Abrir menu principal

Desciclopédia β

BioShock

(Redirecionado de Bioshock)
Virtualgame.jpg BioShock é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Captain Falcon chega em trigésimo.


Bishona
BioShock logo.jpg
Logo da série
Gênero Tiroteio
Desenvolvedor 2k Games
Publicador Take-Two Interactive
Plataforma de origem Xbox 360 e PlayStation 3
Primeiro lançamento BioShock (jogo) (2007)
Último lançamento BioShock Infinite (2013)

BioShock é uma aclamada série de jogos de simulação de necrofilia (e pedofilia nos primeiros dois jogos) com elementos de fps e RPG. Desenvolvido pela 2K Bosta e distribuído pela Toma Dois, empresas que compram os site especializados e estão imunes a críticos de modo que todo jogo recebe notas altíssimas mesmo sendo apenas mais do mais em termos de fps e uma história ridícula que ainda por cima é incrivelmente mal contada, precisando o jogador coletar gravadores de voz para tentar compreender uma coisa ou outra em claras demonstrações de preguiça dos produtores fazerem cutscenes ou um roteiro para explicar o que estás havendo.

EnredoEditar

Os dois primeiros jogos ocorrem em torno de 1960 em uma fictícia metrópole subaquática chamada Rapadura, construída no fundo do mar no meio de Atlântida por um nazista chamado Walt Disney. Rapadura foi projetada em 1946 para ser inteiramente autossuficiente, gerando energia elétrica com hamsters para o frigobar, produzindo alimentos com um fogão à lenha, e contando com prostituição e sistema de defesa reforçados por 500 zilhôes de litros d'água fazendo pressão por todos os lados. Durante o inicio de 1950, a enorme população de Rapadura (25 mutantes zumbis por nível) foi composta por pessoas que Disney considerava os melhores exemplos da juventude de Hitler, criando uma economia miserável sustentada por meia-dúzia de infelizes para fornecer máquinas cheias de munição para as armas de fogo acessíveis a todas as classes sociais e um sistema político baseado no titoísmo.

 
Cidade de Rapture no Japão.

Uma descoberta cientifica acabou com o equilíbrio dessa sociedade. Uma jovem e sensual cientista alemã chamada Sasha Grey (interpretada por Brigid Tenenbaum) descobriu uma espécie de pepino-do-mar gigante que poderia fornecer duras células-macho que produzem o que ela batizou de "ADAM" (A Droga Aumenta Moléstia). Tal componente podia ser usado para arregaçar um corpo, aumentando suas capacidades físicas e sexuais, curando a impotência sexual e ejaculação precoce nos homens e a frigidez nas mulheres. Para tornar o uso do ADAM comercial, Sasha Grey precisou começar a trabalhar para um cafetão chamado Frank Fontaine, dono da Brazzers, que passou então a financiar as pesquisas com ADAM. E na ânsia de produzir mais ADAM, descobriu-se que o pepino-do-mar só produziria largas escalas de ADAM caso este fosse implantado no estômago de garotinhas menores de 10 anos de idade, e assim uma seção secreta de pedofilia foi criada na Deep Web sob o nome de Irmãzinhas, e agora com vastas quantidades de ADAM foi criado o Biotônico Fontoura que concede poderes especiais a quem os bebe e uma enorme seringa de heroína azul, o EVE Hypo, que serve para recarregar o barato. Uma vez atingido o sucesso, Frank Fontaine criou o Xvideos.com onde demonstrava em vídeos publicitários as vantagens do uso do Biotônico Fontoura feito de ADAM, produto que rapidamente tornou-se um sucesso e passou a ser desejado por todos.

Entretanto, as descobertas vieram a um custo. A sociedade de Rapadura foi abalada com disputas internas do poder e muitos começaram politicamente e financeiramente a desafiar as leis de Walt Disney, dizendo que tinham o pênis maior que o dele. O uso excessivo de ADAM também fez com que muitas pessoas começassem a ficar taradas e uma onda de estupros e pedofilia arrasou a cidade de Rapadura em 1958. A principal rival política de Walt Disney era Sylvia Saint (interpretada por Sophia Lamb) que foi presa e Frank Fontaine forjou a própria morte, voltando disfarçado como um ator pornô chamado Atlas.

Walt Disney então enviou um exército de gurias retardadas fãs dos desenhos da Disney, equipadas com enormes seringas, para recolher ADAM de cadáveres espalhados pela cidade de Rapadura. Todavia, devido ao crescente índice de pedofilia na cidade, elas eram constantemente atacadas pelos crackudos espalhados pela cidade. Para evitar tais ataques, primeiro Walt Disney ordenou a construção de drones, e depois ordenou que o Doutor Yi Suchong criasse algo que protegesse as garotinhas, e como este doutor sempre foi secretamente um gayzão masoquista, teve a brilhante ideia de criar os Big Daddies, homens altos, fortões, sarados, enormes, pesados e muito malvados, todos ex-prisioneiros que tiveram seus corpos fundidos a trajes de mergulho, unindo assim numa só figura todos seus fetiches, tanto que logo na estreia do primeiro Big Daddy Yi Suchong não aguentou a pressão e morreu empalado, mas feliz.

Sasha Grey então se aposentou do mundo pornográfico, e decidiu ajudar as Irmãzinhas, criando um leite de magnésio que fariam as garotinhas vomitar o pepino-do-mar que fora implantado em seus estômagos, curando-as.

No final das contas, a sociedade inteira desmoronou na véspera de Ano Novo de 1959, quando aqueles que foram estuprados com ADAM quebraram violentamente o hímen da população.

PlasmidsEditar

  • Electro Bolt - Plasmídeo ótimo para fazer piadas com os amigos, como dar-lhes um choque através de um aperto de mão. Também é possível utilizar para estranhamente consertar máquinas e fechaduras com curto-circuito porque se algo está quebrado basta dar um choque para consertar. Também pode ser usado para recarregar as baterias do seu I-pod e eletrocutar locais alagados e fritar quem estiver ali.
  • Incinerate! - Plasmídeo que permite seu usuário acender em chamas os seus próprios peidos. As vítimas dessas chamas começam a pegar fogo até morrer, tornando este plasmídeo uma excelente arma de destruição em massa. Com ele é também possível incendiar poças
  • Telekinesis - Plasmídeo que permite o seu usuário mover objetos com a força do pensamento, sendo portanto muito útil para furtar coisas sem ser visto e principalmente para levantar as saias das donzelas de Rapture, mas desde que todos os sobreviventes de Rapture são monstros inobserváveis, é preciso muita coragem para usá-lo para esta finalidade.
  • Winter Blast - Permite ao usuário pode fazer cosplay do Sub-Zero e congelar seus inimigos transformando-os em estátuas de gelo para serem quebradas em mil pedacinhos num bom fatality. Estranhamente não é possível congelar a água.
  • Cyclone Trap - O plasmídeo mais inútil, pois não inflige dano, apenas cria um redemoinho que joga as pessoas no ar.
  • Enrage - Não está muito claro que tipo de super energia é gerada a partir deste plasmídeo. Sabe-se apenas que o usuário simplesmente arremessa tomates podres na cabeça das pessoas, e eles obviamente ficam com raiva como animais.
  • Insect Swarm - O usuário ensopa a própria mão de Coca-Cola ou algum outro produto excessivamente açucarado, atraindo abelhas que podem ser lançadas contra os inimigos, que dificilmente morrem, pois nem todos tem alergias a picadas de abelha.
  • Summon Eleanor - Plasmídeo que apareceu no BioShock 2, serve para o Big Daddy invocar a sua própria filha, uma Big Sister pré-adolescente para rebolar para ele

JogosEditar

 
A versão de BioShock para Power Player Super Joy III.
  • BioShock 1 - O primeiro jogo da série conta a história de Jack, filho de Walt Disney (spoiler na tua cara mesmo, tô nem aí) que havia sido escondido no Acre mas que pegou um avião com destino à Ilha de Lost e descobriu a cidade de Rapadura. Durante mais da metade do jogo você obedece um tal de Atlas para depois o jogo te fazer de bobo e revelar que ele tinha controle mental sobre você, por isso o obedecia. Ocorrendo em 1960, quando Rapture já estava falida e tomada por crackudos e viciados em lança-perfume, o grande objetivo é encontrar garotinhas inocentes e escolher entre deflorá-las e assumir sua pedofilia ao arrancar a menstruação das mesmas, ou fazer um carinho e adotá-las como filhas amadas sem pedofilia. O jogo foi um grande sucesso porque nele é impossível morrer, aí qualquer n00b consegue zerar e se achar grandes coisas.
  • BioShock 2 - O grande sucesso do jogo anterior foi o Big Daddy, afinal um gordo numa roupa pesada de mergulhador que só sabe mugir feito boi definitivamente chama atenção, especialmente se tiver uma broca de 1 metro. Então na sequência o jogador agora controla um Big Daddy e seu objetivo é resgatar garotinhas menores de idade das mãos de pedófilos, enquanto elas bebem Danoninho que dão mais pontos para a compra de novas habilidades.
  • BioShock Infinite - Como não havia mais porra nenhuma pra contar de Rapture que já estava um caco, o terceiro jogo da série decide desafiar as leis da física ainda mais, porque não basta uma cidade que ignora a pressão de zilhões de metros cúbicos de água, dessa vez existe uma cidade que voa infinitamente sem jamais precisar pousar só com a força do "porque eu quero". Ao contrário dos primeiros jogos, neste há Sol, tanto Sol que nunca fica de noite.
v d e h