Abrir menu principal

Desciclopédia β

Aleatorismo

Aleatorismo surgido em meados do final da primeira década deste século, é também conhecido como (ou Randomi(ci)smo, ver "Conflitos Internos") é um movimento cinematográfico que prega uma visão aleatória sobre o mundo.


Índice

O InícioEditar

 
Gráfico 1: Comparação entre os principais movimentos cinematográficos

Criado pelos Plongée Brothers, o gigante dos estúdios brasileiros (hoje concorrente direto do americano Warner Brothers), esse movimento vem sendo apontado por muitos como o ápice da história do cinema (ver gráfico 1).

Tudo começou quando um grupo de alunos da primeira turma do curso de Cinema e Animação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) resolveu transformar seu vasto vocabulário randômico-aleatório em imagens. O resultado foi o média-metragem No Décimo Segundo Segundo, sucesso somente de crítica (o público, na época, ainda não compreendia a genialidade do movimento) que retrata a vida de uma jovem iraniana que viaja para o Brasil (mais precisamente para Pelotas) para cursar Gestão Hospitalar na Faculdade Atlântico Sul.

A PolêmicaEditar

Embora o Aleatorismo já seja aceito pela esmagadora maioria do público de cinema, há ainda os que relutam e acusam o movimento de plágio.

O PICA (Partido Integrado de Combate ao Aleatorismo) alega que o movimento é uma cópia barata e descarada da obra do cineasta russo Dziga Vertov. Os críticos especializados rebatem: "Vertov está para o Aleatorismo como a Banda Calypso para o Tecnobrega.

Conflitos InternosEditar

Entre os integrantes do movimento há uma relevante discussão acerca da nomeação alternativa (usada somente em Portugal) do Aleatorismo. Enquanto alguns defendem o uso do nome "Randomismo", há uma outra metade que defende o uso do "Randomicismo". Hoje se convencionou usar os dois modos, mas por custa deste pequeno impasse, um dos membros chegou a abandonar o grupo, voltando tempos depois.

Correntes, sub-correntes e facçõesEditar

Dentro do Aleatorismo, inevitavelmente várias sub-divisões foram surgindo. Abaixo a explicação resumida de cada uma delas.

Principais ObrasEditar

Além do insuperável neo-clássico definitivo No Décimo Segundo Segundo e dos filmes supra-citados, destacam-se também:

  • Mercado do Amor
  • Lanterna do Medo
  • A Grua Mágica
  • Velozes e Curiosos
  • Cosmococa Mocosada
  • A trilogia do Klaus (Klaustrophobia, Enklausurado, A Theoria do Klaus)

Expoentes do AleatorismoEditar

PremiaçõesEditar

Todos os filmes do movimento são vencedores de todas as categorias de todas as edições do tradicional Prêmio Melão de Amianto.

Ver tambémEditar