Bibi Smith

KimPlayboy.jpg Bibi Smith é uma ruiva!

E é esperta como uma raposa.

Clique aqui para conhecer outras deusas do fogo.

Casal-banguela.jpg Este artigo é sobre algo ou alguém com falta de beleza!

Não nos responsabilizaremos por qualquer dano em sua visão ou vontade de continuar a viver.
Tenha em mãos um saco de vômito (vazio, de preferência) antes de ler este arquivo.

Maisacapeta.jpg Este artigo trata de crianças realmente CHATAS!

Que fofinho, este artigo é sobre uma criancinha bobinha. Edite-o até ela
deixar de ser fofinha, senão Maísa irá te ligar!

Este esboço parece ter sido inspirado nas teorias de Olavo de Carvalho.
Faça-o se tornar mais verdadeiro.

Cquote1.svg Êo â mú brazil! Cquote2.svg
Bibi Smith tentando aprender português
Cquote1.svg So cute! Cquote2.svg
Bibi sobre alguma coisa fofa
Cquote1.svg Oh My God! Cquote2.svg
Bibi Smith sobre seu artigo
Cquote1.svg Ela é má mais ainda sim é minha Best Friend! Cquote2.svg
Bibi Smith sobre Maria Joaquina

Bibi Smith é a gringa da novela Carrossel. Aqui ela é mais uma enche linguiça, já que nunca tem destaque, sua família nem é mencionada (embora sua família seja a Smith). Muitas vezes ela está junto da sua miguxa Maria Joaquina, embora ela não é muito de amizade ou aproximação.

HistóriaEditar

Bibi Smith nasceu em Brooklyn, Estados Unidos, no bairro onde Chris Rock mora, e até eram vizinhos. Mas a Bibi tem o sangue da família Smith, e tem como família, o tio Will Smith, o pai Waylon Smithers, entre outros. Mas tudo mudou quando, houve um motivo inexplicável pra que todas as escolas do bairro fossem fechadas, e aí Os Smiths recorreram a escolas de outros estados. Eles já foram em praticamente em todas, exceto na Escola Primária de Springfield, que é ruim pra caralho e tem um pivete que a tornaria uma má aluna. Então eles recorreram as escolas do Brasil, como o Colégio Objetivo, a Escolinha do Professor Raimundo e até o ENEM, mas a Bibi se recusou a estudar em uma escola que não falasse a língua dela. Mas tudo mudou quando ela conheceu a Escola Mundial e decidiu ficar. Lá ela conheceu gente que falava uma língua estranha, mas aos poucos, com os estudos em dia, ela passou a falar com as pessoas de lá normalmente e viveu feliz pra sempre! (ou não)


Ver tambémEditar