Abrir menu principal

Desciclopédia β

Barra Mansa


Carroca1.jpg Enxada-1.png Esti artigu é caipira, sô!! Enxada-2.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!


NovoWikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Barra Mansa.


Cquote1.png Você quis dizer: Suinolândia Cquote2.png
Google sobre Barra Mansa
Cquote1.png Na União Soviética, o trem espera VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Barra Mansa
Cquote1.png Você quis dizer terra do nunca Cquote2.png
Nunca será nada de bom
Cquote1.png Você traiu o movimento das cidades playboys, véio!! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre o lugar onde o tempo parou
Cquote1.png Lembra suave esperança num reCANTO do Brasil! Cquote2.png
Hino de Barra Mansa sobre Barra Mansa
Cquote1.png Aquela cidade que tem a fábrica de aço! Cquote2.png
Carla Perez sobre Barra Mansa
Cquote1.png Saiu da Dutra, entra num buraco. Cquote2.png
Patrulheiro explicando ao motorista como chegar na cidade
Cquote1.png Eu tenho medo da família Nader! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Barra Mansa
Cquote1.png Ih! Barra Mansa? Dá pra ir com qualquer carro. Cquote2.png
Darlene da Novela Celebridades sobre Barra Mansa
Cquote1.png Não da não,tem de ser um carro com um amortecedor muito bom!!! Cquote2.png
Turista experiente quando vai para Volta redonda via barra mansa
Cquote1.png Cadê Minha Veloooooox, P0r#@!! Cquote2.png
Barramansense sobre Telemar
Cquote1.png que lugar feio! Cquote2.png
cantor Daniel sobre Barra Mansa
Cquote1.png É uma cilada, Bino! Cquote2.png
Pedro para Bino sobre Barra Mansa
Cquote1.png Analisando a conjuntura histórica, Barra Mansa é igual ao Piauí. Ninguém notaria se um dia deixassem de existir... Cquote2.png
Historiador voltarredondense ao ser questionado sobre a importância de Barra Mansa
Cquote1.png Barra Mansa é o fim do mundo. Até a poluição de lá é feita em Volta Redonda!!! Cquote2.png
Voltaredondense sobre Barra Mansa
Cquote1.png Isso é meu, e isso também é meu!!!! Cquote2.png
Algum Nader sobre Barra Mansa
Cquote1.png TREM FILHO DA PUTA!!!! Cquote2.png
Algum forasteiro ainda não acostumado o trem de Barra Mansa
Cquote1.png Barra Mansa no c* dos outros, é refresco!!!! Cquote2.png
Algum indivíduo ao ser perguntado sobre o que achou de Barra Mansa
Cquote1.png Tudo calúúúnia! És una mentira! Cquote2.png
Algum Nader sobre sobre qualquer fato verdadeiro
Cquote1.png Isto é uma vergonha! Cquote2.png
Boris Casoy sobre Barra Mansa
Cquote1.png BaRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRaaa Maaaaaaaansaaa!! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Barra Mansa
Cquote1.png "Tá mãe, eu vou num pé e volto no outro" Cquote2.png
Garoto de Volta Redonda dizendo pra mãe que vai a dar uma volta em Barra Mansa
Cquote1.png Isso é tudo meu, eu que mando aqui. Se você manda aqui eu mando em você! Cquote2.png
Pai Nader dando bronca no Nader filho
Cquote1.png "Ói! Ói o trem! Vem surgindo detrás das montanhas azuis, ói o trem! Cquote2.png
"Raul Seixas alertando o povo sobre o trem que não acaba nunca quando cruza a cidade
Cquote1.png É o fim da "disnatia do bem". Em 2012 eu serei o novo "xerife", quero dizer, prefeito desta cidade! Cquote2.png
Chuck Norris lançando sua candidatura para executivo municipal contra Inês Pandeló, Marcelo Cabeleireiro, Ademir Melo, Zé Renato, Roosevelt Brasil, Féres Nader, Luiz Amaral, Ismael de Souza, etc, etc, etc...

Barra Mansa Barra Mansa
Bandeira-bm.JPG
Bandeira
"Svinos Est"
Hino "Trem das Sete" (e Trem das Onze)
Local Ver geografia bizarra
Idioma Mineirês
Geografia
Clima Chove 24 horas por dia no início do ano; no resto, dias nublados
Locais de referência É uma piada?
Economia Falida
Produtos exportados Leite e presunto
Política
Governo
Nuvola apps core.png
Dinastia "do Bem".
Atual prefeito
Nuvola apps core.png
Um lavrador playboyzinho(vulgo Quem?)
Vice-prefeito
Nuvola apps core.png
Ninguém tem ideia
Mídia
Cidadãos ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Vovó Mafalda
Esporte símbolo 4 quilômetros de carro com barreiras; Jogo de Paciência com Trens (eles sempre vencem)
Santo local Difícil de encontrar

Barra Mansa, também conhecida como Suinolândia, para quem não conhece é a primeira favela no caminho até a cidade do Rio de Janeiro. A arquitetura da cidade remete aos famosos guetos sul-africanos. O nome do lugar foi estipulado após um debate entre dois cariocas na beira de um córrego (mais tarde chamdo de Rio Suinolândia), que acabaram por considerá-la a favela mais tranquila por estar mais afastada do Rio, e onde a "barra estaria limpa" - ou seja a polícia não conseguiria pegá-los lá - ao que houve um um consenso também da população local que adotou a ideia.

Como toda boa roça civilizada localiza-se a uma latitude 22º32'39" sul e a uma longitude 44º10'17" oeste da raiz quadrada de 9801. Barra Mansa se tornou conhecida após alguns de seus pitboys jogarem um cara de cima de um viaduto em Volta Redonda. Antes disso era conhecida apenas como uma barreira entre aquela cidade e Resende.


Índice

EconomiaEditar

Outrora uma grande produtora de café e enredos para novelas sobre o século XIX da Rede Globo, hoje a economia da cidade de Barra Mansa situa-se a leste. A leste da divisa com Volta Redonda (ver Pontos Turísticos), onde sua população, que já costuma trabalhar nos subempregos oferecidos naquela cidade, gasta tudo o que ganhou.

A população da cidade também vive (sobrevive) da mesada do papai e de profissionais porcamente gabaritados formados na sua maior, ou melhor dizendo, na sua única instituição de ensino superior: o Centro Universitário Barra Mansa, conhecido como cUBM, aquela faculdade dentro de uma vala, que também serve de entrada para a cidade?

 
Vista aérea do centro da cidade

Há também uma pequena galeria que é chamada ironicamente de "shopping" onde aqueles que não tem dinheiro para pagar a passagem para Volta Redonda vão se divertir visitando as lojas (vazias) e o melhor cinema da região, que curiosamente também vive vazio pelo fato de todos os moradores estarem indo aos cinemas da Volta Redonda. Sentiu fome? Então vá ao point das patricinhas (o unico que tem na cidade) Bob's conhecido por ser o ambiente em que os estudantes vão depois do colegio ou cinema, pois alem de serem riquinhos não tem dinheiro pra comer no restaurante do "shopping"

Existe um promissor comércio de vagas. As pessoas derrubam casas e prédios para fazer estacionamento uma vez que os comerciantes saem de suas casas assim como seus empregados com fuscas, brasílias, chevetes para trabalhar e aqueles que não sabem dirigir na Volta Redonda, por ser um trânsito de cidade, com medo de bater saem de suas casas na Colônia do glorioso condominio Morada do Sol (de tão quente que é) para chegar em seus Monzas, Del Reys, Voyages e Corceis até o centro e encontram vagas rotativas onde o dinheiro que você paga realmente é controlado.

Com tudo isso é promissor vender remédio, o povo doente sem ter o que fazer com dinheiro vai as compras e leva os mais diferentes remedinhos nas farmácias mais diferentes e de nomes que são uma gozação.

Geografia bizarra e outras informações úteisEditar

Reparando no mapa do estado do Rio o capricho de seus fundadores o fizeram o Estado do Rio cagando em São Paulo, advinhem onde ficou Barra Mansa? Exatamente onde você pensou, Barra Mansa é o "cu". Veja o mapa atentamente. Embaixo do rabo está essa prosaica localidade. A cidade fica no ânus hemorróido geográfico estadual.

Mas essa canalhice com São Paulo custou caro. Os paulistas, indignados, invadiram Barra Mansa exatamente por aquela entrada. São muitos bananalenses que adentram na cidade por esta porta escancarada. É só perguntar para uma pessoa bem sucedida em Barra Mansa de onde ela veio (detalhe: os Nader "donos de tudo" são bananalenses).

Período de MigraçãoEditar

Barra Mansa é uma terra tão insuportável que ninguém aguenta ficar nela o ano todo. Assim como no mundo animal a época de migração do povo desta terra ocorre entre dezembro até 1 semana após o carnaval. Os pobres vão para a favela do Perequê em vans velhas e lotadas. Lá eles têm esgoto a céu aberto (o que os faz lembrar da terra natal) e ficam perto da Usina Nuclear. Com mosquito, traficantes e tiroteio, todos os anos a baixa renda viaja mais de 100 quilômetros até o Perequê.

 
Um barramansuíno abonado saindo de seu condomínio para passear de lancha em Angra, após esperar 9 meses para essa migração anual.


Os apresuntados (outro apelido carinhoso dos barramansuínos) metidos a ricos vão para Angras (sim, com "S") em seus condomínios (vulgo "balancinhos" ou "casas de pombo") onde guardam suas embarcações como a vista ao lado. Ali eles viajam fumando maconha, acredintando que estão tirando onda de milionário, mas pagando o maior mico em um mar de ricos autênticos.

Êxodo de jovens

Somente os suínos de menor napa (ver "cheiramento de gatinhos") ficam em Barra Mansa. Para cada filho da classe média falida o destino é Volta Redonda, Resende ou Angra dos Reis.

Em Barra Mansa jovem só têm uma opção de lazer: pegar o carro do papai (ou a Brasília que comprou em 72 vezes) e se dirigir para Volta Redonda (nova Chernobyl), Quatis, Resende, Itatiaia...

As gerações somem depois de determinada idade. Sabe aqueles meninos e aquelas meninas que estudaram com você? Esse pessoal não mora mais aqui. Na verdade, alguns casaram, outros morreram e os que sobraram estão presos.

Alguns bebem para ajudar a esconder a vergonha, agarram as mulheres barangas dos amigos, xepam os poc poc (vide Brasília de 72 prestações) dos outros porque não podem arcar com despesas da gasolina. Mas todos garantem longe dali enchendo a boca que vão para Angras para o condomìnio andar de lancha. Todo ano essa babaquice se repete com os falidinhos.

PolíticaEditar

Muito apegada à história, Barra Mansa adentrou o século XXI como um grande feudo, com a diferença que antigamente, a cada 20 anos, fraudes eleitorais mudavam o senhor feudal.

Os Chiesse, os Cheese Bacon, os Nader, os Soprano, os Corleone, e os Simpsons entre outras famílias de renome dominaram a política local até o início do terceiro milênio, quando um homônimo de um presidente americano foi acidentalmente eleito para tentar salvar aquele povo desgraçado, ao que esse exigiu, para realizar essa tarefa quase impossível, poder morar na Volta Redonda, afinal, ninguém merece ser sacaneado duas vezes.

Hoje a Suinolândia é formada pela nova "Dinastia do Bem". Fodem o povo e se dão bem. E haja fraude eleitoral e pilantragem o TRE está cheio de processos para apurar se aquilo realmente aconteceu. Em Barra Mansa eles não usam o poder público em benefício próprio e mais não existe corrupção. Simplesmente são pessoas boas, honestas que administram a cidade atualmente. Roubo é coisa do passado, agora isso não existe mais. É o governo mais honesto do Brasil. São pessoas que vivem para servir o povo sofredor e se contentam com seus salários no fim do mês. São verdadeiros santos na terra, políticos do bem que não estão ricos e vivem para disputar as eleições somente para livrar o povo das garras do mal. Só não tente chegar na prefeitura e cantar "Se gritar pega ladrão..."


CulináriaEditar

Extremamente conhecida em todo mundo por seu refinamento, a culinária barramansuína pode ser apreciada em sua loja do McDonald's, especializada em sobremesas (ou seja, nada de pedir pelo número 1 ou outra Mc Oferta) e também tem um Habbib´s que fica situado no bairro Barbará, que é o unico bairro demolido, ou seja, ninguém mora nele e mesmo assim ele tem um colégio estadual, uma igreja e um posto de gasolina.

Severos - Um "barante" (mistura de bar e restaurante) onde serve churrasco feito por um cearense, assim como a "pizzarante" "Baixa a Lenha" onde é melhor nem conhecer o dono. Experimenta reclamar mesmo da pizza. É a única pizzaria que o cozinheiro se acha chef e o chefe se acha cozinheiro, mas vende pizza com ódio, você paga e não pode reclamar.

 
A filial do McDonald´s no Centro de Barra Mansa fundada em 1976. Lógico que por algum Nader

Gaia Gril - onde as mocinhas mais descoladas da cidade frequentam e sempre elegantes com bolsas de grifes falsificadas colocadas em cima da mesa para chamar atenção de alguém com dinheiro e que não conheça sua fama (de qualquer uma)e também pra querer se mostrar melhor que aquela garota mais bonita que ela que está lá.

Ano Bom Palace - o nome mostra toda a ostentação, luxo, requinte da nobresa da sociedade local, onde viajantes de todo país chegam e ali se hospedam de frente para o Rio Paraíba.

Bar do Senegal - Situado na Vila Nova é uma espécie de "Adega" não climatizada, onde se vende os melhores petiscos da cidade, entre eles: O torresmo (vulgo camarão de mineiro), batata sauté, peito bovino, feijão amigo, etc, etc... E prá finalizar a cerveja mais gelada da cidade. Há! Não funciona às 2ª feiras e ao cumprimentá-lo diga: Hama! Hama!

Enfim, a boa pedida é tomar um porre em um dos milhões de butecos abertos por cada desempregado da cidade.

Guerra pelo destrito de floriano (guerra barrarealense)Editar

Logo após declarar sua emancipação o municipio de Porto Real (sim, outro buraco no meio do mundo) guiado pelo General Bernard de Eli iniciou um plano para tomar o destrito de Floriano (mais um buraco no meio do nada). A cidade inimiga equipou seu exército com o que havia de mais novo na região, doou 2300 de carne, 2500 de madeira, 2500 de ouro e 1200 de pedra pra o centro da cidade, podendo assim passar para a idade das trevas.
Agora o inimigo contava com 30 burros de ataque, 12 cavaleiros de ancinho, 50 davis, 27 mulequinhos de estilingue e o padre da paróquia que morava em floriano e tinha que pagar pedágio todo dia pra andar 20m e passar a outra cidade, trágico...
A batalha foi feroz nos dias que se seguiram, metade do destrito já estava tomada, cerca de 20m², mas ao longe pode-se ver uma grande cruzada, os nobres guerreiros alimentados pelo leite barra mansa sobre seus porcos se ergueram ao horizonte para a batalha final. Depois de grande luta BM saiu vitoriosa!! "Floriano é nosso!!" Gritaram por todos os 60m² desta terra.

Relatos da batalhaEditar

  • Primeiro dia, a moradora da região Faveline da Penha relata os acontecimentos: "Agente sabiamos que isso podia acontecer, né? Ezi são visinho muito hostius, sempre acreditemos que uma invasão era eminente.
Meu fio, Urinoldo, tava andando de bicicreta na rua, viu os cavalo e os burro e veio corredo me chamar... ei disse - mãe, mãe o rei ta vindo pegar o as virgi pra oferecer no rituar. O minino não sabia que o rei só vem na terça, e esse dia era quinta.
Logo que eis entraro tentamo nus defender, né? Nois lutemo muito... (se emociona) meu marido, Belcêmes, logo no o sino da ingreja, mas fomo pego de surpresa, muitos morrero... (choro)"
  • Segundo dia, O decendente Italiano Incorpano de Cocha, narra os acontecimentos: "Eles tomaram metade da cidade, eram extremamente brutos, agrecivos, nossas 6 mulheres tiveram que ser defendidas dos estupros do inimigo... lamentável."
  • Terceiro dia, a atriz Regina Duarte que gravava uma novela de interior para a Rede Bobo nos fala dos fatos:" Eu tava com medo. O General Bernard de Eli não era do partido do Serra, né? Eu já sentia a inflação chegando... as maquininhas já tavam batendo no mercado. Eu tenho medo."

Perdas materiais e humanasEditar

As perdas foram enormes, Floriano teve que ser recontruida com capital americano ficando individada e na mão do tio Sam. Mas nada se compara aos que partiram, o cachorro chamado de "pipoca" que morava na praça da cidade foi atingido por um projétil disparado de estilingue, calibre "brita", não resistindo aos ferimentos, morreu no local. (emoção), Hoje, erguido onde o pobre cão faleceu se encontra um monumento ao nobre animal. Realmente o único ganho da guerra foi que a novela não saiu.


ComunicaçõesEditar

Todos os difusores de rádios, tvs, walktalkies, rádio-amadores, pagers, laptops da Xuxa, são de propriedade da Família Nader, uma espécie de clã Sarney que não deu muito certo.

Cultura e LazerEditar

Shoppings e Cinema

Barra Mansa é dotada de dois shoppings fantasmas: o Shopping House (porque alguém botaria um nome tão ridículo?) e o Figorelli Shopping. O primeiro consiste num prédio sombrio dotado de um elevador de vidro que, geralmente, não funciona. O segundo é um shopping sem praça de alimentação, sem banheiros e sem lojas.

 
Grande movimentação popular no Centro da cidade

É cultura (Cultura??? Tá de sacanagem???) em Barra Mansa que os shoppings tenham a forma de um estreito corredor. O objetivo é fazer com que você entre, se irrite e vá embora com facilidade já que a maioria das lojas ou não funciona ou vende coisas que você não precisa, como câmeras analógicas, celulares ultrapassados e videogames não tão antigos para serem raridade mas velhos o suficiente pra desapontar uma criança no natal.

Barra Mansa é privilegiada (!?) por ser o única cidade da região dotada de uma sala de cinema com som digital. Porém, nessa sala de cinema só passam filmes dublados (que tornam nulo o som digital); ou as cópias velhas que já foram exibidas em Volta Redonda, que já estão gastas e, por sua vez, também tornam nulo o som digital.

O cinema de Barra Mansa é a única atração do "shopping" fantasma Figorelli. Mas não compre refrigerante se não quiser perder o filme. Se arrisque e entenderá.

Outras formas de "lazer" em Barra Mansa

Barra Mansa tem, ainda, uma das festas de rua mais populares na região, a Festa de São Sebastião que é carinhosamente conhecida carinhosamente como Festa Pé-de-Porco, onde seus frequentadores, que saem de bairros nobres como Várzea da Oficina, Getúlio, Piteiras, Vila Delgado, Santa Isabel e Boa Sorte vão para arrumar brigas e trocar tiros no Centro da cidade, esportes largamente difundidos entre a população barramansuína.

No carnaval de Barra Mansa há também o famoso Bloco do Boi, onde um espécime nativo fica dentro de uma "roupa" de boi, pagando o maior mico.

A cidade de Barra Mansa possui três clubes frequentados pela fina-flor daquela sociedade: o Ilha Clube, o Clube Municipal e o Azteca, cujo variedade musical chega ao ponto de todos tocarem funk, um dos estilos musicais mais apreciados pelos playboys daquelas bandas.


Outra peculiaridade desse povo é a dificuldade em se apresentar utilizando somente seu primeiro nome, num problema conhecido entre a comunidade médico-científica como "síndrome da burguesia falida".

Em Barra Mansa também não há disponibilidade de internet banda larga. Apenas o "Centro" da cidade (que se resume àquelas duas ruas) dota-se de um serviço da Telemar pago "por fora" (pro pessoal das terceirizadas). O resto da cidade utiliza internet discada como seu único meio de "conectar-se" ao mundo, hahahahaha.

Cafonices

A ponte do Ano Bom é pintada anualmente de azul bebê e branca. Lembra a arquitetura de Mesquita, Belford Roxo e Nova Iguaçu.

O conjunto de banquinhos na praça da guerra (das nações desunidas) no Ano Bom é de chorar. É para fazer ter pena de nós.

Os prédios do Ano Bom seguem uma linha arquitetônica atômica destrutiva, com formas e materiais os quais nos lembra o Líbano, sem contar o (pretensioso "Pathernon", que abriga a fina flor da sociedade cheiradora da cidade. E ainda há o gigante aterrorizante, "Bel arte" cuja a fachada de pedras que podem se despreender e cair na cabeça de um, fazendo o felizardo ter um Ano Bom eterno.

Alguém pode dizer pode piorar? Sim pode, é só a galera arrumar dinheiro para pintar os prédios da cidade que estão aparecendo o fundo.

Prefeitura apelidada carinhosamente de Panetone, amarela por fora e cheia de frutinhas lá dentro. E com acabamento milionário, cheia de canos e fios pendurados do lado de fora.

A Câmara também parece uma caixa de fibra gigante.

A marcação no asfalto (pista 1 e pista 2) perto da ponte dos arcos, deve ser para kart, pois não cabe um carro.


Vestimentas

Classe dominada

  • Bermudão chinelo e camiseta (homens e mulheres) com as unhas grossas deformando as sandálias.

Classe dominadora

  • Mulheres: shortinho e salto alto e camisetinha
  • Homens: calça jeans e camisetas surf

=Novidades para o próximo ano:

  • Instalação das peimeiras lâmpadas da cidade;
  • Chegada da energia elétrica a Barra Mansa;
  • O gramado do "estádio" Leão do Sul será aparada com um objeto que promete mudar Barra Mansa:a tesoura sem ponta;


Ensino

O maravilhoso ensino (de merda) de Barra Mansa é composto por três escola das melhores da cidade : a catolica quinto dos infernos (Amparo) , a burguesialandia (Verbo) e ABC dos fracassados (UBM) . A catolica quinto dos infernos é composta de seres intergalaticos vindos de um planeta onde o mal humor é caracteristica marcante da especie . Nessa maravilhosa escola qualquer um ganha bolsa , assim seus estudantes tem dinheiro de sobra para fazer viagens à Disney e à Europa . Já a ABC dos fracassados é a escola daqueles que foram reprovados ou expulsos da catolica quinto dos infernos ou da burguesialandia . Nela os "alunos" aprendem a como usarem seus celulares e iphones de ultima geração na aplicação de diferentes tecnicas de cola , afinal seus cerebros entraram em curto circuito depois de tanta maconha utilizada. Mais recentemente, tentando integrar as drogas ao método de ensino, o colégio resolveu criar o PAG - Projeto Ambiental Gaia, que não serve pra nada além de introduzir os alunos a drogas naturais, como a famosa Cannabis.

Coisas que só acontecem em Barra Mansa(Terra do Pé Redondo)Editar

  • O bairro Jardim Boa Vista dá de Frente para o cemitério.
  • O Parque da Preguiça é lugar onde todos fazem exercícios.
  • A Vila Nova é velha pra caramba.
  • O Mc Donald`s só vende sorvete.
  • No Rango ninguém come nada.
  • O Esquerdinha é destro.
  • O bairro Boa Sorte, dá um azar danado (não queira saber o porquê, começando pelas enchentes!).
  • O Silvério, que vende bolinho de bacalhau, é Italiano e o Bragança que vende Pizza, é Português.
  • O conde é tribal mas usa terno e o comendador não usa terno mas usa peruca.
  • É o unico lugar que embaixo de um sinal (semáforo) tem um quebra-molas.
  • É o único lugar que pôs à venda uma igreja católica e acreditem... foi vendida (Barbará).
  • O Rio Barra Mansa que deu nome a cidade não é rio, é o maior esgoto a céu aberto coletando merda em vários bairros.
  • A Rua da Imprensa é imprensada (para passar a conta de 1 carroça na velocidade dela).
  • Enfeites de Natal também são de carnaval.
  • O café Favorito é o capital, e o café Capital não é o favorito.
  • O quilômetro mais comprido do mundo fica na saída da cidade para SP (km 4) deve medir uns 10 quilômetros.
  • Fecharam um colégio para abrir um camelódromo.
  • O clube municipal não é do município, assim como a rodoviária e uma rua no centro é de um fazendeiro.
  • O bairro saudade não dá saudade nenhuma.
  • A rua Joaquim Boa Morte não fica no cemitério, fica na Vila Coringa (quem conhece o local sabe o porquê do nome da rua e do bairro).
  • Tem um bairro chamado Paraíso mas que é um inferno de violência.
  • Quartel virou Parque da Cidade com vários galpões fantasmas da época da ditadura. Ali, no carnaval, se samba marchando. E no dia 7 de setembro fica fechado e ninguém desfila.
  • As ruas ganham status de bairro, segundo os governantes: Eduardo Junqueira (favelão da linha), Ary Parreiras (fuga de bandidos que assaltam no Santa Rosa para Coringa), rua da Figueira (onde nos quintais caem sepulturas do cemitério)...
  • Têm 2 avenidas com 8 nomes diferentes: Via Sérgio Braga, R. Ary Fontinele, R. Francisco Vilela, Av. Joaquim Leite, Av. Domingos Mariano, Av. 3 de Outubro e Av. Ministro Amaral Peixoto; Via Sérgio Braga, Av. 2 (e ultima), Dario Aragão, R. Orozimbo RIbeiro, R. José Marcelino de Carmargo, R. Prefeito João Chiesse e Av. Nestle(esse nome desnecessário já que a fábrica desistiu da cidade), e desemboca na Av 3 de Outubro (você não ficou louco, é isso mesmo).
  • Água Comprida, um bairro onde de comprido só tem um valão de esgoto.
  • Tem o bairro Santa Maria II, mas não tem o bairro Santa Maria I
  • O Cinema de Barra Mansa é o único que passa o filme "Sexta-Feira 13" só até a Quinta-Feira 12.
  • É o lugar onde não há carros , sendo assim , sua população vai à Volta Redonda , Resende ou a Angra dos Reis a cavalo ou de carrinho-de-mão.

Atrações turísticasEditar

Além da praça que se assemelha a uma grande privada disforme feita de louça quebrada, dos trens que param a cidade e das músicas feitas pelos seus políticos e colocadas em suas rádios (e que infelizmente podem ser ouvidas nas cidades vizinhas).

Outra grande atração são as placas que indicam a divisa entre Volta Redonda e Barra Mansa onde, logo abaixo, pode-se avistar grandes aglomerações de barramansuínos que vão à cidade vizinha trabalhar ou mesmo fazer compras.

Praça das Nações Unidas, ou praça da guerra. Só tem canhão, homem e mulher feia. As melhores entram num lugarzinho ali perto.

Ver "tachões". E a cidade com maior número de tachões no planeta. A fábrica nunca vendeu tanto tachão para um trânsito onde só se anda de 1ª ou de 2ª.

Calçadas com decoração iraquiana - As calçadas do centro de Barra Mansa são uma homenagem a Saddam Hussein e George Bush. Todas bombardeadas estrategicamente, as mesmas provocam o que os barramansenses chamam de divertimento, ver os velhos e as senhoras cairem. Ainda têm umas bolas de ferro caso a pessoa tenha menos sorte. Aí é fatal.

Constroem prédios com garagem e sem elevadores e prédios com elevadores e sem garagem. Ou seja ou você pasta ou pasta. Uma verdadeira chiqueirolândia.

Ver tambémEditar