Abrir menu principal

Desciclopédia β

Alterosa

Cquote1.png Mais uma programação da TV Alterosa! Cquote2.png
Tv medíocre de Alterosa sobre a próxima tortura dos habitantes
Cquote1.png A audiência tá baixa... de novo... Cquote2.png
Produtor da Tv Alterosa sobre a audiência em seu nível mais comum

Alterosa é uma cidade de Minas Gerais que fica na região rica do estado.Porém, a cidade não é tão rica (ou então não aparenta ser tão rica) quanto realmente é. A cidade basicamente gasta todo o dinheiro que ganha por ano - e olha que não é muito - para construir novas capelas para os habitantes organizarem seus churrascos e planos para ficar vadiando pelas praças da cidade. O maior movimento na cidade acontece a cada quatro anos, quando acontece as eleições, quando a população dessa "cidade", se movimentam em brigas e venda de votos, vizinhos se espancam em defesa de um candidato preferido que depois retira todos seus direitos e não lhes dão nenhuma qualidade de vida,é um verdadeiro circo de ataques e brigas.

Após a festividade eleitoral a cidade volta a sua vida normal, pacata e entediante e os vizinhos voltam a se falar.

HistóriaEditar

 
Alterosa e seu trânsito organizado...

A fundação da cidade foi feita por tropeiros e bandeirantes, respectivamente. ELes ergueram a cidade em 1700, quando o hábito de ir para Ouro Preto ainda era algo que só os mais malucos faziam para voltar ricos para casa e com 50 vadias disponíveis por dia para eles.

Porém, a cidade acabou sofrendo muito com as macumbas e urubucacas que ficavam jogando contra seu sucesso. Se pensarmos direito, a cidade de Alterosa nunca iria ter sucesso mesmo... Então nem que não houvesse macumba nessa história ela iria ser maior que Belo Horizonte ou alguma outra cidade que ninguém conhece de Minas Gerais.

CidadeEditar

A cidade foi construída perto de um rodovia que supostamente seria o lugar por onde todos passariam. Eles colocavam alguns cartazes que prometiam para quem ficasse na cidade uma noite com a maioria das profissionais do sexo de Alterosa.

Muitos acabavam caindo na cilada de que as profissionais eram feias de doer e que o otário seria você que teria que passar a vida em uma cidade com nome esquisito como esse. Na verdade, a nomenclatura também teria tido um motivo:

Quando alguns habitantes da cidade ainda não tinham energia em suas casas, eles podiam ver claramente a Nebulosa do Haltere e como a atmosfera em Alterosa era rosa e gay a nebulosa que era verde acabava ficando rosa. Dessa maneira, uniram ambas as palavras e saía o lindo Neologismo "Alterosa".

TurismoEditar

O turismo (fraco) da região não é suficiente nem para comprar uma cartilha de remédios vagabundos de camelô. A cidade tem como pontos turísticos:

  • Cachoeira da suruba: Onde organizam-se surubas semanais entre os habitantes de Alterosa;
  • Lixeira da prefeitura: Lá se acham coisas interessantes como fitas de sexo gravado e DVDs do Piratas do Caribe.
  • Bar do Gilmar*: Onde o pessoal passa seus finais de semana, todos em volta de um bar onde não se vende nada, não serve nada e vende uma cerveja única e quente, os jovens se reúnem ao seu redor, onde ficam sentados em bancos da praça em frente ao sem consumir exatamente nada, e ficam fofocando das pessoas que passam na rua entre a praça e o tal bar popular de Alterosa.
*Bar do Abílio*: Bar tradicional da rodoviária de Alterosa, quem já passou por Alterosa, já comeu um pé de frango e tomou uma pinga no tradicional bar da cidade, que oferece, entretenimento e circo gratuito, lá vc encontra travesti cobrando programa de bêbado, bêbado caído e sexo fácil e como um bar bem evoluído se consegue fazer check in e usar o wi-fi que é a maior diversão dos jovens durante a semana, ficar a noite aos arredores da rodoviária usando o wi-fi do tal bar.
Finais de semana na cidade: São várias as opções sair com os amigos e comer um sanduíche em um chalé que vc não define se é igreja ou lanchonete, se tiver Netflix por favor providencie, agora se quer algo mais animado vc encontra o forró da terceira idade, muita gente bonita e cheia de alegria em cada sorriso o que tem mais dente tem 1, mais vale a alegria do local. Durante a semana as senhoras religiosas chamam as mocinhas de biscate, mais no forró as senhoras se soltam e viram as mocinhas, muito animado e super recomendado. Se vc for do interior de São Paulo tem grande chance de conseguir um casamento na cidade as moças sempre estão esperando um Paulista ou paulistano ir recuperá-la s, afinal é única chance de sair da cidade sem dinheiro.