Abrir menu principal

Desciclopédia β

Barros Filho

Rioband.jpg Coé, merhmão, eshte arhtchigo eh CARIOCA!

Não vandalize, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh bishcoitosh.


Cquote1.png Você quis dizer: Pavuna Cquote2.png
Google sobre Barros Filho
Cquote1.png Ninguém desce aqui porque tem medo. Cquote2.png
Guarda da estação de trem de Barros Filho sobre Barros filho
Cquote1.png Aquele apresentador? Cquote2.png
Qualquer um sobre Barros Filho, confundindo com Gilberto Barros

Barros Filho é um bairro de pobre situado na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. É um dos mais pobres da cidade e só existe porque é caminho entre Madureira e Pavuna, e nenhuma das associações de moradores desses bairros quis piorar ainda mais o nome de seus bairros adicionando esse lugar estranho aos seeus territórios.

O bairroEditar

 
Estação de trem do bairro lotada. Todos que estão aí amam o bairro.

Na verdade ele surgiu homenageando o filho de Barros, Barros Filho, que deu um pedaço de terra que não produzia porra nenhuma em sua fazenda Boa Esperança para o povo poder morar. Resultado, hoje a terra é produtiva, produz muita gente feia, pobreza e até um pouco de delinquentes, mas nem de longe as categorias de base da ladruagem de Barros Filho alcançam as da Rocinha.

O MST chegou a delegar um pedido de comemoração e tomada de toda Barros Filho para si, pois segundo a ordem da Reforma agrária, esse movimento é o primeiro que lutou em favor disso e por isso seus selvagens integrantes mereciam isso primeiro. A prefeitura do Rio descartou porque não queria piorar ainda mais a situação do bairro, trocando pobres mas honestos e humildes (ou não) por animais selvagens que recém fugiram da selva com paus e pedras, além de barracas de camping.

Os moradores de lá, como forma de homenagem, tem ao menos uma plantinha na janela, ao menos pra tentar demonstrar algum orgulho em morar lá, mesmo que seja fingido. Quem lá mora também geralmente quer ficar entre Madureira e Pavuna, mas num meio termo na criminalidade, vide, num lugar teoricamente menos perigoso. Ou então simplesmente não deu pra comprar uma casa decente nesses lugares e dá essa desculpa.

Opções de lazerEditar

 
...Mas o povo de Barros Filho é criativo e sempre inventa uma maneira culta de se divertir!

Simples. Ir para Pavuna ou para Madureira. Baile funk ou gastar dinheiro com produto falsificado. Isso sempre fora de Barros Filho, onde o maior divertimento é pegar o ônibus para esses lugares, a felicidade de ver alguém pegando esses ônibus de Barros Filho espanta. Não é porque só assim para verem um ar condicionado sem ter que gastar na conta de luz (se o ônibus tiver né...), mas também pela breve sensação de estar deixando o tal bairro.

Se você tentar organizar uma festa em Barros Filho, trate de comprar muita comida. Muita mesmo. A não ser que queira tentar dar uma fezta vendendo a comida, mas não vai dar certo - irão à sua festa, mas trarão marmita de casa, ou seja, corre o risco de sujar sua casa inteira de farofa.