Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bar da Maçã Envenenada

Não precisa ir vestido assim, imitando a Chapeuzinho Vermelho.

Bar da Maçã Envenenada: Jamais anuncie sua chegada ao entrar aí, entre sempre de forma solene, como se entrasse no quarto dos pais para pedir algo difícil, embora nesse Bar não seja tão difícil de se conseguir o que pretende. Bar da Maçã Envenenada é também onde se pode relaxar e esquecer dos problemas e, mais importante que isso, pode-se conseguir tudo que há de mais importante, pois há sempre quem saiba onde achar o que você possa estar procurando, cedo ou tarde sempre consegue-se falar com a pessoa certa.

LocalizaçãoEditar

O Bar da Maçã Envenenada fica há cerca de dois kilômetros à direita do Pântano do Shrek, mesmo antes de se aproximar dele, você já pode sentir seu clima peculiar, simplesmente pela intenção de ir até o local. A partir de que decide ir, parece que suas pernas criam vida própria e, mesmo que estiver pensando em mil coisas diferentes, ou mesmo pensando: O que estou indo fazer lá mesmo? - Não para de andar nem volta atrás, nem de ré, nem em pula-pula veadinho, seus passos são resolutos.

 
Garçonete principal. Pela concentração em sua face, deve se tratar de um daueles pedidos mais elaborados.

O redor do Bar, a vegetação existe sim, não é tudo morto como se pensa, só parece porque a maioria vai até lá à noite, mas há muita vegetação bem verdinha e frondosa, mas o fato é que toda árvore à noite, para aqueles que têm medo de tudo, ficam meio sinistras e algumas até parecem gente, que gente sim, há muitos exemplos assustadores.

O caso é que mesmo as árvores ocas têm vida própria, tipo a tal fatídica Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal, isso por causa da atmosfera repleta de vozes querendo contar o que acontece escondido: O vento é fofoqueiro, nem precisa ter gente pra fofocar. Se não entendeu nada não faz mal, isso não é importante no Bar da Maçã Envenenada.

Não faltará figuras que o auxiliem aí, se não encontrar a pessoa que deseja(seja qual for a natureza do desejo), pode-se encontrar outra pessoa que indicará a figura certa. Não são incentivados e muito menso obrigados os pactos com o diabo ou qualquer aliado dele, mas também não se proibe, embora se essa for a intensão, é aconselhável começar no Bar da Maçã Envenenada, mas continuar do lado de fora, para que se evite depredações, uma vez que não se sabe: Gênios do mal amam chegar quebrando tudo, e nada de três desejos porra nenhuma.

Todavia, dificilmente alguém que vai atrás de ajuda no Bar, precisa mesmo recorrer ao sobrenatural, principalmente ao sobrenatural maléfico, pois as criaturas mais sábias podem ser aí encontradas e frequentam o Bar da Maçã Envenenada, ao menos uma vez por mês, que seja, então nem é preciso apelar.

Apesar de todas essas evidências, o próprio Satanás, dizem alguns, já frequentou o Bar, quando teve vontade de se sentir um mortal, mas outros dizem que nada mais era do que o cãozinho da Dona Clotilde, não se tem certeza disso. Sempre que aparece um cheiro de enxofre nas narinas dos fregueses, já se começa a olhar discretamente uns para os outros para ver se alguém esconde rabo em ponta ou chifres.

GarçonetesEditar

 
Gato de Botas disfarçado para atender alguém.

São mais garçonetes do que garçons. A principal delas é a irmão traveca da Cinderela, que é um traveco daqueles que não enganam ninguém, em compensação ele é o mais prestativo do bar: Serve putinhas, matadores de aluguel, macumbeiras, garrafeiras, feiticeiras, Bruxas do 71 que são as fadas mais poderosas que existem), fornece sacis na garrafa e fora delas, gnomos, homens de Le Prechauns, abóboras que se transformam carruagens (imagine oq ue viram as bananas, não, não imagine), Homens Biscoito e qualquer coisa que possa resolver seus problemas.

 
Branca de Neve e Turing, primeiros fregueses na inauguração, mas a maçã envenenada é um ítem que nunca foi fornecido.

A trava Feia (nome dela, pois eu acho a coisa mais sexy do Shrek, depois do Burro Falante) é a mais eficiente aí, sem dúvida, mas há outros garçons e garçonetes, pois o Bar funciona 24 horas e ainda não teve mágica que a fizesse não cançar nunca, e mesmo essa Feia adormecida merece seu descanço, inclusive para ir dar... uma volta em lugares mais alegres. Além disso é muito simpática, sempre tem sugestões e comentários que possam ajudar, e as demais e os garçons seguem-lhe o exemplo para garantir o atendimento de alta qualidade do Bar da Maçã Envenenada.

Alguns frequentadores carimbadosEditar

  • Shrek, claro, é lá que ele se inspira para sair vencedor de suas aventuras, e precisa pois inventam um rolo pior que o outro pra bunda do ogro, se não é essa fonte de inspiração, o Shrek sentaria no pepino na história, mesmo nem chegando perto de apreciar isso.
  • Gato de Botas, ele é quem mais frequenta, sabe praticamente todos os segredos, gosta de marcar aí com suas gatinhas e até humanas, aquele furry, mas quando acham que ele está distraído com suas conquistas, ele está prestando atenção em tudo.
  • Capitão Gancho, só pra se ver livre de seu apaixonado Peter Pan, que não o deixa dar uma com mais ninguém, também aí ninguém tira uma com a cara dele por ser maneta e narigudo.
  • Dona Clotilde, aí é o único lugar que sabem que ela não faz bruxaria nenhuma, ao menos ela não faz para o Seu Madruga, pois acredita que amor deve ser naturalmente... Já para o restante, ela faz sem problemas, inclusive para quem pedir com jeitinho, todos sabem o quanto ela é boazinha e desde que não peçam coisas ruins sabem que podem contar com sua ajuda.
  • Michigan Frog, a Feia sabe uma bebida miraculosa, que deixa a garganta do anfíbio sempre perfeita, mas ele não aceita cantar no Bar, para não ser descoberto, já em porcarias como Ídolos ele não canta para não se rebaixar mesmo.