Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Argélia

Bandeira da Argélia utiliza as cores pan-islâmicas verde, branco e preto que simbolizam respectivamente o charuto de repolho, o turbante e a barba.

Argélia
Bandeira da Argelia.png

Índice

HistóriaEditar

O primeiro rascunho de bandeira da Argélia foi desenhada em 1958, e não precisou de nenhum gênio para fazer um troço metade branco e metade verdade, bastou um giz de cera verde. Os responsáveis pela criação da bandeira foram a Frente de Libertação Nacional presidida por Zidane Tribal chefe dos berberes. Mas como não haviam panos para desenharem a bandeira, entre 1958 1962 (durante a Guerra da Argélia) a bandeira da Argélia podia ser representada por uma bandeira da França desde que estivesse em chamas ou pisoteada.

Bandeira atualEditar

Com a independência da Argélia em 1962 eles puderam adotar uma bandeira genuinamente própria, com o já convencionado formato metade verde, metade branco. Algumas fontes enganosamente adotam o crescente vermelho e a estrela vermelha como o símbolo central da bandeira, mas como isso remete aos turcos e a bandeira da Turquia, e os árabes odeiam ser confundidos com os turcos, é claro que o símbolo adotado é algo mais árabe, como uma bomba, por exemplo.

SignificadosEditar

  • Verde - Simboliza a diversidade biológica e a natureza que não existe na Argélia.
  • Branco - Simboliza a paz que não existe na Argélia
  • Vermelho - Simboliza o fogo bombas, única coisa que existe por lá, mas seria comunista demais ter uma bandeira só vermelha.

Evolução da bandeiraEditar