Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Armênia

Bandeira da Armênia (também conhecida como Եռագույն ou Yerrak'ouyn, que traduzido significa Lololol tricolor) é uma bandeira de três listras horizontais em vermelho cheguei, azul e laranja podre.

Armênia
Bandeira da Armenia.png

Índice

HistóriaEditar

Durante muito tempo diversas dinastias que dominaram o Cáucaso tinham suas bandeiras inspiradas em animais, geralmente bizarros sem cabeças ou de três patas, ou hermafroditas, ou emos, ou aberrações similares.

A primeira bandeira genuinamente armênia na verdade não foi armênia. Em 1885 um búlgaro chamado Alishan adorava aliche, mas os melhores aliches só eram encontrados no Azerbaijão. Em sua odisseia para o Azerbaijão ele acabou na Armênia (você acha mesmo que ele sabia a localização exata da porcaria do Azerbaijão? Na época não existia Google Maps ou GPS). O que importa é que ele foi o primeiro a criar uma bandeira para a Armênia.

Apenas em 1918, quando os armênios estavam começando a ficar com a auto-estima em baixa tamanha a inutilidade da Bulgária, o System of a Down desenvolveu uma nova bandeira para o país, mas que não durou muito até a chegada do Super Mario.

Durante o domínio soviético de Super Mario a bandeira armênia foi cagada e modificada diversas vezes só porque os russos tem como um de seus hobbies humilhar armênios.

Bandeira atualEditar

A bandeira atual foi adotada em 1991 por Sergay Idandropopovjiyan que aparentemente era fã da bandeira da Colômbia. A modificação foi autorizada pelo Soviete Supremo da União Soviética mesmo após a extinção da União Soviética, afinal não existia nada na Armênia que pudesse aprovar a nova bandeira. Qualquer criança pode desenhar essa bandeira.

A foice e o martelo estão até hoje lá porque ainda não existe algo na Armênia tão avançado como poder legislativo para regularizar estas coisas.

SignificadosEditar

  • Vermelho - Simboliza o sangue do Genocídio Armenio.
  • Azul - Simboliza o Mar Negro que os armênios tanto se orgulham como um oceano.
  • Laranja - Simboliza o damasco, única fruta capaz de crescer nos solos inférteis do país.

Evolução da bandeiraEditar