Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bandeira do Turcomenistão

Bandeira do Turcomenistão é considerada a bandeira mais difícil de desenhar do mundo, tudo graças a aquele cachecol desenhado verticalmente no canto esquerdo da bandeira repleto de bordados meticulosamente concebidos por um grupo de monges tibetanos do xadrez.

Turcomenistão
Bandeira do Turcomenistao.png

Índice

HistóriaEditar

A primeira bandeira turcomena foi criada em 1921 por Stalin para a República Socialista Soviética Turcomena, afinal, na época que aquele território era Pérsia, Xerxes não quis desperdiçar seu tempo em criar uma bandeira para um território onde acreditava-se viver apenas umas lebres, mulas e muito gramado.

Criatividade para bandeiras não era o forte dos soviéticos, por isso eles apenas pegaram a bandeira da União Soviética e riscaram duas faixas azuis em homenagem ao jogo River Raid que foi inventado por pesquisadores da Activision que inspiraram-se para a criação desse joguinho, ao verem como era difícil para os turcomenos realizar a travessia do Mar Cáspio usando os velhos aviões sucateados da Primeira Guerra Mundial que foram comprados por R$1,99 o quilo do ferro-velho dos russos.

Bandeira atualEditar

Com a independência do Turcomenistão o saudoso Saparhmyratyh Ataýewiýç Nyýazowh criou a atual bandeira do Turcomenistão onde fez questão de desenhar os cinco tapetes que havia em sua sala sobre um fundo verde-oliva, além de um crescente invertido como uma ofensa contra os turcos que se acham superiores aos turcomenos e por isso são odiados no Turcomenistão.

SignificadosEditar

  • Verde - Simboliza as azeitonas turcomenas.
  • Decrescente e estrelas - Um símbolo satânico maçônico que como pode ver, está desenhado na bandeira aleatoriamente.
  • Tapete persa - Apenas uma forma de fazer os iranianos acharem que o Turcomenistão faz parte do Irã até hoje.

Evolução da bandeiraEditar