Abrir menu principal

Desciclopédia β

Belfast é a maior cidade anglicana da República da Irlanda, sendo portanto a capital da Zona Separatista da Irlanda do Norte do IRA, conhecida como a maior cidade jamais visitada por Bill Clinton.

O nome Belfast origina-se do gaulês, e significa literalmente "Ainda bem que não somos da França", tratando-se de uma referência ao fato de que os franceses sob o comando do General Herr Von Thierry Henry tentou conquistar Belfast com suas banheiras (uma vez que os franceses as usam apenas para navegação), mas que falhou miseravelmente.

HistóriaEditar

 
Apenas uma reunião amigável entre católicos e protestantes.

Antigamente, Belfast era apenas um acampamento usado para cerimônias pagãs. Foi somente no século XV que alguém realmente percebeu que havia uma cidade lá, e assim após esta descoberta a população cresceu exponencialmente a uma taxa de 2 pessoas por década, na medida que o povo irlandês ia percebendo que havia algo na ilha melhor que Dublin.

Belfast é a capital do Império Norte-irlandês desde a sua criação em 1922, sendo inclusive a única cidade deste território.

GeografiaEditar

Belfast é cortada pelo Rio Lagan, um imenso esgoto ao céu aberto onde quantidades massivas de merda é despejada em seu leito todo domingo a noite.

Tal como acontece com o resto da Irlanda do Norte, Belfast tem um clima tropical. Isto, obviamente, tem sido motivo de aborrecimento considerável para os habitantes da parte sul da ilha (A República de Bananaland), que suportam uma média anual de 364 dias de chuvas torrenciais, aliviado somente por um dia de leve garoa.

As temperaturas em Belfast podem chegar a extremos, especialmente durante o mês de julho quando grupos treinados de Controladores de Clima incendeiam centenas de grandes fogueiras, a fim de bloquear os raios do sol com nuvens de densa fumaça negra tóxica. Apesar dos riscos à saúde e danos ambientais consideráveis, causados por pneus de carro em combustão, a queda na temperatura vem como um alívio para a população local, que eles comemoram com desfiles multicoloridos, bandas de gaita-de-fole e consumo exacerbado de álcool barato nas fogueiras mencionados. Este é um evento tradicional da comunidade intercultural, em que protestantes e católicos participem unidos, geralmente com brincadeiras lúdicas, músicas e jogos energéticos.

TurismoEditar

Depois de séculos de conflito interno, os belfastianos desconfiam de qualquer um que não seja a própria mãe, por isso há pequenas normas que o turista deve seguir para se manter vivo em Belfast sem passar por nenhum acidente, que são:

  • Elogie os habitantes locais da sua capacidade de beber mais do que os sul-irlandeses.
  • Sinta-se livre para reclamar incessantemente sobre o tempo.
  • Pergunte a todos que encontrar a sua religião, é a única forma de quebrar o gelo em Belfast.
  • Nunca tranque a porta de seu carro. Este é considerado um insulto para o esporte nacional de "GTA na Vida Real".