Abrir menu principal

Desciclopédia β

180314 10150093294026158 8104797 n.jpg

"Vai tomar no cu", em árabe
Brimo, este artigo é árabe!
Se você confunfir árabes com persas, terá a casa varrida do mapa por um 747-400.


Bābil é um governorado com um mapa em forma de frango assado, localizado no interior do Iraque em uma zona incrivelmente inóspita, a região é conhecida por Platão como Babilônia (atual Palestina), é uma região famosa foi nasceu, onde nasceu os pecadores Adão e Eva.

HistóriaEditar

 
O Palácio onde vive o rei de Bābil.

Banhado pelo Rio Eufrates, a região de Bābil é um importante marco histórico da humanidade, foram em suas vastas bibliotecas que foram escritos diversos livros sagrados, como a Bíblia, o Hare Krishna, o Evangelho Segundo o Espiritismo e o rascunho do Kama Sutra. Em Bābil que erguem-se majestosamente grandes construções da humanidade, como a Torre de Babel (o maior prédio do mundo) e os Jardins Supensos da Babilônia, que após a Guerra do Golfo estão mais para "Jardins Caídos da Babilônia".

Bābil foi fundada por Nabucodonosor durante as Guerras Clônicas de muito, muito tempo atrás.

Mas somente durante o reinado de seu neto Hammurabi que a região começou uma grande expansão militar, até ser derrotado pela legião de Alexandre, o Gay e os hebreus escravizados no Egito. Bābil torna-se uma lenda, mas um visionário, charlatão e maluco chamado Moisés acredita na existência da terra dos hebreus e organiza uma revolta no Egito libertando e abolindo a escravatura após matar o filho do faraó. Bābil foi reconstruída, mas quando um profeta chamado Jesus Cristo nasce em Jerusalém, Bābil cai no esquecimento outra vez.

Durante as Cruzadas, Rei Arthur aliado a George H. W. Bush proclama o jihad e ordena a destruição total de Meca, Jerusalém e Bābil, como os cruzados não conseguiram passar de Israel, Bābil ficou a salvo, mas poucos anos depois, por causa da Guerra do Golfo Bābil é completamente destruída, incusive a Torre de Babel e os Jardins Suspensos da Babilônia que explodiram sem deixar vestígios, após a vitória ocidental, de acordo com o Tratado de Versalhes, Bābil foi vendida por 50 dólares para o Saddan Hussein.

No século XXI, após Osama Bin Laden fazer merda em Nova York (Cidade dos Cães Infieis, na Mitologia Árabe), Bābil é conquistada pelo exército americano que expulsa os piratas somalis que ali ocupavam.

GeografiaEditar

Ver TambémEditar