Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Irã

Bandeira do Irã é uma versão mais persa da bandeira da Hungria, portanto uma tricolor horizontal entre verde, branco e vermelho com aquele tricô bordado na pequena faixa que divide as cores e no centro o brasão xiita de uma tampa de privada e limpador de vaso sanitário.

Irã
Bandeira do Ira.png

Índice

HistóriaEditar

Por ser uma nação milenar, o Irã (Pérsia) já teve mais de 8000 bandeiras diferentes nas mais de 8000 dinastias de sua história. Se nem os iranianos tem paciência de estudar isso tudo não será a Desciclopédia que fará isso. Porém uma ou outra bandeira é possível fazer um comentário, como por exemplo a bandeira do Império Persa de 550 a.C., a primeira que existiu criada por Xerxes. Parecia uma flâmula multicolorida de festa junina com um papagaio costurado no centro.

Posteriormente bandeira nova só na Dinastia Safávida a partir de 1501 logo que descobriram o Brasil, além do fundo verde proposto pelo então ditador Kadafi havia um Sol simbolizando o patrocínio da Danoninho e um leão para que os rivais da dinastia achassem que ela ficasse na África e não no meio do deserto asiático.

A seguinte Dinastia Afsharida teve sua bandeira própria e foi marcada pela luta dos direitos homossexuais, por isso a bandeira era um arco-íris, mas felizmente para os iraniano com a criação da Dinastia Zand os emos foram banidos todos para a Guatemala onde futuramente haveriam de fundar lá um país. A bandeira de Zand inspirada na bandeira nepalesa tinha sobre um fundo branco o símbolo da Biohazard, o seu patrocinador oficial.

Concomitantemente à Dinastia Zand surgia em algum lugar a Dinastia Qājār que também teve sua bandeira, um rascunho da bandeira atual que posteriormente foi roubada pelo Tadjiquistão.

A bandeira iraniana de 1907 foi o primeiro projeto da atual, atualizada três vezes nas cores, dimensões e brasão do centro que já variou desde uma bandeira estadunidense sendo queimada a um símbolo de energia nuclear para fins pacíficos.

Bandeira atualEditar

A atual bandeira do Irã foi adotada oficialmente em 1980 por ordens de Ruhollah Khomeini que mandou sua avó tricotar nas bordas das cores vermelha e verde da bandeira 22 vezes em alfabeto persa a frase "Tunak Tunak Tun" (em língua persa: Deus é Grande), além de por uma tampa de privada como brasão.

SignificadosEditar

  • Verde - Simboliza o islamismo.
  • Branco - Simboliza o jihad islâmico.
  • Vermelho - Simboliza o sangue derramado pelo jihad islâmico.
  • Brasão - Colocado apenas para ninguém achar que o Irã é a Hungria.

Evolução da bandeiraEditar