Abrir menu principal

Desciclopédia β

Artemis (Sailor Moon)

{{#logotipo:http://images.uncyc.org/pt/4/4a/Gato1.png}}

PeterFurryGabriel.jpg Este artigo foi escrito por furries!!

Por isso, é possível que ele contenha referências a raposinhas, Pokémons ou até mesmo Ursinhos Carinhosos sendo sodomizados por cavalos. Caso você tenha medo de furries, arme-se com um lança-chamas e NÃO leia a pagina abaixo.

Gabriel Pensador.gif MIAU, MIAU, MIAU, WARRY ME SAUL...

Este artigo tem gato dando o que falar. Se você tem alergia a gatos, não leia este artigo!

Coma todo o seu brócolis!
Artemis
ArtemisGatinho.PNG
Nome Artemis
Profissão Gato Lunar
Hobbie Ser cheirado
Elemento Lua (o lado branco)
Religião Espiritismo
Frase Favorita "Temos que achar a Princesa da Lua!"
Rival Todos que ameaçem as Sailor Guerreiras

Cquote1.png Você quis dizer: Ártemis? Cquote2.png
Google sobre Artemis (Sailor Moon)
Cquote1.png Você quis dizer: Sesshoumaru? Cquote2.png
Google sobre Artemis (Sailor Moon)
Cquote1.png Experimente também: Deusa da Lua Cquote2.png
Sugestão do Google para Artemis (Sailor Moon)
Cquote1.png Miau! Cquote2.png
Artemis sobre qualquer coisa
Cquote1.png Artemis, faça alguma coisa! Cquote2.png
Luna sobre Artemis não fazer porra nenhuma
Cquote1.png Sailor Vênus! Cquote2.png
Artemis chamando sua melhor amiga

Índice

ApresentaçãoEditar

Artemis é o segundo gato lunar a aparecer no mangá/anime bishoujo/yuri Sailor Moon, sendo este um companheiro exclusido de Minako Aino (a Sailor Venus, caso você ainda não tenha descoberto o óbvio só porque ela usa uma máscara quando é a Sailor V), assim como a sua affair furry Luna é da Bishoujo Senshi Usagi Tsukino (ou seja, da Sailor Moon, propriamente dita).

Apesar de ser um gato branco, com jeito de ser fêmea, além de ter o nome de mulher e uma tatuagem super fashion na testa em formato de uma lua crescente, Artemis é um gato varão e odeia ser confundido com uma felina. Era um antigo morador do extinto Milênio de Prata, onde vivia uma vida pacífica como puxa-saco conselheiro real da Rainha Serenity. Depois da destruição da budega, foi mandado para a Terra em busca, primeiro, da líder das Sailor Guerreiras e depois da Princesa da Lua, a Princesa Serenity.

Milênio de PrataEditar

 
Expressão de Artemis ao saber que terá um artigo na Desciclopédia.

Durante a época do Milênio de Prata, que foi quando o Povo da Lua dominou o Povo da Terra (nem sabia que isso já tinha acontecido, mas tudo bem), Artemis foi convocado para ser o conselheiro real da então Dona da Lua, Rainha Serenity (que de serena não tinha nada além do nome). Por ser um raro gato branco falante (WTF?), Artemis falava mais do que papagaio em feira de peixe, deixando a Rainha tão estressada que somente uma cheirada nele a aliviava (se só ele não bastasse, ela também podia cheirar Luna, que não via problemas nisso).

Luna, sua admirável gata gostosa, era a melhor amiga da Princesa Serenity, sendo que a Princesa, em um ato totalmente preconceituoso, não ia muito com a cara de Artemis, por não gostar de nada branco, preferindo luna que era negona. Por ser totalmente deixado de lado pela herdeira do Trono da Lua, Artemis acabou virando amigo de outra loira, sendo essa a Sailor Venus, a líder das Sailor Guerreiras, que eram as seguranças pessoais da Rainha e da Princesa Serenity.

 
  Putz, Luna, melhor sairmos daqui ou vai sobrar pra gente!  
Artemis sobre o ritual de destruição da Rainha Serenity

A Princesa Serenity se apaixonou por Príncipe Endymion, o futuro Dono da Terra, com o qual não poderia ter um relacionamento, haja visto a distância da Terra e da Lua, o que abria brechas para um belo par de chifres em alguém. Para que nenhum dos dois se machucasse, achavasse melhor que nenhum resolvesse continuar engajando nesse amor à distância. Mesmo que Luna mandasse Serenity fechar as pernas para Endymion e esquecesse o Príncipe, o amor da menina era maior do que qualquer coisa (ôxi, qui linduxxxx), o que fez com que acabasse rolando um sexo casual beijo, durante uma festa de arromba que rolava na Lua (porra, só um beijo?).

Rainha Beryl, uma doida que morava na Terra e amava Endymion, ao saber disso ficou puta da vida, promovendo uma verdadeira guerra entre o Planeta e seu Satélite Natural. Endymion descobriu essa puta falta de sacanagem e decidiu contar tudo para a sua mãe à Serenity, para que a mesma pudesse contar para a Rainha e tudo fosse parado rapidamente.

 
Cada um foi para terra em sua cápsula particular, se bem que Artemis adoraria ter ido na mesma cápsula que Luna.

Infelizmente a fofoca chegou muito tarde, pois Beryl formou a então sombria Dark Kingdom e, junto com a sua força do mal, Rainha Metaria, decidiu promover a briga entre terráqueos e lunáticos. Assim que a organização do mal começou a rumar para a Lua (como se o nosso satélite ficasse logo na esquina e não extra-terra), Artemis e Luna foram os responsáveis por contar todo o babado para a Rainha Serenity, que rumou para a batalha, mesmo estando em roupas de festa.

Ao ver todas as suas guarda-costas mortas, Rainha Serenity ficou puta da vida, mas ao ver sua filha e seu futuro genro serem assassinados na sua frente, ela perdeu as estribeiras e lançou mão da sua maior arma, o Cristal de Prata. Dizendo Moon Realing Escalation, Serenity owna a todo mundo da Lua, incluindo ela mesma, sobrando somente Artemis e Luna como testemunhas da destruição da Rainha. Como brinde pela sobrevivência, Rainha Serenity envia os dois para a Terra, para que busquem as reencarnações de sua filha e das Sailor Guerreiras, para que ela possam, juntas, punir Beryl em nome da Lua caso ela resolva voltar algum dia.

Sailor VenusEditar

 
Sailor Venus gorda e Artemis.

Ambos os gatos foram enviados juntos para o Planeta Terra, porém em Cápsulas Hoi-pois diferentes (para que não se distraíssem durante a viagem), mas acabaram caindo em locais diferentes e não mantinham contato um com o outro (ou ao menos era o que pensavamos). Artemis ficou responsável por achar a líder das Sailor Guerreiras, que muita gente pensava ser a Sailor Moon, mas que não passava da Sailor Venus, pois a Sailor Moon nem uma guerreira deveria ser, já que é a Princesa Serenity e deve ser a protegida de todos e não uma lutadora.

Para Luna ficou a tarefa mais difícil, achar a Princesa Serenity que poderia ser qualquer uma das mulheres japonesas, contanto que fosse loira. Durante a sua busca por Sailor Venus, Artemis, que tinha perdido boa parte da sua memória com a vida para a Terra (sabe-se lá por que), recupera uma parte dela e consegue achar facilmente Minako Aino, que seria a reencarnação da Sailor Venus. Para que Minako acreditasse que ela realmente era uma Sailor que antigamente morou na Lua, foi tão complicado quanto explicar para Usagi que ela era a Sailor Moon (sabe como é, loiras são realmente burras lentas para pensar).

 
Sailor Venus em uma sessão de cheiramento de Artemis.

Depois de aceitar a sua condição de Sailor e líder de uma manada de putas pagas Guerreiras Planetares, Sailor Venus começou a abusar de seus poderes e se transformou em uma super-heroína. Não, ela não ficou viciado em nenhuma droga, a heroína que falo é em uma protetora dos frascos e comprimidos fracos e oprimidos. Ela bancava a Boa Samaritana (se bem que boa ela realmente era) se denominando Sailor V, prendendo bandidões, salvando o dia e ganhando uma publicidade que nem mesmo a Sailor Moon conseguiu, mesmo sendo a protagonista do anime.

Ela foi a primeira Sailor Guerreira a surgir e a primeira a sair em busca da Princesa Serenity, se bem que ela nunca conseguiu isso e foi a última Sailor a se unir ao grupo composto por Sailor Moon, Sailor Mercury, Sailor Mars e Sailor Jupiter. Durante todo esse tempo, Artemis vivia repassando informações para Luna sem que a gata soubesse que seu informante se tratava do seu bendito affair na Lua, sendo que as informações eram passadas via bluetooth através de um Chat numa máquina de fliperama da Sailor V (nesse tempo não se conhecia o MSN ainda).

 
Artemis espantado no dia em que Luna descobriu que era ele quem vivia lhe dando ordem pelo fliperama da Sailor V.

Durante o duelo contra o penúltimo dos Quatro Generais da Dark Kingdom, a bibinha alegre Zoisite, finalmente aparece Sailor V, em todo o seu esplendor, acompanhada de Artemis, que finalmente pode matar saudades de Luna com uma boa noite de sexo animal conversa. A gata então finalmente descobre que o seu informante não era nada mais e nada menos do que Artemis, ficando muito mordida com ele, pois bem que ele poderia ter se revelado antes e adiantado o serviço de procurar a Princesa a mais tempo, ao invés de ficar dando ordens pra ela de como proceder em achar a bendida reencarnação da Serenity.

Foi Artemis e Luna que acharam uma entrada para o esconderijo da Dark Kingdom, localizado no Polo Norte, lá no Japão (WTF?), onde não puderam mais prosseguir e somente esperavam o retorno das meninas, que infelizmente morreram todas e, com o poder do Cristal de Prata, reencarnaram (de novo?), mas não se lembravam mais quem era quem e assim viveram até a segunda temporada do anime e assim suscessivamente.

A verdadeira face do GatoEditar

 
O Cosplay de Artemis em sua forma humana.

Mesmo que não tenha aparecido nenhuma vez sequer no anime (e nunca aparecerá, já que o anime faliu acabou faz tempo), no mangá, Artemis, assim como Luna aparece em alguns fillers e filmes quando o pessoal realmente quer vender alguma coisa, também tem uma forma humana, o que causa uma coisa realmente furry em todo o bendito desenho nipônico. De cabelos prateados, olhos azuis (algumas vezes desenhado como se fossem verdes), branco e com uma marca de lua crescente na testa (isso sempre tem que estar presente), Artemis se parece mais com o Sesshoumaru de Inuyasha do que com um morador do extinto Milênio de Prata.

Além disso, ele faz coisas "tão importantes" quanto a Luna em sua forma humana, ou seja, literalmente porra nenhuma. Mesmo assim, todo mundo acha ele super fodão quando aparece, como se fosse realmente ele quem salvasse o mundo por aquelas bandas, mal sabem as gurias retardadas que o objetivo da criação da forma humana de Artemis é somente para vender mais mangás do que para promover a força de um gato que não faz nada do início ao fim do anime.

 
Luna e Artemis tentando arrecadar fundos para o anime que estava quase falindo, transformando-se em humanos.

Luna também não tem porra nenhuma de poderes em sua forma Live Action, fazendo assim uma parceria perfeita para Artemis quando o mesmo está em sua forma humana (apesar de que os dois nunca ficaram em suas formas humanas em um mesmo episódio). O gato branco sempre foi apaixonado por Luna, mas a gata preta nunca deu tanta bola assim pra ele, tentando dar uma de difícil e bancar a gostosona do anime. Mesmo com toda a sua dificuldade (chegando até a levar uma galhada em um filme) Luna não conseguiu segurar o seu cio mensal e Artemis finalmente pode comer ter um caso com Luna, o que acabou gerando a gatinha Diana, que virou parceira de guerra de Sailor Chibi Moon.

Com o passar do tempo, a coisa entre os gatos foi caindo ainda mais na rotina e hoje eles, com certeza, devem estar separados, com divisão total de bens e brigando na justiça para ver quem vai ficar com a guarda de Diana (se bem que nenhum deles que isso). Tudo isso porque eles quiseram ser gatos e humanos ao mesmo tempo, agora, aguentem as consequencias disso (MWAHAHAHAHAHA!).


 
Artigo aprovado pela Sailor Venus!

Ver tambémEditar