Abrir menu principal

Desciclopédia β

Banco Central

Banco Central é um órgão financeiro responsável por toda a grana que um país tem, pediu emprestado pro FMI ou que imagina ter. O órgão é o dono do dinheiro de um país, quem decide o tamanho das taxas e através disso, decide também se o país vai ser uma Suiça ou apenas um Brasil[1].

Os bancos centrais são os verdadeiros órgãos que elas adoram e foram a eles que a frase "tamanho não é documento" estava se referindo, já que a sede do banco central japonês, é ridículo se comparado a torre do BC europeu, mas ambos conseguem dar prazer da mesma forma.

HistóriaEditar

 
Imagem de um banco central

Em tempos remotamente longínquos, em 1000-e-seicentos-anos-depois-de-cristo, os Ingleses (sempre eles...) resolveram criar um órgão pra sair baixando a cobrança de juros. Antes tudo que era feito via escambo passou a ser feito em troca de pequenas moedas cunhadas a ouro de verdade (não com essa porcaria de que são feitas hoje). Então os ingleses resolveram instituir uma organização que fizessem as moedas pra aquele povo e em troca teria o monopólio de todas as riquezas nacionais.

É claro que o modelo inglês criado, apesar de monopolista (como qualquer coisa americana), ele não era burocraticamente burocrático, igual a Wikipédia ou qualquer coisa brasileira. A criação inglesa era semelhante aos princípios de um call-center: Você, cliente, não encha meu saco que eu te deixo em paz também. Claro que isso nunca dava certo, pois assim como no SACº, no sistema bancário inglês sempre tinham algum servo camponês que não sabia gerir bem seus ½m² de terra e acabavam falindo (ou morrendo), o que no fim sempre acabava sobrando pra instituição financeira. Essa agonia bancária continuou até a instituição dos juros bancários e dos contratos.

Voltando a história, depois da criação da instituição bancária por parte dos ingleses, como de praxe, o mundo passou a copiar esse "modelo de gestão".

AtribuiçõesEditar

Um banco central tem como única e exclusiva atribuição mandar todo mundo tomar no cu. Mas isso pode se dar de diversas maneiras, como aumentando a taxa de juros depois de uma recessão e antes que todo mundo tire seu veículo em prestações a perder de vista, deixar a moeda local se desvalorizar tanto a ponto de qualquer mochileiro que tenha alguns dólares poder comprar a maior empresa do país ou simplesmente parando de emitir papel moeda.

É no banco central onde normalmente está o Currency Board, o responsável por manter um iene tão desvalorizado se comparado ao real, que por sua vez vale muito pouco se comparado ao dólar, que vale muito pouco se comparado ao euro que vale quase nada em libras [...].

Bancos Centrais NotóriosEditar