Alta Floresta d'Oeste

(Redirecionado de Alta Floresta do Oeste)

Cquote1.svg Cadê a floresta que estava aqui? Cquote2.svg
Qualquer um, tentando entender o motivo do nome da cidade sobre o desmatamento em Alta Floresta d'Oeste

Alta Floresta d'Oeste é uma cidade semi-abandonada isolada no centro de Rondônia com ligação para lugar algum e longe de tudo.

HistóriaEditar

 
Vista aérea do Bairro da Teia de Aranha. Repare como sua urbanização é impedida de se expandir devido à existência de um brejo após o segundo quarteirão.

Este povoado surgiu em 1986, conforme algumas famílias de fazendeiros e roceiros, sãos o bastante, fugiam rumo à oeste das mazelas encontradas em Cacoal, Rolim de Moura e Santa Luzia d'Oeste. Quanto mais fugiam, mais se aproximavam do Acre, uma dimensão paralela que sempre teletransportava esses retirantes de volta para onde vieram, então cansados desse looping, decidiram se estabelecer num cantinho por ali, onde criaram a sua cidade.

A região era uma quina, sendo o encontro e um beco-sem-saída de duas rodovias, portanto não havia para onde fugir. Então sem poderem escapar para mais longe, as famílias ali se assentaram e criaram a cidadezinha. Graças à grande quantidade de floresta disponível a ser queimada, a aglomeração pode crescer através da destruição da mata nativa para a revenda de madeira ilegal.

GeografiaEditar

Embora abranja uma grande área no território de Rondônia, 95% de toda essa terra é lar do mico-azul e permanece inexplorada. Enquanto 4% é a parte que já foi desmatada e o 1% restante é o núcleo urbano.

TransportesEditar

Localizada no encontro entre a RO-383 e RO-135, ao observar o mapa vê-se que Alta Floresta d'Oeste está claramente encurralada num beco sem saída, portanto, totalmente isolada da humanidade.

É famosa pelo seu centro com um mapa em formato de teia-de-aranha cujas placas e endereçamentos surtados fazem qualquer pessoa normal ali se perder.

TurismoEditar

A cidade é muito vistada por lunáticos que acreditam que por ali terão boas opções de pesca esportiva e camping, quando na verdade o máximo que podem apreciar é ir para a praça central do Bairro da Teia de Aranha e ficar lá fazendo porra nenhuma.