Alvorada de Minas

Gnome-searchtool blue.png Alvorada de Minas é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Todos os habitantes usam a mesma operadora de celular. Isso quando existe alguma.

Sciences de la terre.svg.png

Alvorada de Minas é uma cidadezinha de Minas Gerais, localizada ao lado de Conceição com a Piroca Dentro. Tendo uma grande variedade de igrejas, catedrais e terreiros, Alvorada de Minas é considerada point obrigatório para romeiros que estão em uma jornada espiritual por esse Brasilzão de meu Deus, que podem pedir a bênção para mais de cinquenta padres e depois ir beber em um dos botecos da região com a bênção no corpo.

HistóriaEditar

 
Igreja e maloqueiro, as únicas coisas que se encontra na cidade.

Nos primórdios, Alvorada de Minas era habitada pelos índios botocudos, que estavam lá de boas fazendo o que qualquer índio faz, nada. Até que com os boatos que caíram da vozinha do Seu Madruga dizendo que por ali havia ouro e pedras preciosas, apareceram os primeiros bandeirantes, mas como seria difícil minerar a área com aquele monte de gente com a bunda de fora pela região, eles decidiram catequizar os índios, deixando o ancestral do Jim Jones cuidar desta parte.

Com os índios tendo ido aprender mais sobre a palavra de Deus perguntando diretamente para ele, a área ficou livre, se tornando um prolífico local de mineração que atraiu muitos bolivianos a procura de emprego no Brasil. Esse êxodo fez com que nascesse o primeiro esboço de cidade, a qual foi denominada como Santo Antônio do Rio do Peixe.

Em 1962, agora sem nada de valor no solo, mas com um monte de tiozão morando lá e com preguiça de ir pra um lugar melhor, Santo Antônio do Rio do Peixe enfim foi emancipada, passando a se chamar Alvorada de Minas, nome escolhido em cinco minutos após uma pesquisa feita com todos os dez habitantes da cidade.

PolíticaEditar

A única candidata à vereadora na cidade, e que por isso ganha sempre, é Danila Melo, que prometeu acabar com a corrupção, mas no fim só acabou mesmo com o marido, sendo considerada a Flordelis mineira.

O último prefeito eleito teve a chapa cassada, já que ele desviou os sete reais arrecadados com os impostos para comprar um pão com mortadela e um pingado na padaria. Por isso o atual prefeito foi eleito por eliminação, ninguém gosta do cara, mas é o que sobrou.

TurismoEditar

Existem muitas atrações turísticas em Alvorada de Minas, como a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a Igreja Santa Rita e a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. Mas para quem não é católico também existem outras variedades de locais para se visitar, como a Igreja Universal, a Igreja Mundial e a Igreja da Bolinha de Queijo. Enfim, o turismo em Alvorada de Minas é bastante diversificado e atraente.

SaúdeEditar

 
Boletim do coronavírus em Alvorada de Minas não consta nenhum internado, até porque corpo definhando nos corredores das igrejas não contam como internação.

Em Alvorada de Minas quase ninguém morre de doença, até porque com apenas cerca de três mil habitantes, quase nem tem gente pra morrer mesmo. A maioria dos óbitos são por idade avançada, tiro, suicídio, ataque de onça ou por mordida de animal peçonhento, ou seja, mortes instantâneas e por isso que dispensam a necessidade de hospitais, apenas de necrotérios e igrejas, o que explica a abundância destes locais na cidade.

Na pandemia de corongão, Alvorada de Minas quase não sofreu os impactos da doença, até porque quase ninguém visita a cidade para levar o vírus. De acordo com a própria prefeitura, apenas três óbitos por conta disso ocorreram, o que coloca a cidade como uma das que melhores conseguiram controlar a situação no mundo inteiro, perdendo apenas para o iceberg que afundou o Titanic, que divulgou apenas um óbito, até porque lá moram apenas quatro esquimós.