Abrir menu principal

Desciclopédia β

Romanopre.jpg ROMANI ITE DOMVM!!!

HÆC ARTICVLVS ROMANVM EST. LATIM LOQVÆBITVR. NON INTERLEGIT? HVMORIS PRIVATVS NON EST. MVITISSIMVS ENGRAÇATVS! SED ROLA MEAM VADE MAMARE! VADE FŒDERE CVM PORRIBVS NOSTRVM.

Spqrpre.jpg
Aureliano mais jovem, quando se fingia de ricasso.

Lúcio Domício Aureliano foi um imperador romano metido a playsson, pois era um pobretão que se fingia de ricasso.

HistóriaEditar

Caro nasceu na Dácia, pelo menos é o que tudo indica, já que ele mandou falsificar sua origem só pra não se parecer com Sílvio Santos.

Ele conseguiu virar um general graças aos boquetes que ele pagava aos seus superiores do exército romano, e assim foi eleito após a morte de Cláudio II o generalzão. Nas finais da Copa de 270, fez uma campanha incrível contra os Vândalos, Jutungos, e Sármatas, vencendo todas as partidas e se sagrando campeão da taça Julis Rimet.

ImpérioEditar

 
Aureliano com sua cara de cansado

Aureliano se tornou o rochedão depois dessas campanhas, se sagrando imperador e dono de Roma após isso. Derrotou os alamanos de novo, na batalha do feno, em 271, e seguiu-se num incrível domínio sem precedentes.

A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Aureliano.

Mas ao voltar ao seu aconchego trazendo na mala bastante saudade e querendo um sorriso sincero, um abraço para aliviar seu cansaço, Aureliano foi confrontado com uma revolta dos funcionários do Banco Central e da Casa da Moeda, responsáveis pela cunhagem da moeda. Após suprimida a revolta, que suspeitava tivesse sido instigada pelo Senado Romano, retirou deste o direito de cunhar moeda — multiplicando, no processo, o número de oficinas de cunhagem nas províncias, o que facilitava a falsificação ao extremo — e começou então a fortificar Roma com novas muralhas, cujos remanescentes ainda hoje existem, embora completamente fodidos.

Em finais de 271 a cidade de Palmira (Síria), declarou sua independência no reinado de Galieno. À sua frente estava a rainha Zenóbia, que tinha conquistado também o Egito e ameaçava avançar sobre a Ásia Menor até ao Helesponto. Aureliano jogou todo seu charme e conseguiu conquistar Zenóbia, que se rendeu aos braços dele.

No ano seguinte, em 272, combateu tribos de góticos no Danúbio. que estavam infestando o império com The Cure e Evanescence, fazendo muitas vítimas fatais que se suicidavam ouvindo a porra das músicas deles.

Aureliano inventou o Real, uma moeda que até hoje não serve pra merda nenhuma.

MorteEditar

Depois de enfrentar mais de mil inimigos e vencer todos, Aureliano foi morto por... UM RELES ESCRAVO! Sim, que fracassado, tantas vitórias e morre diante de um escravo. Mas é assim mesmo, no império romano, dificilmente você escapa. Por isso, da próxima vez que disser que queria ser um imperador romano, pense duas vezes e veja quantos que foram pra puta que pariu. Bem, você um dia vai também mesmo...


Precedido por
Quintilo (quem?)
 
Imperador Romano

270 - 275
Sucedido por
Tácito (quem?²)


Imperadores Romanos

Júlio-Claudianos
Otávio AugustoTibérioCalígulaCláudioNero

Guerra Civil e Flávios
GalbaÓtonVitélioVespasianoTitoDomiciano

Antoninos
NervaTrajanoAdrianoAntonino PioMarco AurélioCômodo

Severos
PertinaxDídio JulianoSétimo SeveroCaracalaMacrinoHeliogábaloAlexandre Severo

Zorra Total ou Quem der mais leva
Maximino TrácioGordianos (I, II e III)Filipe ÁrabeDécioTreboniano GaloValerianoGalienoCláudio II GóticoAurelianoProboCaroCarino

Tetrarquia e Constaninianos ou Agora somos cristãos, Amém!
DioclecianoConstantino MagnoConstantino IIConstanteMagnêncioConstâncio IIJuliano ApóstataJoviano

Valentinianos e Teodosianos ou Corra que os bárbaros vêm ai
Valentiniano IValenteValentiniano IITeodósio MagnoHonórioConstantino IIIValentiniano IIIPetrônio MáximoÁvitoMajorianoLíbio SeveroAntêmioOlíbrioGlicérioJúlio NeposRômulo Augustulo