Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Abecásia

Bandeira da Abecásia é o símbolo máximo da tentativa de abecásios em criarem um novo país, ainda mais inútil, no meio do Cáucaso.

Abecásia
Birdhand-flag.png

HistoriaEditar

 
Bandeira fincada em Sukhumi em 1993. A foto é só uma simulação porque não se sabe se a Abecásia existe ou não (é o mesmo fenômeno que acontece com o Acre).

Após o pau escroto de 1992 — 1993 que terminou com a vitoria da Abecásia, os abecásios, realmente acreditando que vencer uma guerra é o bastante para criar um país, já foram logo criar a sua própria bandeira. A bandeira foi então fincada pela primeira vez na capital Seucuzinho em 1993.

A ONU não reconhece o país, não apenas por causa da sua estranheza, mas também pela agressividade de sua bandeira, mas a Russia reconhece a Abecásia só para contrariar a ONU e para conseguir mais aliados no Cáucaso (porque Azerbaijão e Armênia odeiam a Geórgia e vão apoiar qualquer coisa que fragmente ainda mais o vizinho). A Venezuela reconhece a bandeira da Abecásia porque é aliada da Rússia, e Tuvalu reconhece só porque quis.

Os principais fãs da bandeira são o Eminem (por causa do dedo do meio), os abecásios, os russos, o Vladimir Putin e o Darth Maul. Enquanto os principais haters dessa bandeira são a ONU, os armênios, os georgianos, os azeris, e pessoas frescas em geral.

SignificadosEditar

  Essa bandeira é muito agressiva!  
georgiano sobre a bandeira da Abecásia

  • Dedo do meio - Representa o povo abecásio puto com o povo georgiano
  • Vermelho - O sangue dos georgianos
  • Listras verdes - Tentativa de um daltônico em copiar a bandeira dos Estados Unidos, porque eles achavam que o país seria a maior potência do mundo após a independência, mas não conseguiu.

  Copiões  
Trump sobre a Bandeira da Abecásia

Evolução da bandeiraEditar