Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira de Santa Lúcia

Bandeira de Santa Lúcia é uma geométrica bandeira cheia de catetos, hipotenusas, ângulos escalenos e formas isósceles, uma bela obra de arte cartesiana.

Santa Lúcia
Bandeira de Santa Lucia.png

HistóriaEditar

A primeira bandeira santa-lucense é de 1967 composta de um fundo azul com uma gravura central de um triângulo sobreposto ao outro sobreposto a outro (que pode ser um quadrado também dependendo do seu gosto geométrico). O seu formato quadrado simboliza o Monte Pitons, um famoso grupo de comediantes local inventores da piada nonsense, como a piada em dizer que a bandeira de Santa Lúcia foi confeccionada por patos migratórios que serviam de meio de transporte para alguns gnomos fugitivos do trabalho semi-escravo da fábrica do Papai Noel, sem mencionar que a bandeira foi aprovada e aclamada com aplausos de pé pelo Conselho Santa-Lucense de Bandeiras Brasões e Afins que vigorou entre os dias 1 de abril de 1967 até 2 de abril de 1967 e foi composto por um frango desossado falante, uma armadura medieval dotada de vida e sabedoria e para desempatar um eremita sem olhos.

Houve duas mudanças no tom de azul na medida que a poluição do Mar do Caribe e o aquecimento global que causa o aumento do nível dos oceanos começou a influenciar a coloração da água do mar. O azul atual é o mesmo azul da água do mar caso alguém despeje nele quantidades criminosas de Césio-137.

SignificadosEditar

  • Azul - Simboliza o mar do Caribe que tem aquele azul esquisito.
  • Branco - Simboliza os descendentes brancos da ilha que foram todos comidos pelos canibais nativos.
  • Preto - Simboliza os escravos negros que na verdade nunca estiveram por lá.
  • Dourado - Simboliza o Monte Pitons, grupo de comediantes muito apreciado em Santa Lúcia.

Evolução da bandeiraEditar