Abrir menu principal

Desciclopédia β

Baliza

Baliza é uma porcaria de cidade em algum canto do estado de Goiás, que você se lembra apenas quando consulta uma auto-escola.

Índice

EtimologiaEditar

 
Um carro de Baliza.

Segundo o dicionário Aurélio, Baliza são dois pedaços de pau no chão, na qual você deve estacionar seu carro entre eles. Coisa que só um asno não conseguiria fazer, né?

HistóriaEditar

Em 1924, dois garimpeiros da Bolívia chamados Cosme e Borges, perdidos no meio do mato, chegaram ao estado de Goiás procurando alguma pedra que tivesse valor. O que bastou para que nordestinas solteironas trouxesse seus 21 filhos e iniciassem um povoado que foi batizado com o nome de Baliza, uma grande pedra onde os moradores jogavam truco. Em 1936, conseguiram a emancipação do reino de Caiapônia, tornando-se um município. Como o garimpo não estava rendendo, os habitantes do local fugiram dali para Goiânia e Baliza foi totalmente esquecida, se reduzindo a uma vila de chupa-cabras e orcs.

EconomiaEditar

A economia de Baliza é totalmente agrícola. Os principais produtos exportados são banana e madeira dura, o que corresponde a 0,1% da renda do estado.

SaúdeEditar

A saúde pública em Baliza é algo que não existe. Não há um único hospital por lá, o que obriga seus poucos habitantes a migrar para a capital ao menor sinal de gripe.

PopulaçãoEditar

Baliza tem uma população de 3.300 habitantes humanos, 62.000 cabeças de gado e 98 tratores que garantem o transporte para os hospitais da capital.