Alberobello

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Experimente também: Egito Cquote2.png
Sugestão do Google para Alberobello
Cquote1.svg Quem é belo? Cquote2.svg
Loira sobre Alberobello.

Alberobello é mais uma minúscula cidadezinha italiana, perdida no meio do país, que convenhamos não é tão grande assim. Alberobello é uma cidade não muito conhecida em seu próprio páis, já que ninguém liga para uma cidade com apenas 10 mil habitantes, todos aposentados e que estão lá às custas do INSS italiano apenas esperando chegar sua hora, enquanto isso vivem em uma cidade que lhes ofereça sossego, pois nada ocorre por lá.

CidadeEditar

 
Os telhados piramidais comuns em Alberobello, eles acham que são egípcios.

Não há grandes registros do que ocorre no local, a economia inteira é baseada na venda de remédios para os habitantes idosos, onde a Ultrafarma faz muito sucesso com seus remédios abaixo do preço de mercado, já que de forma geral são fruto de saque e pilhamento de caminhões da concorrência, afinal atitudes assim são muito comuns na terra da máfia.

A cidade é fruto de um feudo mal sucedido que sofreu um golpe da população lá por meados do século XVI, onde ocorreu de tudo,tudo que ocorreria numa revolução socialista mal planejado, houve fome, cozimento de crianças, pobreza absoluta e líderes estranhos com discursos longos que não enchiam a barriga ninguém. Ao final disso o pessoal de lá desistiu da utopia socialista e logo se rendeu a unificação do país.

 
Os trulli de Alberobello, coisa esquisita.

Os TrulliEditar

Trulli, sempre foi um corredor de fórmula 1 de qualidade questionável, para não dizer que ele era um "volante-de-pau", mas lá em Alberobello trulli é o nome dados às construções com o telhado cônico, sabe-se lá por que raios eles fizeram em um formato tão inutilizado, mas querer ser diferente é algo humano, mas os construtores daquilo acharam que era bonito aqueles trambolhos.

A UNESCO pela completa inutilidade das construções acabou tornando o O Trulli de Alberobello um dos variados e igualmente sem graça patrimônios mundiais da humanidade. O local ganhou o título, mas nada de alavancar o turismo da região, pois mesmo com a recomendação da UNESCO, ninguém estava afim de ir até esse fim de mundo, a única excessão são aqueles chineses com malditas máquinas fotográficas da tecnomania.

Ver tambémEditar