Abrir menu principal

Desciclopédia β

As Vinhas da Ira (filme)

Vinhas da Ira, ou As Vinhas da Ira é um filme da época do onça, quando a Segunda Guerra Mundial não era divertida e tinha um maluco solto por aí matando Judeus da mesma forma que a polícia de São Paulo mata os Corinthianos envolvidos no tráfico.

Não é á toa que poucas pessoas conhecem a história por trás de "Vinhas da Ira". Poucas pessoas durante as seções nos cinemas chegaram a ver o final deste filme que foi considerado medíocre, embora o diretor John Ford teve bastante coragem em fazer um filme todo cagado com um orçamento de 750.000 em apenas 7 semanas.

Índice

DireçãoEditar

 
Caipiras de Vinhas da Ira, comendo o último pão mofado que acharam no chão antes de saírem em busca de uma vida melhor.

A direção do filme ficou encarregada por John Ford, um cara que dava uma de malandro e gostava de aplicar golpes nos professores da faculdade onde estudava Artes Cênicas para se tornar diretor. Após ele perceber que a vida de golpista não era nada fácil e que ele poderia acabar virando gay e simulando a morte dele várias vezes.

John Ford então decidiu aplicar um calote na IMDb, uma das "coisas" que chamam de estúdios que cedeu 750.000 dólares para John Ford produzir "Vinhas da Ira".

CustosEditar

 
Padre que não parece padre de Vinhas da Ira. O país estava tão depressivo na época que isso afetava até mesmo a taxa de reprodução no país.

Segundo o relatório que a IMDb acabou recebendo após o filme ser lançado nos cinemas, John Ford usou apenas 10.000 dólares do dinheiro com atores, produção, edição e no roteiro. O restante do dinheiro foi gasto em um Bugatti e em uma operação para o aumento dos seios da esposa do Diretor. E para apenas fechar com chave de ouro, o filme levou apenas 7 semanas (em torno de 1 mês e meio) para ser produzido e lançado nos cinemas.

Se "O Grande Ditador" é um clássico do cinema por causa de um dos personagens mais consagrados de Chaplin ter aparecido no filme, "Vinhas da Ira" é um clássico do cinema por ser o filme mais cagado da história.

SinopseEditar

O filme conta a história de uma família de caipiras que sobreviviam do plantio de vinhas e que foram expulsos do Oklahoma após o filho mais velho ter engravidado a filha do coronel das redondezas. Então a família vai até a Califórnia procurar mais oportunidades para descobrir que aquele lugar tava pior do que em Oklahoma

P.S: Perceba que a sinopse é isso mesmo. Se quiséssemos poderíamos ter compactado mais ainda, já que o filme tem uma trama simplória com atores canastrões e mesmo assim fez "sucesso"

PrêmiosEditar

  • Vinhas da Ira ganhou Oscar de melhor diretor de 1941 (isso foi só para puxar o saco de Ford).
  • Jane Darwell ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante de 1941 pela atuação em Vinhas da Ira (isso foi pelas cenas de nudez).
  • Henry Fonda foi indicado ao Oscar de melhor ator de 1941 pela atuação em Vinhas da Ira (isso nunca foi bem justificado... Talvez algum juiz cheirado).
  • Vinhas da Ira concorreu em mais 3 categorias, como melhor roteiro, melhor montagem, melhor som e melhor filme. E aí você pergunta: "como um filme com um roteiro tão simples conseguiu ser indicado a tantas coisas?", a resposta é óbvia, já que o cinema era algo novo na época e qualquer merda que fosse lançada impressionava.