Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Djibouti

Bandeira do Djibouti formado por duas faixas horizontais azul-celeste-bebê e verde-limão-lima, com um triângulo branco à tralha que exibe o símbolo nacional, um patinho de borracha.

Djibouti
Bandeira do Djibouti.png

Índice

HistóriaEditar

Ao contrário dos britânicos que durante anos fizeram suas colônias utilizarem moldes da bandeira da Austrália, ou os comunistas que faziam bandeiras vermelhas para todos os seus camaradas, a França pouco se fodia para suas colônias a ponto de nem se preocupar em fazer alguma bandeira, por isso durante todo período colonial entre 1896 e 1977 só houve por lá a sem graça bandeira da França.

Bandeira atualEditar

Com a independência do Djibouti em 1977 a atual bandeira foi adotada com esta baita combinação tosca entre azul e verde que tão gritante pode ser vista a quilômetros de distância por qualquer pirata somalis. As duas cores simbolizam as etnias do país, os afars e os issas que são respectivamente de peles azul e verde devido a mutações genéticas após testes laboratoriais franceses na época colonial que introduziram a maquiagem ao povo djibutiense que não era acostumado a essas viadagens e aquele produto acabou se impregnando no DNA dos afars (que ficaram azuis) e dos issas (que ficaram verdes).

SignificadosEditar

  • Azul - Simboliza o mar onde navegam os piratas djibutienses.
  • Verde - Simboliza o limão chupado por todos habitantes djibutienses.
  • Branco - Simboliza o deserto que compõem 120% do território djibutiense.
  • Vermelho - Não vejo nenhum vermelho na bandeira...

Evolução da bandeiraEditar