Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Albânia

Bandeira da Albânia (ou logotipo da Cavalera) é uma bizarra bandeira que parece uma flâmula de algum time de terceira divisão do campeonato inglês de futebol.

Albânia
Bandeira da Albania.png

CriaçãoEditar

A bandeira foi criada como conhecemos em 1478 patrocinado pela grife de roupas para o público emo Cavalera. O idealizador da bandeira foi Gjergj Kastriot Skanderbeg o fundador e primeiro dono da Cavalera na Albânia.

Antes disso, entre 1443 e 1478 o primeiro brasão foi um Bode bicéfalo porque foi montado em um desses que o herói albanês Kraksjov Novstirbty Skawrlvftorftj, mas como o animal morreu, foi trocado por uma águia bicéfala (o que não deixou de ser bizonho).

O Principado da Albânia (1920-(1925) fundado por flamenguistas teve sua bandeira pintada como rubro-negra, mas como se sabe os flamenguistas foram derrotados na Primeira Guerra Mundial e expulsos da Europa para favelas no Rio de Janeiro.

A nova bandeira do Reino da Albânia continuava com aquela águia bizarra, apenas com o adendo do Capacete de Skanderbeg (Smurf).

Já na ocupação italiana e posteriormente alemã, foram adicionados elementos da cultura desses países invasores em pequenas modificações, mas como ninguém sabia até então que a Albânia existia, não fez diferença.

Quando a União Soviética comprou a Albânia, até colocou a foice e martelo na bandeira, mas posteriormente ela foi retirada porque isso fazia mal para a moral dos comunistas.

SignificadosEditar

  • Vermelho - Representa o comunismo, motivo da Albânia ser um dos países mais ignorados e inúteis da Europa.
  • Brasão - A Águia Bicéfala representa o povo albanês, uma vez que todos na Albânia possuem duas cabeças.

Evolução da bandeiraEditar