Abrir menu principal

Desciclopédia β

Bohemian Rhapsody

Este artigo é sobre um HIT!

É uma música chata, repetitiva e seu vizinho adora. SOLTE O SOM!

Music madonna.jpg


Cquote1.png Is this real life? Cquote2.png
David after dentist sobre Bohemian Rhapsody
Cquote1.png Me fez ficar rico! Cquote2.png Cquote1.png É um Rock Progressivo. Cquote2.png
Capitão òbvio sobre Bohemian Rhapsdoy
Cquote1.png É uma ópera? Cquote2.png
Babaca sobre Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody é uma música totalmente maniaca da banda Queen composta por Freddie Mercury, com auxílio de seus amigos. Em 2008 uma pesquisa realizada com 10 mil pessoas no Reino Unido mostrou que "Bohemian Rhapsody", foi eleita a pior melhor canção pop de todos os tempos.

Capa do single. Repare na macheza de Freddie

Índice

OrigemEditar

 
Bohemia, não tem nada a ver...

Essa música nasceu da mesma forma que muitas outras nasceram, drogas. Freddie Mercury estava sozinho em seu apartamento, sem nada pra fazer. Já tinha feito tudo o que podia ter feito, bateu punheta, bebeu, viu TV, mas estava entediado. Foi então que decidiu experimentar os selos que seu amigo Syd Barrett havia lhe emprestado. Ele pôs o "selo" na sua língua e viajou legal. Imaginou que havia matado um homem e ligou drogado para sua mãe contando a ela sobre isso. Também imaginou Fandangos, Scaramouches, Belzebus e uma ida básica ao inferno. Como todo bom músico, ele escreveu uma música sobre isso.

MúsicaEditar

A música é divida em cinco partes, e um milhão de gêneros musicais diferentes. Vamos separar seção por seção.

 
O começo de tudo...

Coral de IgrejaEditar

A primeira parte da música começa com os quatro membros da banda no escurinho mostrando apenas suas silhuetas. Depois o rosto de cada um aparece e eles continuam cantando o coral da igreja.

Mamaaaaa OooooohEditar

 
Mamaaaa Oooooh

Agora aparecem Freddie Mercury e John Deacon(quem?). Mercúrio ao piano cantando sobre como matou um homem puxando seu gatilho, e contando tudo para sua mãe. Pelo o que parece ele vai a algum lugar, mas não quer que sua mãe chore se ele não voltar amanhã a essa hora, pedindo para ela continuar como se nada realmente importasse. E então começa um solo épico.

Oh Mamma Mia Mamma MiaEditar

Agora as coisas realmente piram. Freddie faz jus ao nome do álbum, A Night At The Opera (uma noite na ópera); é simplesmente uma ópera. Nessa parte Freddie canta Vocal e Backing Vocal, ao mesmo tempo, Brian May canta Vocal e Backing Vocal ao mesmo tempo, Roger Taylor canta vocal e backing vocal ao mesmo tempo e John Deacon só canta. Ao final desta parte temos o famoso Oh Mamma Mia Mamma Mia, Mamma Mia Let Me Go.

Parte Tr00l Heavy Metal Hard Rock Led ZeppelinEditar

Vemos (ou ouvimos) nessa parte um pouco de Rock nessa música. Com outro solo épico de May e Mercury gritando inspirado por Robert Plant.

Mamma Oooooh IIEditar

Final da música.

História da músicaEditar

Para vocês noobs que não entendem inglês, a música conta uma história, tipo Faroeste Caboclo saca? A história começa com nosso protagonista, contando para sua mãe que ele matou um homem, que isso arruinou sua vida, que desejaria nunca ter nascido, e um monte de viadagem. Até que alguém o leva para o Inferno onde dois grupos brigam pela alma do pobre garoto. Até que ele chama sua mãe, foge de lá, e percebe que nada importa.

Oque aprendemos com isso?Editar

1 - Nunca mate um homem. 2 - Principalmente se a vida tiver apenas começado. 3 - Nunca vá para o inferno. 4 - A menos que você fuja. 5 - Se você matar um homem, Belzebu terá um demônio colocado de lado para você. 6 - Scaramouches fazem Fandangos 7 - Rock e ópera combinam igual feijão e arroz. 8 - Quando alguém estiver brigando por sua alma, grite a palavra Bismillah como se sua alma dependesse disso(e realmente depende)

Letra OriginalEditar

Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Bohemian Rhapsody.
 
Capeta Júnior, protagonista desta música
 
  Oh mama mia, mama mia, mama mia let me go!  

Is this the real life?
Is this just fantasy?
Caught in a landslide
No escape from reality
Open your eyes
Look up to the skies and see
I'm just a poor boy,
I need no sympathy
Because i'm easy come, easy go
A little high, little low
Anyway the wind blows,
Doesn't really matter to me, to me

Mama, just killed a man
Put a gun against his head
Pulled my trigger, now he's dead
Mama, life had just begun
But now i've gone and thrown it all away
Mama, ooo
Didn't mean to make you cry
If i'm not back again this time tomorrow
Carry on, carry on,
As if nothing really matters

Too late, my time has come
Sends shivers down my spine
Body's aching all the time
Goodbye everybody - i've got to go
Gotta leave you all behind
And face the truth
Mama, ooo - i don't want to die
I sometimes wish i'd never been born at all

I see a little silhouetto of a man
Scaramouch, scaramouch will you do the fandango
Thunderbolt and lightning - very very frightening me
Gallileo, gallileo,
Gallileo, gallileo,
Gallileo figaro - magnifico
But i'm just a poor boy, nobody loves me
He's just a poor boy from a poor family
Spare him his life from this monstrosity

Easy come easy go - will you let me go
Bismillah! no - we will not let you go -
Let him go
Bismillah! we will not let you go - let him go
Bismillah! we will not let you go - let me go
Will not let you go - let me go (never)
Never let you go - let me go
Never let me go - ooo
No, no, no, no, no, no, no -
Oh mama mia, mama mia, mama mia let me go
Beelzebub has a devil put aside for me
For me
For me

So you think
You can stop me and spit in my eye
So you think you can love me
And leave me to die
Oh baby - can't do this to me baby
Just gotta get out -
Just gotta get right outta here

Ooh yeah, ooh yeah
Nothing really matters
One can see
Nothing really matters -
Nothing really matters to me
Anyway the wind blows...

TraduçãoEditar

 Traduzindo: Beber,Cair e Levantar Rapsódia Boêmia
Babel Fish sobre Bohemian Rhapsody

Isso é a vida real?
Isso é só fantasia?
Pego num desmoronamento
Sem poder escapar da realidade
Abra seus olhos
Olhe para o céu e veja
Eu sou apenas um pobre menino,
Eu não preciso de nenhuma compaixão
Porque eu venho fácil, fácil vou
E possuo altos e baixos
De qualquer jeito que o vento soprar,
Isso realmente não importa pra mim, pra mim

Mamãe, acabei de matar um homem
Coloquei uma arma em sua cabeça
Puxei o gatilho, agora ele está morto
Mamãe, a vida acabou de começar
Mas agora eu vou ter que jogar tudo fora
Mamãe, ooo
Não foi minha intenção te fazer chorar
Se eu não estiver de volta a esta hora amanhã
Continue, continue,
Como se nada realmente importasse

Tarde demais, chegou minha hora
Sinto arrepios em minha espinha
Meu corpo está doendo toda hora
Adeus a todos - eu agora tenho que partir
Tenho que deixar todos vocês para trás
E encarar a verdade
Mamma, ooo - (de qualquer maneira o vento sopra)
Eu não quero morrer
Às vezes eu desejo nunca ter nascido

Eu vi uma pequena silhueta de um homem
Palhaço, palhaço você fará o fandango
Trovões e relâmpagos - me assustam muito
Gallileo, Gallileo,
Gallileo, Gallileo,
Gallileo Figaro - magnífico;

Mas eu sou apenas um pobre menino e ninguém me ama
Ele é só um pobre menino de uma pobre família
Poupe sua vida desta monstruosidade
O que vem fácil, vai fácil - você vão me deixar ir?
Em nome de Deus! Não - nós não o deixaremos ir –
Deixe-o ir
Em nome de Deus! Nós não o deixaremos ir - deixe-o ir
Em nome de Deus! Nós não o deixaremos ir - deixe-me ir
Não o deixe ir - deixe-me ir (nunca)
Nunca deixe-o em vão - deixe-me ir
Nunca deixe-me em vão, ooo
Não, não, não, não, não, não, não
Oh mamma mia, mamma mia, mamma mia deixe-me ir
Belzebu, tem um diabo reservado pra mim
Pra mim?
Pra mim?

Solo Fodão pra Porra

Então você acha
Que pode me parar e cuspir em meus olhos?
Então você acha que pode me amar
E me deixar morrer?
Oh baby - não pode fazer pra mim, baby
Apenas saia
Apenas saia logo daqui!
Ooh yeah, ooh yeah
Nada realmente importa
Qualquer um pode ver
Nada realmente importa
Nada realmente importa pra mim
E de qualquer forma o vento sopra...

Uma imagem vale mais que mil palavrasEditar

Veja a música em video!Editar

Outras cópiasEditar