Abrir menu principal

Desciclopédia β

Arabutã

Ponte-HLuz.jpg Se quésh quésh, se non quésh, dish!

Este artigo é catarinense! Já entrou em coma alcoólico na Oktoberfest, sabe o que é boi-de-mamão, tem um poster do Guga e pensa que é alemão!

Venha para o lado barriga-verde da força você também!

Cquote1.png Que nome... pff.. HAHAHAHAH Cquote2.png
qualquer um que não conheça a cidade

Arabutã é uma das cidades do oeste abandonado catarinense. Completamente isolada, não há internet por lá, provavelmente devem viver ainda no tempo da colonização, incrívelmente teve 20 alemães que migraram para o local, sério? Naquele fim de mundo? apesar de todas as cidades do oeste serem um fim de mundo.

História

 
A mitica "catedral" de Arabutã

A história começa com a inauguração de uma ferrovia que ligaria todo o Sul do Brasil, como lá era uma nova cidade e todos queriam ter um fim diferente a maioria foi para lá. Para falar a verdade, nem todos queriam ter um fim diferente, mas seja como for, teve pobres coitados que foram para lá.

Deve ter sido o município mais velho de todo o oeste catarinense: criado em 1912, a velha maria fumaça foi uma revolução para a região, todos os habitantes do local (de presidiários à índios) falaram que finalmente o município ia crescer.

Foi então que junto com o trem veio o primeiro padre da região que rezou uma missa campestre novamente. Construiriam uma igreja em 6 meses e seria a igreja da foto ao lado que chamariam de "Catedral". Seja como for, a cidade estava crescendo até o momento.

Chamou bastante atenção de pesacadores de Piratuba e Dionísio Siqueira que viram que nos vales verdes e quentes não brotavam mais peixes, eles também buscavam uma vida melhor... E sem trabalho já que não existem escolas em Arabutã.

OLHA O NOME! Por isso não tem escolas por lá. Um dia então, a unica ligação da cidade com o mundo exterior , a velha maria-fumaça, acabou sendo soterrada por um deslizamento de terra (de novo?) e assim bloqueou Arabutã do mundo.

Várias pessoas começaram a cultivar o que podiam, mas a terra era muito pobre, o único padre da cidade fugiu, agora não tem mais padre o lugar e até hoje eles pensam que estão bloqueados do mundo. Quando algum meio televisivo ou federal chega à cidade ela parece mais uma cidade fantasma.

Pelo jeito, os habitantes de Arapurã já devem tê-la abandonado faz tempo, por isso que não tinha ninguém por lá.

Turismo

TURISMO EM ARAPURÃ? HHAHAHAHAHAH, o único turismo de lá é o de poder ver como é uma cidade abandonada e ser deixado por lá mesmo, a velha maria-fumaça está lá como sempre, tombada e soterrada e nenhum sinal dos habitantes. Parece mais Silent Hill brasileiro.

A diferença é que dessa vez não tem estrada e os monstros são Leões Baios. Seja como for, esse pequeno lugarejo foi emacipado de concórdia, que pelo jeito não queria manter uma parte "imaginária" de seu município.

Ainda há informações falsas que o lugar produz bastante milho. É, milho não falta em lugares abandonados.

Uma vez por ano aparecem pessoas, não se sabe de onde, para reunirem-se e comemorar o aniversário do município com bastante cuca e tripa grossa.

Como chegar

De helicóptero, deixado por lá, fazendo uma dura escalada na cadeia da panela natural e achando a cidade, é até histórico vê-la de perto, várias pessoas vão até lá e nunca voltam, não se sabe porque.

E por fim se perdendo, que de alguma forma você encontra a cidade perdida do oeste catarinense.

Mas cuidado: quando você conseguir chegar lá, não ande muito!!! Poderá passar pela cidade sem perceber.