Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Paraguai

Bandeira do Paraguai anuncia a chegada ao Fantástico Reino de Ciudad del Este, muito comum em pequenos enclaves no Brasil, conhecidos como "feiras".

Bandeira do Paraguai
Bandeira do Paraguai.png

Índice

HistóriaEditar

A primeira ideia de bandeira paraguaia surge em 1811 quando os bravos guerreiros paraguaios lutam pela emancipação do seu país como a primeira República genuinamente pirata do mundo, e para tanto criam uma bandeira com o símbolo da pirataria.

Naquele mesmo ano de 1811, em agosto, é aprovado uma mudança da bandeira. Na ocasião, o Primer Congreso General pegou a bandeira da Espanha e a falsificou criando assim a versão da bandeira do Paraguai com faixas vermelho, amarelo e azul.

Posteriormente até foi criada uma bandeira em homenagem à Larissa Riquelme, representando a fartura desta mulher que é um orgulho paraguaio por não possuir nada falsificado, porém o brasão que simbolizava isso era perfeitamente confundível com um pênis, então esta versão foi substituída em 1842.

Bandeira atualEditar

Em 1842 El Congreso Extraordinario del 25 de noviembre de 1842 faz uma versão falsificada e genérica da bandeira da França, criando assim a atual bandeira paraguaia,. que também parece a bandeira dos Países Baixos, e da Iugoslávia também.

A bandeira possui dois versos diferentes, com o objetivo de deixar mais difícil de falsificarem. A frente vemos a inscrição "Made in Taiwan" e atrás o curioso brasão de um cachorro carregando uma cabeça de Smurf fincada numa lança, o que simboliza o ódio paraguaio pelos hermanos argentinos, conhecidos no Paraguai como "smurfs".

SignificadosEditar

  • Vermelho - Simboliza o sangue daqueles que morreram tentando atravessar a fronteira levando muamba ilegal.
  • Branco - Espaço para escreverem o que bem entender, e mostrar o "made in Taiwan" para demonstrar a origem de fabricação da bandeira.
  • Azul - Simboliza o Rio Paraná que demarca a fronteira a ser superada.

Evolução da bandeiraEditar