Abrir menu principal

Desciclopédia β

Artigo (gramática)

Artigo é uma pequena partícula utilizada em países de língua transexual como a língua portuguesa no Brasil. No inglês por exemplo, eles só usam o "the" pois são todos assexuados.

É a classe gramatical mais inútil de todas, facilitaria muito se nem existisse, ninguém daria falta, mas como a maioria da população tem crises de sexualidade, gostam de se auto-afirmar seja no masculino como no feminino.

Os artigos flexionam-se conforme o gênero e número dos substantivos podendo variar entre masculino, feminino, gay, lésbico, curioso, transexual, hermafrodita, simpatizante, bissexual, travesti, transgênico, drag queen ou sapatão.

Artigos definidosEditar

 
  A/O/Um/Uma Patrícia Araújo é uma cilada  
Artigo indefinido transsexual pode usar qualquer gênero à sua escolha.

Os artigos definidos são aqueles que definem a sexualidade de quem o artigo deseja definir:

  • O Ariadne cortou seu respectivo bilau fora.
  • Os feministas queimam sutiãs e não depilam as axilas.
  • A Justin Bieber canta mal pra porra.
  • As fãs de Restart xingam muito no Twitter.

Escrever estas frases de qualquer outra forma é uma afronta à correção gramatical.

Artigos indefinidosEditar

Quando o sujeito é de natureza indefinida, você não sabe quem é, então utiliza os artigos do seguinte caso.

  • Um Bill Kaulitz não tem senso do ridículo.
  • Uns seguidores de Marilyn Manson cortaram os pulsos.
  • Uma francês comeu baguete com vinho.
  • Umas emos viraram coloridos.

Artigos preposicionadosEditar

  • Gaytivo
Você depilou o sovaco.
  • Putivo
Tua mãe é gorda mas pego mesmo assim.
  • Inexistivo: (preposição "de")
Eu vim do Acre.
  • Emotivo: (preposição "em")
Eu fui em-o(no) baile GLS.
  • Craseativo: (preposição "a")
A crase é tão filha da puta que nem exemplo vamos dar.
  • Chewbacativo: (preposição "por")
Eu estou com pelo no nariz.