Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Ruanda

Bandeira do Ruanda composta de três cores, uma para cada etnia do país, com a azul maior porque ela simboliza os hutus que foram os responsáveis pela criação da bandeira.

Ruanda
Bandeira da Ruanda.png

Índice

HistóriaEditar

A Ruanda colonial teve sua primeira bandeira em 1885 com a África Oriental Alemã e seu estandarte nazista com cinco bolinhas de gude formando a constelação da Zebra-manca de Óculos observável da Terra apenas de Ruanda e do Acre.

Com a falência dos alemães em 1919, a Ruanda passou a ser dos belgas sob a forma do Ruanda-Urundi. Os belgas não esqueceram apenas do "B" do Burundi, mas também uma bandeira para sua colônia, já que utilizaram uma mera bandeira da Bélgica na sua colonização.

Em 1959 foi criado o Reino do Ruanda, e a nova bandeira adotada foi a bandeira da Guiné a quem os ruandeses juraram fidelidade. Só que em 1962 veio a independência do país e os hutus e tutsis separaram-se dos siths e jedis, os ruandeses não sabiam o que fazer para diferenciar a sua bandeira dos guineanos, todas tentativas de desenhar um brasão bonito foram falhas porque eles só contavam com a tecnologia do Paint. Escrever uma frase estava fora de cogitação pois todos eram analfabetos, mas graças ao cidadão Paul Rusesabagina que já havia aprendido a letra "R", algo pode ser feito em relação a aquela bandeira.

Bandeira atualEditar

Foi em 2001 que alguém finalmente troca aquela bandeira ridícula com um "R" por uma coisa mais decente. O vermelho que remetia muito ao sangue foi retirado e em seu lugar colocado uma caveira.

SignificadosEditar

Simbologia conforme um estudioso tutsi.

Evolução da bandeiraEditar