Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Guiné Equatorial

Bandeira da Guiné Equatorial composta por três listras verticais verde, branco (era para ser amarelo aqui, mas no dia que foram a desenhar pela primeira vez a canetinha amarela falhou e foi branco mesmo) e vermelho. Com um triângulo escaleno obtusângulo azul bem fora de moda à tralha. Há ainda a gravura de um belo brasão ao centro da faixa amarela branca.

Guiné Equatorial
Bandeira da Guiné Equatorial.png

Índice

HistóriaEditar

A primeira vez que algo bonito como uma bandeira chegou nas inóspitas paisagens equatorio-guineenses foi em 1926 com a criação da Guiné Espanhola, que além das cores vermelho e amarelo tipicamente do País Basco trazia ao centro um brasão guinéu-equatoriano como símbolo colonial.

Bandeira atualEditar

A independência veio em 1968 mas a bandeira veio com um delay de 10 anos só em 1979, porque como a capital da Guiné Equatorial é Tangamandápio, todos seus habitantes queriam evitar a fadiga na confecção de uma nova bandeira. O resultado foi essa mistura de bandeira italiana com triângulo.

A árvore cortada é o símbolo nacional do desmatamento e do decrescimento insustentável da economia do país.

SignificadosEditar

  • Verde - Simboliza o que ainda resta de selva na Guiné Equatorial.
  • Branco - Simboliza o que já foi desmatado da selva.
  • Vermelho - Simboliza a guerra civil.
  • Azul - Simboliza o oceano onde fica de fato a Guiné Equatorial.

Evolução da bandeiraEditar