Bandeira do Cazaquistão

Bandeira do Cazaquistão (em cazaque: Қазақстан байрағы, Қазақ байрағы, que quer dizer porra nenhuma) é sem sombra de dúvida a bandeira mais bonita, a mais colorida e mais elaborada de todo o mundo, diferentemente das bandeiras dos outros países, que foram desenhadas por menininhas.

Cazaquistão
Bandeira do Cazaquistao.png

HistóriaEditar

A primeira bandeira que o Cazaquistão teve foi a do Canato Cazaque, mas como é mais fácil achar registros do Sudário de Turim do que desse estado longinquamente extinto, vamos para o próximo parágrafo.

Mais tarde surgiu a bandeira de Alash Orda, que ainda não era o Cazaquistão e durou tanto tempo quanto este artigo, cópia da bandeira da Turquia com mínimas alterações. Porém quando a República Socialista Soviética Cazaque foi instalada para testar as bombas atômicas da URSS por lá, a bandeira foi mudada para um novo modelo com a miguxa foice e martelo e umas idiotices escritas em alfabeto cirílico.

Em 1953, como ninguém sabia ler, adotaram um design mais simples, a bandeira da União Soviética com uma faixa azul horizontal em cima em comemoração aos números recorde de exportação de potássio do Cazaquistão. Com o fim da União Soviética, resolveram ir do vermelho para o azul bebê, a mais nova tendência da moda em 1992.

Daí foi evoluindo até uma bandeira cheia de frescuras, mas isso é justificado pela missão de exaltar toda a grandeza da nação cazaque sobre as outras nações insignificantes do mundo. O desenho à esquerda é um bonito retalho, feito em croché pela avó do Borat.

SignificadosEditar

  • Azul - Simboliza a piscina Tinshein, uma das maiores invenções cazaques.
  • Dourado - Simboliza a urina fermentada de égua, bebida máxima da culinária do Cazaquistão.
  • Sol e Águia - Simbolizam a benevolência e o khramm do glorioso líder, respectivamente.

Evolução da bandeiraEditar

  Cazaquistão
HistóriaGeografiaDemografiaPolítica
SubdivisõesEconomiaMoedaTurismo
CulturaBandeiraBrasãoHino