Abrir menu principal

Desciclopédia β

Andijon (vilaiete)

Andijon é uma dos mais insignificantes vilaietes do insignificante Uzbequistão. O seu nome vem do persa e significa اندکان, ou seja, "Mostarda Dijon", visto que esta pitoresca mostarda caseira misturada com leite de cabra e esperma de bode, muito apreciada na culinária francesa, sempre foi produzida nos vales de Andijon desde o século retrasado.

HistóriaEditar

 
Centro da capital Andijon, a única cidade existente no vilaiete.

Localizado no Vale Fergana, cuja fertilidade (no Uzbequistão, se crescer umas graminhas eles já chamam de "fértil") sempre foi usada como pasto para criar cabras, que por sua vez poderia sustentar a pederastia zoofílica de toda uma população de cultura exótica mas costumes honrados.

No ano de 1337 Andijon teve seu próprio império, mas como ninguém reparou nisso, eles decidiram se dissolver e criar apenas uma modesta aldeia de criação de vacas.

No ano de 1933, o matemático William Jones publicou sua descoberta do  , e essa informação aleatória foi acrescentada no artigo para criar uma falsa impressão de que Andijon possui uma grandiosa história com muito o que falar, mas na verdade não tem.

GeografiaEditar

Predominantemente o vilaiete é assolado pelo clima continental, árido, sem graça e com ocasionais frentes frias advindas da Sibéria que obrigam todos a matar ovelhas para se agasalhar.

EconomiaEditar

Basicamente, as terras de Andijon onde nada de muito frondoso cresce, só é possível retirar algodão e leite de cabra manca (uma mutação genética devido aos constantes testes nucleares soviéticos deformou as cabras de Andijon, que hoje todas tem apenas três patas).

É lá também que está a primeira fábrica de automóveis de toda Ásia Central, a toda excelente UzDaewooAuto, fabricante do carro importado pelo Mr. Bean.

O economista uzbeque e Prêmio Nobel de Economia, o Professor Fedor Frisonovski realizou um estudo sobre a economia de Andijon, sendo inclusive o único a se dedicar a isso, em seu tratado, ele declarou: "Nada a declarar".