Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira da Papua-Nova Guiné

Bandeira da Papua-Nova Guiné são dois triângulos rubro-negros adotados com a pseudo-independência deste curioso país. Há também alguns outros símbolos, mas de importância desprezíveis.

Papua-Nova Guiné
Bandeira da Papua-Nova Guine.png

Índice

HistóriaEditar

Historicamente, a Papau-Nova Guiné teve suas bandeiras coloniais, primordialmente a bandeira da Nova Guiné Alemã que trazia o desenho da bandeira do Iêmen, a única disponível por lá, com o desenho de um dragão-de-komodo bebendo um copo de chopp, considerado este o símbolo colonial alemão do Pacífico.

Com a falência da Alemanha, e como nenhum europeu queria aquele pedaço de pântano e mangue, o território da Papua e da Nova Guiné foi dominado pela Austrália, entre 1906 e 1949. O Território Australiano da Papua até tentou usar uma bandeira própria (que era a mesma bosta da bandeira australiana), mas era muito mais simples apeas impor a bandeira da Austrália verdadeira.

Em 1965 com a criação do Protetorado Australiano da Papua e Nova Guiné uma nova bandeira foi desenhada pelos chefes tribais. Nada que uma criança não pudesse fazer, um fundo verde como a antiga bandeira da Líbia por causa do islamismo, mas a gravura de um Pica-Pau, a ave símbolo da Papua-Nova Guiné.

Em 1970 o país chega a adotar as cores pan-bananaias verde, amarelo, azul e branco distribuídas verticalmente. O Cruzeiro do Sul e o Pica-Pau permaneceram.

Bandeira atualEditar

Em 1971 a atual bandeira é estabelecida após um concurso ganho por uma menina de 15 anos (imagina os outros desenhos como deveriam estar terríveis para essa menina ter ganho...). Os juízes do concurso queriam algo bem único e que lembrasse as cores do Flamengo Sport, por isso as cores rubro-negra da bandeira.

Para dar uma graça na bandeira foram mantidos o cruzeiro do sul e um perdiz da espécie paradisaea raggiana.

SignificadosEditar

  • Preto - Simboliza os habitantes locais.
  • Vermelho - Simboliza o canibalismo, a maior prática cultural papuásia.
  • Pica-Pau - Ave sagrada para os Tikotiko-matukanhajkatwaka
  • Cruzeiro do Sul - Como tem na bandeira da Austrália os papuásios decidiram colocar também.

Evolução da bandeiraEditar