Abrir menu principal

Desciclopédia β

Auloníade

Auloníades eram ninfas associadas aos pastos dos vales das montanhas. A mitologia grega era tão recheada de putaria e de ninfas, que elas existiam em qualquer lugar, até nessas montanhas onde só viviam pastores lá estavam as ninfas auloníades.

AtividadesEditar

 
Uma auloníade dando mole para o Orfeu.

As auloníades passavam a vida nas montanhas dançando ao som da flauta do seu pai , onde faziam sucesso entre os aventureiros tarados oferecendo programas de graça. A realidade é que essa fantasia foi uma invenção bem bolada para disfarçar o tráfico de prostitutas no antigo Peloponeso.

De acordo com os contos, as auloníades condenavam as pessoas que consumissem buchada de bode transformando-as em cabeças quadradas. São também as grandes responsáveis por introduzir a zoofilia na cultura grega (e do restante da humanidade por conseguinte), pois comumente, enquanto estavam sendo fudidas nos seus campos dos vales das montanhas, gostavam de se transformar em cabras quando alguma pessoa se aproximava, acabando com a reputação do mané que a estivesse comendo.

Auloníades famosasEditar

Eurídice foi a mais famosa auloníade, uma puta particular do herói Orfeu que passava o dia dando a bunda pra ele de acordo com os textos da Odisséia. Eurídice foi perseguida pelo tarado do Aristeu, que por estar nu e com as partes balançando, foi mais lento e não a conseguiu alcançar. A esposa de Aristeu que a toda essa merda assistiu, a ninfa Cirene, se transformou numa serpente e matou Euridíce. Na verdade, isso não passa de enredo de novela mexicana.