Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Peru

Fujimori1.jpg Vem que eu vou te tacar no PERUUUUUU!

Este artigo é peruano e viende siempre maconha para los Incas. Se quieres foder nuestro avión en Pacífico, es mejor voltar a Bolívia, mas se quieres una maconha, estaremos gozando por tí!

Bandeira do Peru é um indecente símbolo desta pitoresca nação sul-americana, reconhecido por suas cores vermelho-menstruação.

Bandeira do Peru
Bandeira do Peru.png

Índice

HistóriaEditar

A primeira bandeira peruviana surgiu em 1821 desenhada por Don José de San Martín, com quatro triângulos concêntricos e um brasão no centro onde foi prepotentemente desenhado a própria figura de San Martpin vagabundando numa praia, considerado uma prática cultural peruana.

Esta bandeira feiosa não durou nem dois anos e foi trocada por uma nova versão em 1822 com três faixas horizontais vermelhas acima e abaixo e uma branca ao centro onde foi colocado o novo símbolo nacional. Porém a bandeira foi considerada tão ridícula que não durou nem dois meses

A terceira bandeira peruana foi adotada em maio de 1822 e já demonstrava traços tipicamente peruanos como o brasão nacional imponente, pujante e ereto.

Bandeira atualEditar

A atual bandeira foi adotada em 1978 após o desfecho da Copa do Mundo FIFA de 1978, evento do qual a Argentina comprou o Peru, o que incluiu seus símbolos nacionais, como no caso a bandeira, que recebeu adaptações argentinas.

SignificadosEditar

  • Vermelho - A primeira faixa vermelha representa a perda da virgindade após a penetração do Peru, enquanto a segunda faixa vermelha simboliza a menstruação acumulada no absorvente.
  • Branco - Simboliza o Acre (o nada).
  • Brasão - É a marca do domínio argentino que por fetiche comprou o Peru em 1978.

Evolução da bandeiraEditar