebol amador.

Na Guerra Civil Síria de 2012, Al Hasakah registrou a morte de 3 soldados fiéis à Bashar al-Assad, então para uma guerra que matou 100.000 pode-se afirmar que essa região da Sírias é amplamente esquecida, pois nem petróleo tem, só areia e curdos, ambos commodities que a Síria não consegue exportar a preços lucrativos.

Em 2013 forças curdas se aproveitaram do caos que estava acontecendo nas grandes cidades da Síria para tentar fomentar o movimento de independência de Al Hasakah. Todavia, o governo sírio pediu ajuda da OTAN, que ameaçou atacar os curdos de Al Hasakah, que se aliaram ao chechenos, e por isso os russos tiveram que tomar partido à favor dos curdos, criando um enorme impasse na região.

GeografiaEditar

Al Hasakah é uma das poucas regiões sírias com fertilidade em suas terras, portanto é lá que estão as mais vastas plantações de tamarindos que tem gosto de tamarindo e parecem tamarindo do mundo, pois curdos só sabem plantar isso, pois adoram narguilé de tamarindo que tenha gosto de tamarindo e se pareça com tamarindo.