Abrir menu principal

Desciclopédia β

Arroio do Padre

Gnome-searchtool blue.png Arroio do Padre é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Todos os carros daqui foram fabricados na década de 1990 ou antes.

Sciences de la terre.svg.png
Um dia feliz e sem graça em Arroio do Padre.

Arroio do Padre é uma das menores e mais isoladas cidades do Rio Grande do Sul, emancipada após uma violenta disputada com Pelotas, que foi decidida no Par ou Ímpar.

Nenhum dos moradores locais fala português, apenas usam um dialeto alemão (já extinto na Alemanha), o Plattdeutsch.

Índice

HistóriaEditar

Origem da denominaçãoEditar

O nome do antigo distrito, hoje vilarejo município, Arroio do Padre advém do nome do primeiro administrador de Feitoria – o padre Francisco Xavier Prates, que ao se perder da expedição dos irmãos Villas-Boas, encontrou uma tribo de índios canibais, os Tupi-Pomerã. Seu irmão era proprietário da região da "cidade" de Canguçu, da ilha hoje da Feitoria e de todo o ainda hoje primitivo Rincão do Canguçu, a concluir-se de mapa elaborado por Alberto Coelho da Cunha, refletindo as sesmarias concedidas em Pelotas. O padre Prates era cunhado do então tenente-coronel Manuel Marques de Sousa, herói por expulsar um bando de espanhóis da Vila de Rio Grande em 1º de abril de 1776.

PolíticaEditar

A cidade é nacionalmente reconhecida por ser um dos últimos redutos de resistência ao Lullanato, já que em 2006, foi o município brasileiro no qual o presidente Lula teve a menor votação (apenas 11,4%). Em 2002, o município já havia desafiado o Estabilishment chamado a atenção do país por garantir ao candidato a governador Germano Rigotto a maior votação do todo o Rio Grande do Sul no segundo turno, com 84,7% do total de votos, contra 11,2% do candidato do PT, Tarso Genro. Naquele mesmo pleito, o candidato a presidente José Serra (PSDB) recebeu 79,7% do total de votos, e Lula, 15,8%. Lulla nunca perdoou a cidade que nunca antes na história desse país, o havia desafiado de forma tão insolente. Também é conhecida pela ausência completa de católicos, somente há evangélicos, de padre só tem o nome.

 
Arroio do Padre conta com uma malha viária muito bem conservada

Ver tambémEditar