Abrir menu principal

Desciclopédia β

Associação dos Estados do Caribe

A Associação dos Estados do Caribe, AEC, é um complô criado por Fidel Castro para conseguir fazer Cuba viver de bananas e medalhas de ouro.

História e AtribuiçõesEditar

 
Fidel Castro e seu aprendiz Hugo Chaves, precursores e idealizadores do bloco econômico.

Fundada por Fidel Castro durante a Guerra Fria para encher o saco dos Estados Unidos (seu passatempo predileto) criando blefes de supostas orgivas nucleares residirem em seu solo, a AEC era uma maneira do governo de Cuba conseguir eficientemente suprir necessidades de lojística para tal afronta, como ter locais para enterrar tesouros, ou abrir cassinos, ou mesmo criar algum resort paradisíaco, coisas que não davam para ser feitas no solo cubano.

A AEC foi criada oficialmente apenas em 1994, quando Cuba estava começando a agonizar com o fim do dinheiro russo, que notou na maior roubada que se meteu ajudando aquela ilha.

Com um exército guerrilheiro meio boliviano, meio argentino e meio cubano, Cuba subjulgou todas as ilhotas a sua volta e as obrigam a ajudar seu país na moita.

A sede da associação se localiza em Havana, Cuba.

Países MembrosEditar

Territórios Associados (que fingem que gostam de Cuba)Editar

  • Qualquer colônia europeia do Caribe.

Organizações Internacionais
v d e h

Blocos económicos: AECALBAALCAAPECASEANCAFTA-DRCANCAOCARICOMCEDEAOCEEACEEACCEIMercosulNAFTAOCDESADCUAUEUMAUNASUL

Outras panelas: BRICSCOICommonwealthCPLPCruz VermelhaEixo do MalFIFAFrancofoniaG1G3G4G5G8G20G77G193GAAAAALiga ÁrabeOPEPOTAN